Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

01
Ago 14

No caso do conflito entre o estado de Israel e o território confinado à Faixa de Gaza, além do crime fundamental praticado por todos os estados que continuam a fornecer armas aos respectivos exércitos e milícias em confronto, é evidente que a culpa final vai direitinho para os israelitas e para os palestinianos.

 

Tanto os políticos israelitas (fortemente apoiados pelos seus militares) como os políticos palestinianos (fanaticamente apoiados pelas milícias do Hamas), são igualmente responsáveis pelo impressionante número de vítimas atingidas ao fim de 25 dias consecutivos de combates e de morte (as tréguas por vezes ainda são mais mortais, pelo desrespeito unilateral do período estabelecido de tréguas):

 

Total de Palestinianos Mortos (mais de)

1500

60/dia

Crianças Palestinianas Mortas (mais de)

250

10/dia

Militares/Civis Israelitas Mortos (mais de)

65

2,5/dia

Total de Feridos (mais de)

9000

360/dia

 

Gaza: Casa Branca denuncia «violação bárbara» do cessar-fogo

(DD)

 

 

Os Estados Unidos responsabilizaram hoje o Hamas pela quebra do cessar-fogo com o exército de Israel e acusaram o grupo militante palestiniano de desencadear um «ataque bárbaro» para capturar um soldado israelita.

«Os israelitas indicaram que o cessar-fogo foi violado esta manhã e que membros do Hamas utilizaram a trégua humanitária para atacar os soldados israelitas e tomar mesmo um refém. Isso seria uma violação bárbara do acordo de cessar-fogo», afirmou à televisão MSNBC o vice conselheiro para a Segurança Nacional, Tony Blinken. (texto/imagem – diariodigital.sapo.pt)

 

Israel divulga vídeo de ataque abortado por presença de crianças

(DD)

 

 

O exército israelita divulgou um vídeo de um ataque aéreo a ser abortado depois de crianças serem avistadas na área, em resposta a críticas que apontam para o elevado número de mortos desde o início dos seus ataques contra a Faixa de Gaza.

As Forças Armadas alegam que estão a seleccionar com cautela os seus alvos em Gaza, sob ataques por terra, mar e ar desde 8 de Julho. O elevado número de vítimas civis tem sido alvo de críticas da Organização das Nações Unidas e dos Estados Unidos.

(texto/imagem – diariodigital.sapo.pt)

 

É no entanto bastante claro que o pretexto invocado por uma das partes, é a desculpa mais desejada pela outra parte: cronologicamente neste caso particular um soldado israelita foi capturado durante o período de tréguas no interior de um dos muitos túneis de Gaza, o que levou ao fim repentino do cessar-fogo e ao imediato retomar dos bombardeamentos à Faixa de Gaza.

Sem tempo de avisar as populações civis (de ambos os lados) e com o conhecimento prévio (desta situação) de todos aqueles que os deviam proteger.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:32
tags: , ,

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
15


30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO