Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Ago 16

Presente na Imprensa Internacional

 

Massive wildfires in Portugal claim 4 lives

 

No incêndio da Madeira existem dois tipos de intervenientes promotores do desenvolvimento danoso (ainda por cima com vítimas mortais) deste desastroso Evento: um cometido por um indivíduo numa intervenção ativa, direta e criminosa e outro cometido por um coletivo (identificado numa pessoa) por inação, incompetência e fuga às responsabilidades.

 

madeira_fire_august_2016_credit_EPA_f.jpg

 

Wildfires that started on the Portuguese island of Madeira, off the northwest coast of Africa, on Monday, August 8, 2016, have spread dramatically during the next 24 hours and approached Madeira's capital, home to some 112 000 people, on Tuesday, August 9.

 

Mesmo para um leigo que nunca tenha estado na Ilha da Madeira mas tenha um conhecimento mínimo da sua topografia (como na generalidade das ilhas baixa na costa e4 mais elevada no interior), é de entendimento imediato para a maioria dos populares que o que se passou na Madeira poderia configurar um cenário pré-Apocalíptico. Ultrapassando em potência destruidora (carga energética) as inundações de 2010.

 

snapshot2.jpg

 

By early Wednesday, August 10, the fires claimed lives of at least 3 elderly people. All three died when their homes caught fire.

 

Com uma verdadeira muralha de fogo descendo as encostas em direção ao Funchal (transformando toda a paisagem num cenário de fogo infernal), destruindo no seu caminho toda a fauna e toda a flora, matando animais domésticos e vitimando pessoas e deixando à vista de todos a responsabilidade de quem manda (num concelho com mais de 100.000 residentes habituais).

 

snapshot1.jpg

 

The fire in Funchal was mostly under control by late Wednesday morning, regional governor Miguel Albuquerque said, but several other blazes were still raging on the island. The fires have so far destroyed at least six homes, a five-star luxury hotel and forced the evacuation of 1 000 people.

 

Atingindo a cidade do Funchal nos seus limites territoriais e identitários e pondo em causa com este Evento criminoso (na sua criação e persistente ausência de prevenção), a sua própria existência e a sobrevivência de todos os seus habitantes – nesta época do ano obviamente com números pulverizados. Que sem a participação dedicada (e ultrapassando mesmo os limites da exaustão) de bombeiros e de populares poderia ter incendiado toda a capital da Madeira.

 

(texto/inglês/negrito e imagens: thewatchers.adorraeli.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:42

Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

16

22
27

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO