Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

04
Abr 20

“Num presente (abril, 4) onde Portugal ainda resiste,

graças ao trabalho dos pobres (entenda-se, classe média incluída)

e (sendo ateu, agnóstico, ou outro “produto” qualquer)

− Não se perdendo nada em rezar (e como nos OVNI’S acreditar)

sob o manto de Nossa Senhora de Fátima.”

 

X.jpg

Panorama dos 15 países de momento mais afetados pelo Covid-19

(com Portugal 15º no Ranking Mundial)

 

Numa primeira confirmação de como o sector de Saúde – infelizmente, tal como todos os outros sectores  − está em total autogestão tendo como consequência entre tantas outras, uns estarem a trabalhar e outros de fim-de-semana – a trabalhar e continuando em combate estando todo o sector da Saúde da base até ao penúltimo nível (pondo o vosso cérebro a trabalhar e espantem-se todo o mundo conseguindo descobrir) – as primeiras manifestações de Médicos/Enfermeiros/Restantes Trabalhadores da Saúde, depois de abandonados e entregues aos “Bichos” e vendo o que já sucede um pouco por todo o Mundo – com as pessoas desesperadas depois de confirmarem a inutilidade dos aplausos (sugeridas pela classe política e promovidas pelos prostitutos do regime), começando-se inevitavelmente a virar contra este grupo profissional (os únicos elementos visíveis e com as suas chefias estrategicamente desaparecidas num estilo especial de Quarentena) – algo para aqueles que estando forçados em casa sem nada fazerem e receberem (e com os “prostitutos do regime” mantendo os seus 100% de rendimentos ou mais) não querem ainda “perder o juízo” matando-se aos próprios sejam familiares e/ou amigos: exercitar um pouco a escrita e o cálculo mental (veja-se a desgraça da DGS e dos seus ”matemáticos”) pelo menos enquanto o Estado não chegando já todos aqueles que não o conseguem evitar (atirando-os para guerra munidos apenas de uma “fisga”) – e já tendo constatado que mandar os jovens para a escola levaria inevitavelmente a uma carnificina atingindo não só os idosos e os jovens, mas até eles próprios – lançarem como já o anunciaram (e depois de já o terem feito com os pais) os jovens desempregados para a frente da batalha colocando-os entre mortos e mortos-vivos e bem em contacto com o “Bicho (entre eles os Lares de Idosos e as Prisões, isto se pela altura algum deles ainda estiver vivo ou preso). Isto para não se falar de muitas outras classes profissionais obrigadas ou não − isso não interessando, pois, estando lá, lado a lado com o “Bicho”, porem em causa a sua Vida e dos seus familiares, sem acréscimo de rendimento, apenas porque muitos dos seus familiares estando já desempregados e passando fome – a exporem-se sem nenhum tipo de proteção como os dos Transportes, da Segurança e de outros ditos sectores considerados por eles (a Autoridade a nível das chefias, nunca se vendo no palco de combate pois estando a trabalhar arduamente nem sequer nos seus gabinetes mas no conforto de casa) essenciais, como se pode constatar fácil e rapidamente deslocando-nos a uma dessas lojas (repentinamente consideradas prioritárias) com será o caso da Worten cheios de jovens lá colocados sem um único equipamento de proteção: apenas porque alguns ainda com disponibilidade financeira, sendo de momento ainda privilegiados (tendo ainda emprego) e sendo “obrigados a tal (todo o prostituto mental se oferece, não acontecendo o mesmo a quem foi por necessidade de sobreviver, obrigado à prostituição física) a trabalhando em casa, necessitam de alguns periféricos muitos deles para nos continuarem a “entreter e a intoxicar” com merdas que nem o papel higiénico (tendo apenas uma psique de merda como “a deles”, talvez nem tanto) aceitaria executar preferindo “limpar-nos o cu”.

 

fatima1.jpg

O Humanoide de Fátima

(Marcelo Bigliano/Carlos Sainz)

 

Mas o que é que se há-te fazer quando ex-revolucionários bem conhecidos, agora virando Conservadores de Direita e  não querendo como verdadeiros “filhos-da-puta” reconhecer a verdade deles (“Nenhuma, variando com a direção do Chefe Vento”), acusam e repreendem com violência sugerindo mesmo a prisão, os pobres que apenas em desespero de causa e tendo igualmente andado na escola os querem apenas imitar: para qualquer pessoa com dois dedos na testa (não querendo “encornar ou ser encornado”) sabendo muito bem que a corrida ao papel higiénico não sendo para “limpar o cu”, mas apenas para comprar mais barato depois vender mais caro e assim obter algum dinheiro para poder sobreviver − e se não acreditam perguntem a patrões e empregados (e não acreditem no que esses “FdP” dos políticos nos dizem), quais deles (pobres/ricos) já recebeu os milhões há muito prometidos ou então em último caso e tendo ainda fé nessa espécie dita de “seres humanos”, tendo para tal e para acreditar de ver e de sentir, observar as filas dos pobres (e não só afetando os pobres, mas toda a classe média) batendo com a cara nas portas de socorro  e de auxílio fechadas, gritando desesperados por auxílio sendo-lhes de uma forma “repugnante (palavra na moda deles) sugerido que se liguem online, quando já tudo estando fechado (online ou offline) para quem já não tivesse o “Cartão Dourado” ou seja a (agora famosa e só para alguns, dado até para se conseguir tal, no presente não se conseguindo) a sagrada “Senha de Acesso − restando como opção o correio (como se este não fosse prioritariamente um Banco) ou então o e-mail (neste momento e para todos nós os “Outros”, o equivalente ao correio, uns acumulando-se na caixa outros no computador). Mas ao contrário disto com as Contas (e nós sem dinheiro) sempre a caírem sem vergonha e por todos os meios (por correio, telefone, e-mail). A nossa sorte nalguns casos (como o da água, da luz) sendo a necessidade de um piquete para o fazerem nas nossas barbas (nos cortarem água/luz) − e aí já não os havendo e caso tal não se confirme com as pessoa em defesa já estando à espera deles. Mais uma vez terminando (mais um grito de revolta, para já nada podendo fazer, apenas tentar sobreviver) com a frase “Já Chega de Nojo Nojento”! E não se esqueçam do objetivo sugerido (desculpem), o “Cálculo Mental”. E já agora vendo a sua Chefia (perdão, a ausência desta) de que estão à espera os Professores? Fazendo avaliações sem o percurso escolar concluído, conscientemente (será?) beneficiando uns e prejudicando outros (e logo e por coincidência sempre os mesmos). Apenas devido à enorme pressão de alguns privados (os grandes “Tubarões”) e de muitos (não todos) dos explicadores (os mercenários da Educação) todos estes e por coincidência (e claro por ideologia, apesar de todas mortas apenas sendo um pretexto) do Bloco Central.

 

(imagem: alternativaovni.blogspot.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:09

Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO