Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Inferno estando cá em Baixo e o Céu Lá em Cima

Segunda-feira, 21.03.22

E pelo meio e sendo algo de típico nestes espaços momentâneos e insignificantes de conflito (o que é a Terra e o Homem, neste Universo infinito) ─ até para se relaxar, para ainda se acreditar (em algo mais) ─ lá aparecendo os fenómenos insólitos e geralmente inexplicáveis, como o do aparecimento de OVNI’S (podendo ser norte-americanos, russos, chineses ou como todos o desejamos, ET’S), aqui sobre as coordenadas do momento na Ucrânia.

snapshot.jpg

UFO

No 10º dia da Invasão da Ucrânia pela Rússia (a 5 de março de 2022) o aparecimento de um objeto luminoso desconhecido nos céus noturnos de Kiev (capital ucraniana), apesar da guerra em curso sugerindo-se pela sua movimentação e manobras ser de origem extraterrestre.

Olhando à minha volta e só vendo guerra, seja na televisão só se falando da Ucrânia ou na rua depois das consequências da Pandemia tendo-se agora para agravar ainda mais as nossas condições de vida uma Guerra na Europa, ainda-por-cima só se escutando uma das partes a outra sendo deliberadamente omitida e como nós diríamos estrategicamente censurada ─ tentando-nos convencer (e conseguindo-o, através de uma brutal campanha de propaganda planetária) que num conflito só existe uma parte, como se para haver uma reação não sendo necessário previamente ter existido uma ação ─

mKf8LEe9MHmJ4mXkdvEDdn-970-80.jpg

PLANETA 9

Depois de anos e anos na procura do planeta que supostamente faltaria no nosso Sistema Planetário (o lendário Planeta X, ainda Plutão não tinha sido despromovido) agora denominado Planeta 9, com 87% do Céu perscrutado ainda nada a assinalar.

Tentando desviar a minha atenção destes momentos cada vez mais tornados banais de doença e de morte, protagonizados pelas nossas lideranças atuais e estando em causa mais uma vez o futuro do nosso continente, do seu território e da sua população uns 750 milhões de indivíduos (cerca de 10% da população total do planeta), ainda nem há um século atrás tendo estado envolvido num grande conflito global a 2ª Guerra Mundial (com os grandes heróis a terem sido soviéticos e chineses) e deparando-me com restrições cada vez mais orientadas para o unanimismo e a não aceitação de outras opiniões, senão as no momento declaradas oficiais,

Deslocando-me para outras áreas para outras coordenadas mais interessantes e propondo-nos outras alternativas, não sendo obviamente as do “Inferno” em que hoje vivemos, num quotidiano comandado pela mais-valia, podendo-se extrair de um objeto, sendo o Homem agora e apenas (perdido o seu estatuto de sujeito) um instrumento do objeto, um objeto de nível inferior, mesmo antes do aparecimento da sua réplica biomecânica (a Máquina perfeita, o Robot),

220312103005_1_900x600.jpg

ASTEROIDES e COMETAS

Sabendo-se da possibilidade de asteroides e cometas poderem ser transmissores de elementos e de compostos podendo propiciar o aparecimento de Vida, a hipótese de que esses mesmos objetos (existindo unicamente Vida na Terra) poderão ter origem extrassolar.

E encontrando-me de imediato perante quatro novidades muito mais cativantes, abrindo-nos novas perspetivas e projetando-nos novos e bem possíveis trilhos de Vida, que nunca encontraremos neste “Mundo de sucessivos Enganos”, comunicando-nos algo de novo sobre o possível, mas nunca observado Planeta 9 (tendo o Sistema Solar que se saiba e para já 8 planetas principais) ou Planeta X (com 87% do Céu observado, nem sinais dele) continuando desaparecido,

Ainda da forte possibilidade de até sendo a Terra o único lugar no nosso Sistema Planetário a ter Vida, a mesmo poder não ter aparecido no seu interior (do Sistema Solar, do espaço interior à Nuvem de Oort), mas ser originária do espaço Extrassolar (para além do âmbito da ação do Sol, o espaço Interestelar),

nh-newhorizonskboencounter.jpg

CIVILIZAÇÕES ALIENÍGENAS

Com distâncias que se tornam face às nossas características e tempo impossíveis de cumprir, restando-nos a esperança de que uma Civilização mais avançada já tenha feito mais do que nós, enviando-nos sondas capazes de se manterem em função, entretanto replicando-se.

De mais uma tentativa de explicação da razão, pela qual outras civilizações exteriores (alienígenas) ainda não nos contactaram, por exemplo enviando sondas como nós (os terrestres) já o fizemos (vejam-se os casos das sondas automáticas Pioneer e Voyager),

E até encontrando algumas explicações para tal comportamento, até hoje que se saiba e existindo certamente Civilizações mais avançadas já tendo iniciado esse processo de contacto, nenhum caso desses tendo sido reportado (na Terra) até agora, ressalva feita à hipótese levantada até aquando da passagem do objeto interestelar Oumuamua, sendo em princípio um objeto natural (asteroide/cometa) mas podendo ser utilizado artificialmente (numa função de observação) por uma entidade alienígena,

launching-robots-into-2-2000x1200.jpg

TUBOS DE LAVA

Mais de 50 anos depois de se abandonar a Lua e com as viagens espaciais tripuladas a limitarem-se a deslocações Terra/ISS, adiada a viagem a Marte e sendo de novo o objetivo a Lua, sugerindo-se nada se tendo descoberto à superfície, o estudo dos tubos de lava.

Para finalmente ficar ao corrente das novas intenções na exploração espacial no que se refere ao nosso único satélite natural, depois de pelos vistos nada de relevante tendo sido encontrado à sua superfície senão poeira, com os próximos veículos motorizados lunares ou ROVERS a serem adaptados de forma a entrarem nos antigos tubos de lava existindo à superfície da Lua, explorando-os e ao seu subsolo em profundidade e descobrindo-se aí os seus possíveis segredos, como a de existência de minérios ou até da presença de depósitos subterrâneos de água.

Trocando o Inferno da Terra por um possível Céu ou mesmo um Purgatório, só possível de se sonhar ou imaginar pelos vistos fora deste planeta, antes considerado a sede do Paraíso, mas agora com Deus (o Criador) a revelar-se no Homem (a sua Criação) e cumprida a sua função (estabelecida pelo Homem criador de Deus, à imagem do primeiro e não o inverso, como nos tentaram convencer) sendo obviamente reformado.

(imagens: Greek Music/youtube.com ─ Caltech/R. Hurt (IPAC)/livescience.comJohanSwanepoel/stock.adobe.com/sciencedaily.com ─ universetoday.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:26


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.