Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

17
Mar 21

[OMS/WHO]

 

Qual a razão para (tendo-se já anteriormente atingido, o pico máximo de atividade do coronavírus) o nº global de infetados depois de seis (6) semanas consecutivas a descer, inverter essa evolução, estando desde há três (3) semanas sempre a subir?

 

Screenshot_2021-03-17 Coronavirus disease (COVID-1

Dr Tedros Adhanom Ghebreyesus

(Diretor Geral da WHO)

 

S

D

I

O

N

V (%)

N

V (%)

16.02.2021

2.700.000

-16

81.000

-10

23.02.2021

2.400.000

-11

66.000

-20

02.03.2021

2.600.000

+7

63.000

-6

09.03.2021

2.700.000

+2

60.000

-6

16.03.2021

3.000.000

+10

58.000

-3

(S: Semana D: Data I: Infetados O: Óbitos N: Número V: Variação)

 

Imagem1.jpg

 

S

CGI

Was driven by increases in the Eastern Mediterranean (10%), African Region (10%), and Europe (4%).

Only South-East Asia and the Eastern Mediterranean regions showing a small 2% and 7% increase, respectively.

Was driven by increases in the Eastern Mediterranean (14%), South-East Asia (9%), Europe (9%) and the Americas (6%).

Was driven by increases in the Eastern Mediterranean (10%), African Region (10%), and Europe (4%), while small declines were seen in the Americas (-2%), South-East Asia (-2%) and Western Pacific regions (-6%).

the Americas and Europe continue to account for over 80% of new cases and new deaths, with rises in new cases seen in all regions apart from Africa, where they remained the same as last week.

(S: Semana CGI: Casos Globais Infetados)

 

Colocando-nos numa situação algo preocupante face a estes alertas da WHO (não lhe estando a ser dado o devido destaque), baseada em números, e não em intenções e palavreado (político e pretensamente teórico/erudito): com a “Curva Covid-19” em rota descendente (6 semanas), verificando-se desde há 3 semanas uma subida global do número de infetados.

 

Screenshot_2021-03-17 Year of Health and Care Work

Ano Internacional dos Trabalhadores de Saúde

(2021)

 

COVID-19 Weekly Epidemiological

(relatório de 28.02.2021)

- Aí observando-se já uma ligeira subida no nº de infetados -

Global overview

Possíveis razões para o aumento de infetados

*The continued spread of more transmissible variants of concern (VOCs)

*Relaxation of public health and social measures (PHSM)

*Fatigue around adhering to PSHM measures

Organismos responsáveis de saúde

*Basic public health measures remain the foundation of the response

Deveres das autoridades de saúde

*Testing

*contact tracing

*isolation

*supported quarantine

*quality care

Deveres dos individuos

*Avoiding crowds

*physical distancing

*hand hygiene

*masks

*ventilation

Vacinas

*Immunity conferred by vaccination takes weeks at the individual level

*And it may take longer to observe impacts at the population-level

 

Pelo que o conhecimento do relatório elaborado pela WHO/OMS e publicado a 28 de fevereiro ─ sobre a evolução global e semanal da epidemia de COVID-19 ─ por altura da inversão da tendência decrescente de atividade do vírus, podendo neste caos informativo servir de alguma ajuda (contribuição) para alguém (ficar a saber o que diz a WHO).

 

(dados e imagens: WHO/who.int)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:42

Março 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO