Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Out 15

“Como até hoje ainda não compreendemos a nossa posição no Universo,
Tememos a morte e até ela chegar procuramos o desconhecido.”

 

cdn1.uvnimg.com.jpg

Após o último impacto recomeça a contagem para o impacto seguinte

 

No próximo dia 31 de Outubro um asteroide com quase 500 metros de diâmetro passará a cerca de 540.000km da Terra. Um corpo celeste viajando a uma velocidade superior ao que é considerado habitual nestes objetos (mais de 125.000km/h) e em termos da dimensão do Sistema Solar, fazendo uma clara tangente ao planeta onde ainda hoje habitamos (um pouco mais do que a distância Terra/Lua).

 

Neste contexto recrudescem de novo e de uma força como sempre vigorosa as teorias conspirativas apontando para uma potencial catástrofe (em perspetiva) envolvendo o nosso querido e insubstituível planeta Terra, apontando para o possível risco de impacto do asteroide com o nosso planeta dada a sua relativa proximidade, tamanho e velocidade. O asteroide denominado 2015 TB145 encontra-se atualmente numa rota de aproximação à Terra (ainda a mais de 32 milhões de quilómetros) e a caminho do seu periélio (a concretizar-se lá para 10 de Dezembro e tendo o Sol como referência).

 

Mas como acontece na esmagadora maioria dos casos (voluntaria ou involuntariamente), quando algo de inesperado acontece, em geral ninguém avisou.

 

Um dia algo virá e prosseguirá a evolução.

 

(imagem: WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:30

Outubro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17

18
19

25
26
27
28
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO