Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

01
Jun 17

Na passada segunda-feira o Céu caiu sob a cidade de Moscovo

 

DBADvQFXUAAqLe6.jpg

Moscovo - 29.05.2017 - 3:28 PM

(Imagem: Александр @QGEIS)

                                                                              

Depois das autoridades de Moscovo terem anunciado que este seria nos últimos 100 anos aquele em que mais nevaria na capital russa ‒ já nessa altura (Fevereiro) com Moscovo debaixo de 216 cm de neve (aproximadamente 1,5 X Normal) ‒ eis que a capital russa (assim como toda a região em seu redor) volta de novo a estar sob condições atmosféricas extremas (2ª feira, 29 de Maio) com ventos fortíssimos a derrubarem árvores (cerca de 3000), a danificarem carros (1500) e edifícios (140) e a provocarem várias vítimas entre mortos (16) e feridos (169). O que vale é que (finda a Primavera) vem aí o Verão.

 

1169512.jpg

Moscovo depois da tempestade

(Imagem: © Artyom Korotayev/TASS)

 

Uma tempestade considerada muito rara de suceder nesta região de Moscovo (este mês com os ventos a atingirem os 100Km/h), com a mais grave a ter ocorrido precisamente há cerca de 100 anos, mas com uma mais recente e com menos de 20 anos a ter já provocado destruição e vítimas relevantes: em 1998 com uma tempestade semelhante a matar 9 pessoas, a ferir 165 e a provocar prejuízos na ordem de 1 bilião de rublos. Registando-se mais uma vez que as Evidências (Alterações Climáticas) que alguns ainda se recusam a ver (como é o caso dos EUA) tanto se refletem nos EUA, na Rússia, como no Resto do Mundo.

 

(dados: tass.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:00

Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
15
16

20
24

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO