Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

08
Jul 16

“Over the next few months, Juno’s mission and science teams will perform final testing on the spacecraft’s subsystems, final calibration of science instruments and some science collection.” (missionjuno.swri.edu)

 

Enquanto no planeta MARTE o veículo motorizado da sonda CURIOSITY se debate há já alguns dias com problemas técnicos inesperados, no caso da sonda JUNO neste momento já inserida em órbita do planeta JÚPITER, para já nenhuma novidade ou uma única imagem.

 

1387MR0068150080701911E01_DXXX.jpg

Marte

(c/ o Rover Curiosity temporariamente paralisado)

 

No caso do ROVER CURIOSITY movimentando-se nas proximidades do monte SHARP, com o seu computador a entrar repentinamente em modo de segurança provavelmente devido a problemas técnicos de SOFTWARE.

 

O que tem vindo a impedir desde o passado dia 2 de Julho a chegada de novos dados e imagens oriundos desta sonda norte-americana em atividade na superfície de Marte (a outra é a OPPORTUNITY), com os últimos registos a referirem-se ao 1388ºdia marciano.

 

Logo no momento em que circulando na superfície de Marte o veículo motorizado nos tinha proporcionado uma imagem panorâmica da zona de MURRAY BUTTES, com um pormenor interessante integrado no cenário: como se fosse uma estátua precariamente apoiada.

 

Esperando que todos os problemas técnicos se resolvam (e que não sejam do seu HARDWARE), confiando na boa saúde do ROVER, na sua total recuperação e na continuação com sucesso dos objetivos da missão (com os cientistas a tentarem tirá-lo do modo de segurança).

 

238.jpg

Juno

(c/ a sonda terrestre já em órbita de Júpiter)

 

Já no caso da sonda JUNO (lançada há quase cinco anos de Cabo Canaveral) com a mesma a entrar em órbita do planeta JÚPITER a 4 de Julho, iniciando aí a sua verdadeira missão de estudo da origem e evolução do planeta Gigante e Gasoso.

 

Investigando entre outros parâmetros que influenciam diretamente a caracterização do planeta, a possível existência de uma parte sólida central, o seu intensíssimo campo magnético e a quantidade de água e de amónia presente na sua atmosfera – além das tempestades aí constantemente observadas (como as AURORAS).

 

Um planeta gigante onde caberiam por várias vezes todos os planetas do Sistema Solar (a Massa de Júpiter = 2.5X Massa dos restantes planetas) e que segundo os cientistas da NASA poderia ser um dos elementos responsável pela manutenção do equilíbrio do nosso Sistema (mantendo-o ligado): e devido à sua grande dimensão sendo visto como um fortíssimo elemento de proteção.

 

No entanto e tal como o sucedido com a sonda NEW HORIZONS (tendo como destino o planeta anão PLUTÃO e a região do Cinturão de KUIPER), com as primeiras imagens do encontro da sonda JUNO com o planeta JÚPITER a tardarem a chegar deixando-nos inquietos e em suspenso. Esperemos que agora com boa definição, mas certamente com uns bons tempos de espera.

 

(imagens: NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:33

Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11

17
18

30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO