Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lesões

Terça-feira, 25.01.22

“Bruno de Carvalho lesiona-se”

(sapo.pt)

A caminho de fazer 5 anos desde que deixou de ser Presidente (do SCP), no entanto sendo ainda tratado como o Sr. Presidente (pelo menos nos BB), eis que já não integrando a instituição desportiva (mais propícia aos acidentes e à dor) e estando de momento no que se poderia afirmar como ser um lugar de lazer (um local de descanso e de prazer),

thumbs.web.sapo.jpg

Acima de Rei (2.500€/semana, 10.000€/mês e 20.000€ do início ao fim)

Só estando a Rainha (25X Rei/mês)

Este Famoso português é notícia de 1ª página (minha também, é a vida), assim considerada (de interesse público e prioritário) pelos nossos Média:

Quando praticava exercício físico aparentemente magoando-se, não tendo outra opção querendo movimentar-se senão socorrer-se de umas muletas, dado o facto de se encontrar “lesionado”.

Certamente que tendo sido Presidente e não querendo ficar atrás diante de alguém tendo sido jogador, excedendo-se no “espetáculo e perante os holofotes” e como que ficando “encandeado”, terminando o treino a ser assistido.

Um Presidente tendo-o sido, deixando de o ser e agora ressuscitando de novo como tal ─ mas no mundo virtual ─ erguido, enterrado e reerguido, sempre pelos mesmos, antes pelos anteriormente referidos designado como sendo “doente mental”, agora pelos mesmos e reaproveitando-o como tendo um problema, mas de “âmbito físico”.

No entanto sendo eu, tu, nós, o Presidente e já agora o jogador, meros personagens secundários de um elenco envolvendo biliões, sendo claro e evidente que a existirem culpados e até pela contabilidade financeira final estes não serão nem eles, nem mesmo nós (nem quase todos os outros),

Mas todos aqueles que mesmo não sendo os mandantes são, sem uma pinga de pena, de compaixão, de solidariedade e até de sentimento de culpa (não tendo valores, se não a referência da moeda), consentem e ainda-por-cima em nosso nome aceitam tudo.

Entre eles estando os Média, apenas desmentindo esse poder por estratégia e desejo da manutenção do mesmo (privilégio), pois confirmando-o indicando sem dúvidas qual a origem e a identidade da “Voz do Dono” (o tal dos direitos para sempre e desde sempre adquiridos).

“A merda sendo o BB, o papel higiénico os concorrentes e para os espetadores ficando a função, de controlar o autoclismo. E para a TVI como financiadora e ficando como uma lembrança a escova da sanita.”

(imagem: @seladadefruta/twitter.com/mag.sapo.pt)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:47