Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Relatório do Pentágono

Quinta-feira, 01.07.21

“Poderá ter confirmado os UAP/UFO como sendo um fenómeno de origem norte-americana, para descanso dos seus cidadãos e afirmação da sua superioridade ao Mundo.”

screenshot-136.jpg

US FLYING SAUCER

Disco-Voador, OVNI, UFO ou UAP

a convicção da sua origem ser os EUA

 

Depois da recente publicação do relatório do PENTÁGONO tendo como tema os Fenómenos Aéreos Não Identificados ou UAP (verificando-se desde logo a substituição da sigla UFO pela sigla UAP, sendo um sinal), a chegada à conclusão da não existência de qualquer tipo de evidência de que estes fenómenos poderão ter intervenção exterior (mesmo que sendo estranhos e alheios ao nosso conhecimento cientifico-tecnológico): logo não o sendo ─ a evidência externa, sugerindo para o público a ideia dos UFO/ALIENS (forma HARD de encarar o assunto) e para o Pentágono dos UAP (forma SOFT) ─ como mensagem subliminar (subentendida) e não podendo jamais os EUA estarem num nível inferior querendo ser considerada (e perpetuada como) a maior potência global, tendo-se de traduzir e de concluir não serem igualmente fenómenos de origem russa ou chinesa, mas obviamente (por eliminação) de origem norte-americana. Servindo-se apenas do argumento dos UAP (pelo seu poder superior e remetente desconhecido) ─ associando-os estrategicamente aos UFO ─ poderem ser considerados como futuras e potenciais ameaças para a segurança dos EUA e como tal, sendo necessário um grande e decisivo reforço orçamental na ciência e na tecnologia militar necessária para nos defender, depois de obtido o mesmo (o reforço orçamental para a defesa) sendo então canalizado não para o ESPAÇO mas para a TERRA Oriental (onde se situa a Rússia e a China).

1806.jpeg

ARE WE ALONE IN THE UNIVERSE?

So far, the only life we know of is right here on Earth.

But here at NASA, we’re looking.

 

[E esperando-se para ver o que dirão os ditos Teóricos da Conspiração tendo alinhado com toda esta encenação (para o povo dividido e indiferente, bem montada), tendo-se confirmado o que já antes se sabia, sendo esta apenas mais uma tentativa de reforço do orçamento militar dos EUA, tendo agora como inimigo não só a Rússia como sobretudo a China: provavelmente tendo-se transformado numa “massa disforme”, dividida entre o que antes afirmavam ser e o que hoje na realidade (num espetáculo de ilusão) poderão ter demonstrado nunca ter sido (além de mais uns infiltrados, trabalhando/expondo-se para quem lhes paga).]

(legenda/inglês: nasa.gov ─ imagens: boingboing.net/nasa.gov)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:12


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.