Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Set 19

[Tendo à distância PUTIN, com um controlo remoto na mão e daí comandando o SALMÃO.]

 

Segundo notícia da passada quinta-feira (06.09) do diário inglês online DAILY MAIL (dailymail.co.uk), com os russos utilizando de novo a estratégia da manipulação (preparando uma invasão) neste caso na população marinha mais especificamente nos SALMÕES-ROSADOS, a enviarem em direção à costa do Reino Unido (infiltrando-se posteriormente em rios e até lagos) um grupo numeroso de salmões-rosa (no seu caminho invadindo e colonizando), tendo como objetivo (primordial) da sua missão colocar (telecomandados à distância pelos russos sobre as ordens do ex-KGB PUTIN) os peixes nativos ingleses em eminente risco de vida.

 

1280px-Pink_salmon_FWS.jpg

Salmão-Rosado

Segundo os Britânicos um novo agente russo ao soldo de Putin

infestando o mar e infiltrando-se como um invasor

em águas e território soberano do UK

 

E para provar sem qualquer tipo de dúvida esta informação (como tantas outras tendo origem tanto no Governo inglês como nos Média, sistematicamente e de uma forma absurda, atacando a Rússia e/ou Putin) pondo em Alerta e em Risco todos os Peixes-Ingleses (sem exceção, sejam de água doce ou salgada) e o território pelos mesmos ocupado e percorrido – ou seja a Ilha, o Reino Unido, todos os cidadãos britânicos e de restantes nacionalidades – o fornecimento da estatística (pelos vistos num “exclusivo” Daily Mail) referindo-se a 7 salmões-rosa detetados em 2017 contra os já 10 registados este ano (ainda por terminar):

 

Com o Daily Mail numa exposição teórica assumidamente paranoica, ignorante e deprimente, afirmando que, apesar de serem salmões-rosados oriundos do Alasca ou do Canadá (em gerações anteriores) tendo por volta dos anos sessenta (do século passado) aproximado da costa russa, introduzindo-se nos cursos dos seus rios e aí sendo capturados, sujeitando-se a uma lavagem cerebral e a partir daí, sendo agenciados e entrando em modo de ação, de confrontação, de Guerra (contra as forças Aliadas do Ocidente), via Noruega chegando aos UK (os descendentes dos salmões-rosados, mais de 50 anos depois).

 

E de 7 salmões passando a 10 (ainda incompleto, podendo aumentar) num período de dois anos (o tempo do ciclo de vida de um salmão) – um aumento de 43% ou superior − e com 6 detetados em Inglaterra, 3 na Escócia e 1 no País de Gales.

 

The invasion of the Pacific pink salmon!

Influx from Russia to British waters is putting native fish at risk

 

 An invasive breed of salmon, from Russia,

is colonising Britain's rivers and lakes;

Pacific pink salmon have been spotted

in 'unprecedented' numbers in the UK;

And Environment Agency is warning

that yet more will return to the UK to spawn.

(Colin Fernandez/Daily Mail/Setembro,6)

 

[Como informação adicional e final (para além de elucidativa) destacando-se o gosto dos britânicos por este peixe tão apreciado como é salmão, não só o pelos mesmos pescado (no mar) como o em viveiros produzido (de aquacultura): e não estando os rios (como por exemplo o Tamisa) e os lagos britânicos a ser invadidos por enormes contingentes de vorazes salmões − exceção feita aos possíveis fugitivos (dos tanques de aquacultura).]

 

(imagem: wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:45

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO