Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

09
Abr 15

EUA – Carolina do Sul
Mais um negro executado pela polícia como consequência de um farol partido
(e logo com sete tiros e mais um para confirmar)

 

AR_150409468.jpg

Ao oitavo tiro pelas costas e por causa de um farol partido, o cidadão negro não resistiu mais e tombou finalmente morto

 

Um cidadão norte-americano com registo criminal e por diversas vezes chamado a responder à Justiça do seu país (preso uma vez por agressão e todas as outras vezes por falta de comparticipação nas despesas do seu filho menor), foi abatido no início desta semana com oito tiros disparados por um polícia, após ter parado num operação STOP, após o agente da autoridade descobrir que o automóvel tinha um dos faróis de travões partido e após o condutor se ter posto em fuga.

 

Ao fugir do polícia o condutor expos o seu corpo e particularmente as suas costas às balas, sendo atingido inicialmente por sete vezes e no fim por uma oitava (um bónus) só para confirmar.

 

Finalmente abatido o cidadão e confirmado pelo agente que o mesmo já não se mexia, o polícia exemplar ainda teve o discernimento de lhe dizer para “colocar as mãos atrás das costas” e como este não se mexia aproveitando ainda para o algemar.

 

O cidadão norte-americano que por acaso era prevaricador e negro ficou a agonizar no local até morrer, enquanto o polícia branco como se nada se tivesse passado comunicava a ocorrência.

 

O único problema é que tudo ficou registado em vídeo, o polícia foi preso e até o presidente da câmara e da polícia tiveram que pedir desculpa. Em conclusão mais um negro assassinado.

 

(imagem – postandcourier.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:30

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO