Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Jan 20

Com o Presidente dos EUA Donald Trump (a primeira figura na hierarquia do poder) informando os norte-americanos e os restantes cidadãos do Mundo (entre eles os europeus) ter autorizado a execução sumária (assassinato, à moda terrorista) do general iraniano Qassem Soleimani (referido como a segunda figura na hierarquia de poder do regime iraniano), não pelas suas ações (passadas/presentes/futuras) mas pelas “coisas más” que ele dizia:

 

5e1f218322000056004728c1.jpg

Trump num comício em Milwaukee

(estado do Wisconsin em 14.01.2020)

Celebrando c/ os seus fans o assassinato de Soleimani

 

Trump tells GOP donors that Soleimani was 'saying bad things' before strike

"How much of this shit do we have to listen to?

How much are we going to listen to?"

"He was supposed to be invincible."

(Tal Axelrod/thehill.com)

 

Mantendo-se e como sempre este cenário (de Intervenção Norte-Americana, na defesa dos seus interesses) com a Europa quieta e caladinha, não se apercebendo esta que num fogo, se primeiro vão os próximos (do outro lado do Mundo), não se prevenindo mas remediando, seguindo-se (invariavelmente) os mais afastados (já rondando a nossa casa). Para já não falar da substituição, do Diálogo (diplomacia) pela Violência (guerra).

 

ayatollah-ali-khamenei.jpg

Líder Supremo do Irão Ayatollah Ali Khamenei

Pelas “coisas feias” que diz sobre a América (e seu presidente)

Na mira do próximo drone de Trump

 

“American clowns”

Trump warns Iran's supreme leader to be 'careful with his words'

“The so-called ‘Supreme Leader’ of Iran, who has not been so Supreme lately, had some nasty things to say about the United States and Europe. Their economy is crashing, and their people are suffering. He should be very careful with his words!”

(Morgan Chalfant/thehill.com)

 

Num ataque com um drone (à saída do aeroporto internacional de Bagdade, capital do Iraque) num trajeto pré-conhecido matando logo duas unidades de peso do regime (para além de Soleimani, o comandante militar Abu Mahdi al-Muhandis) − como resposta a um suposto assassinato de um “contracor (empreiteiro e/ou mercenário) norte-americano (aparentemente levado a cabo por milícias xiitas iraquianas) e ao ataque à embaixada dos EUA em Bagdade (por manifestantes iraquianos, provável e maioritariamente pró-xiitas), num país de maioria xiita (minoria sunita) – e agora sendo derivado para a primeira figura do regime do Irão, o líder supremo (espiritual/religioso/político) – no fundo o seu presidente – o Ayatollah Ali Khamenei: continuando a dizer “coisas feias” podendo ter o mesmo destino do seu compatriota e colega Qassem Soleimani, levando em cima com um drone.

 

(imagens: Saul Loeb/Getty Images/HuffPost/yahoo.com − Fars News/Reuters/newsweek.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:21

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Janeiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
14
15

23

26
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO