Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

05
Set 15

(os dois registos referem-se a 31.08.2015 e 01.09.2015)

 

Continuando a minha aventura por lugares da World Wide Web apresentando conteúdos não só interessantes como cientificamente analisados segundo perspetivas alternativas e mesmo inovadoras (proporcionando a outros conhecedores a possibilidade de exprimirem a sua opinião), fui mais uma vez ter com um site do género (UFO Sightings Hotspot) e com mais uma das suas construções teóricas sobre uma possível intervenção vinda do exterior (tendo o nosso espaço de habitabilidade como referência): entendendo-se essa intervenção como oriunda do espaço exterior à Terra ou do seu próprio espaço interior (à crosta terrestre, mas exterior à zona de habitabilidade).

 

“Uns dizem que é da chuva, outros acreditam que é algo mais.”

 

mosaic20150901T000000.gif

Na costa leste da Nova Zelândia
(registo do impulso)

 

O nosso planeta Terra terá sofrido o impacto de uma grande e prolongada descarga energética (de poderosas micro-ondas) provavelmente oriunda do espaço profundo (que a rodeia), inicialmente registada como tendo como um dos seus pontos de referência a costa leste da Nova Zelândia e mais tarde sendo repercutida no Atlântico Norte na zona das Ilhas Canárias (com um intervalo de poucas horas entre ambas). No fundo os efeitos desta importante pulsão energética ter-se-ão estendido por toda a linha do equador e possivelmente afetado (em maior ou menor grau) toda a Terra. Mas a ser verdade o Evento quais serão as suas consequências (se por acaso alguma vez nos apercebermos de algo)?

 

mosaic20150901T060000.gif

Na proximidade das Ilhas Canárias
(registo do impulso)

 

É claro que poderíamos desde já pensar em sismos, tsunamis, erupções e muitos outros acontecimentos, chamando até nós todos os cismas e fazendo-os coincidir (mesmo que) sem sentido. Porém o que mais nos interessará de momento, libertando-nos provisoriamente do que poderá daí advir, será indubitavelmente a compreensão do sucedido e a descoberta da sua origem. Que até poderá ser uma destas duas hipóteses credíveis (pondo de lado a explicação das imagens, como sendo simples precipitação): a emissão de energia teria origem no espaço exterior rodeando o planeta Terra, não se conhecendo o remetente nem quais as suas intenções (podendo até contar com a colaboração de alienígenas); em alternativa a origem seria terrestre com remetente desconhecido, mas em princípio não compartilhando com o Homem a sua zona habitável (estando ativo mas não sendo visível à superfície).

 

(imagens: Morphed Microwave Background Imagery/MIMIC TPW)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:29

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13
14
15
17
18

25

27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO