Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

24
Jul 14

E os mortos ucranianos resultantes da Guerra Civil?

E os mortos da queda do avião em Taiwan?

E os mortos na Faixa de Gaza?

E os mortos/desaparecidos do voo MH370?

 

Construção do Muro de Berlim

 

Com a estratégia política internacional dos Estados Unidos a atravessar um momento (talvez deliberadamente) caótico de infiltração e intervenção global, a Europa vê-se agora pressionada pelos seus aliados do lado de lá (do Atlântico) para conjuntamente com as forças da NATO atacar provocatoriamente a Rússia – “mordendo-a logo ali nos seus calcanhares” – e desse modo fazendo da Ucrânia (militarizada) o Grande Baluarte do Ocidente.

 

Só que esta Ucrânia não é um exemplo para ninguém muito menos para uma Europa notoriamente doente e que ainda não sabe em quem confiar.

 

E dos norte-americanos ainda nos lembramos da sua bolha económica que por artes mágicas acabou também por cair em cima de nós.

 

Só que como todos sabemos os norte-americanos nunca param e daí a pressão ser sempre crescente só variando de nível: veremos como os estados europeus irão reagir às novas propostas de sanções até porque existem negócios a decorrer e outros já em fase de conclusão – e é o dinheiro que faz mover a economia (o problema é a moeda dominante o dólar, quando deveria ser o euro – percebem agora o interesse dos USA em destruírem a EU?)

 

Prevejo a criação de um Novo Muro de Berlim (no fundo a actual Chanceler alemã Merkel só o desloca um pouco mais para leste) separando agora o Ocidente da Liberdade Total, da Rússia Vermelha de Putin (e do mundo diabólico e brutal do seu aliado Chinês), muro esse eficientemente instalado na Ucrânia e fortemente armado pelos verdadeiros representantes de Deus (como diria G. Bush).

 

Não sei é quem viverá melhor depois!

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:12

Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO