Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Fim Violento de Hunga Tonga-Hunga Ha'apai

Quinta-feira, 20.01.22

[Estando como que adormecido e acordando (o Vulcão) ─ tal como nós (o Homem) tendo como protótipo virtual Jesus, mas faltando-nos descobrir o elemento de ligação (procurando-se ainda a sua localização) certamente que um dia ressuscitando, conhecendo-se já o seu elemento de ligação (localizado no interior da Terra).]

hunga_07.jpg

Explosão do vulcão do Reino de Tonga

vista do Espaço

"The first explosion…our ears were ringing, and we couldn't even hear each other, so all we do is pointing to our families to get up, get ready to run." (Marian Kupu/Reuters.com)

19.01.2022

Como se tivesse sida atingida por uma explosão nuclear (de cerca de 10 megatoneladas segundo a NASA) atingindo o míssil (virtual) o seu respetivo alvo plenamente e em cheio, com uma das quase 180 ilhas da Polinésia integrando o Reino de Tonga (Círculo de Fogo do Pacífico, Continente da Oceânia) e onde se situava o vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha'apai,

hugna2.jpg

Implosão a 15 de janeiro do vulcão

Hunga Tonga-Hunga Ha'apai

Uma ilha criada durante a última grande erupção do vulcão em 2014/15 (portanto com apenas 7 anos de idade)

No passado sábado 15 de janeiro (de 2022) e na sequência de uma violentíssima explosão (dando a volta ao Globo Terrestre e fazendo oscilar o nível dos oceanos), implodindo, desintegrando-se e simplesmente desaparecendo,

hunga8_01.jpg

Poeiras vulcânicas atingindo construções,

terrenos, pessoas e animais

Sob camadas bem espessas de cinzas, poeiras e restante material piroclástico, varrendo tudo à sua frente/à sua passagem e com as plumas de cinzas, a atingirem altitudes recordes de perto de 40Km

The explosion, which has killed at least three people, sent tsunami waves some 15-metre-high crashing ashore on one small island and badly damaged villages, resorts, and many buildings on others. It also cut domestic and overseas communications, severing an undersea internet cable. (reuters.com)

hunga2_02.jpg

Cinzas ejetadas p/ a atmosfera (39Km/altitude),

caindo e poluindo águas/terrenos

Como consequência e de imediato sendo a explosão submarina,

Originando uma intensa onda de choque (de grau 6 numa escala de 0 a 8) e um tsunami (com ondas chegando a atingir os 5/10 metros de altura), pouco tempo depois (felizmente com o alerta a ser dado previamente) atingindo as zonas do litoral adjacentes, nomeadamente a capital do Reino de Tonga, Nuku’ alofa (a nem 70Km de distância) e mais intensamente todas as ilhas em torno do vulcão, aí com as ondas a serem máximas, entrando pela terra adentro uns 500 metros e destruindo/terraplanando tudo.

hunga6_01.jpg

Erupção seguida de tsunami

invadindo todo o litoral do Reino de Tonga

Que se saiba e previamente dado o alerta registando-se até ao momento um total de 3 vítimas mortais (1 em Tonga e 2 no Peru) e 1 desaparecido (ainda em Tonga), sendo grande a destruição, mas com os serviços básicos a retomarem aos poucos o seu normal (dentro do contexto de mais esta tragédia) funcionamento.

NASA's Goddard Space Flight Center has said the force of the eruption was estimated to be the equivalent of more than 500 times that of the nuclear bomb the United States dropped on the Japanese city of Hiroshima at the end of World War Two. (reuters.com)

hunga7_01.jpg

Em certas áreas do litoral de Tonga

c/ o oceano a penetrar uns 500 metros

A 17 de janeiro com os satélites a confirmarem o fim-de-linha da ilha deixando esta de existir (restando algo à direita e algo à esquerda do local, muito pouquinho, onde era antes a base do vulcão) e no dia seguinte e ainda hoje em voos de observação visionando do Céu as superfícies de terrenos por perto tendo sido atingidas pela explosão, com estes terrenos e construções (habitações, estradas, aeroporto, etc.) a apresentarem-se recobertas por uma grossa camada de material expelido pelo vulcão para a atmosfera, em suspensão, depois caindo e cobrindo tudo, dando à superfície um tom meio acastanhado.

wave_l.jpg

A explosão do vulcão de Tonga provocando

não uma, mas três ondas de coque

20.01.2022

Na atualização dos dados referentes à violenta erupção seguida de obliteração do respetivo vulcão ─ Hunga Tonga-Hunga Ha'apai ─ localizado no Anel de Fogo do Pacífico ─ a região geologicamente mais ativa da Terra (em sismos e fenómenos vulcânicos) ─ salientando-se duas notícias (para além da grande destruição material, desconhecendo-se ainda o nº exato de vítimas): que a ajuda internacional começa a chegar ao Reino de Tonga e às ilhas mais afetadas (em redor do vulcão) e que a onda de choque que varreu o Globo Terrestre como consequência da violentíssima explosão, não foi 1 mas 3 (ondas de choque) ─ observando-se (no gráfico acima) 6 picos de intensidade da “onda de choque”, na realidade referindo-se a três ondas de choque duplas, apenas surgindo “duplicada/desdobrada” pelo motivo de uma onda ser oriunda de N-NW e a outra de S-SE, com um intervalo (entre picos) de 10 horas.

The dust is on rooftops, trees, everywhere. What we are concerned about now is clean drinking water. Most of our drinking water has been contaminated from the volcanic dust. Maybe we can survive for the next few weeks but I'm not sure about water. I won't say we are expecting more deaths but as we are speaking the government is trying to fly to the other islands to check over them. (Marian Kupu/Reuters.com)

(imagens: volcanodiscovery.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:20


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.