Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

05
Jul 15

“O Estado Islâmico tinha ligações estreitas com a AL-QAEDA até 2014, mas em Fevereiro daquele ano, depois de uma luta de poder de oito meses, a Al-Qaeda cortou todos os laços com o grupo, supostamente por sua brutalidade e notória intratabilidade.” (wikipedia.org)

 

slide_428742_5551276_compressed.jpg

Síria – Palmyra – Património da Humanidade

 

Depois de nos últimos dias ter provocado mais de 200 mortos durante a ocupação da cidade Síria de PALMYRA e de ter chamado a si o atentado terrorista que provocou pelo menos 40 mortos numa estância balnear na costa da Tunísia (onde morreu uma portuguesa), eis que agora o Estado Islâmico lança um novo vídeo na WEB mostrando a execução de cerca de vinte militares sírios, tendo Património da Humanidade (neste caso PALMYRA por onde passava a famosa ROTA da SEDA) como cenário de bestialidade, violência e morte.

 

o-PUTIN-570.jpg

 

Fortemente armado e apoiado pelos estrategas geopolíticos norte-americanos, lógica e compreensivelmente interessados em proteger em exclusivo os interesses financeiros e económicos dos EUA e das suas grandes Corporações e Conglomerados (actuando no mercado Global), o novo e modernizado movimento terrorista ISIS continua de uma forma implacável e irreversível o seu trajecto programado e sistemático de destruição total (a nível de estruturas básicas e população) tendo o Iraque, a Síria, a Líbia e agora o Iémen como seus principais territórios de intervenção. Com o declínio crescente do seu filho primogénito (a AL-QAEDA) os EUA e os seus antigos e tradicionais aliados locais neste tipo de acções terroristas (a Arábia Saudita, apresentando um currículo invejável nesta área de cooperação, iniciado com os atentados de 9/11 e agora continuando com a sua intervenção brutal e directa no Iémen) viram-se na necessidade urgente de evoluir para de novo invadir e conquistar e morto BIN LADEN, criaram um novo movimento, mais aberto aos jovens e às novas tecnologias. É agora a partir de capitais do mundo ocidental como LONDRES (na realidade o 51.º Estado Norte-Americano) que partem os novos contingentes de combatentes para o Médio Oriente (esmagadoramente jovens e não árabes), recrutados através de técnicas modernas de mercado (utilizando até as auto-estradas abertas da informação) e seduzidos virtualmente por aquilo que os seus países sempre prometeram mas que nunca lhes ofereceram: comida, casa, emprego e dinheiro.

 

o-PUTIN-570 n.jpg

 

E assim chegamos de novo à zona de guerra envolvendo os Não Estados do Iraque e da Síria, onde com a preciosa colaboração do duo EUA/Arábia Saudita começa agora a erguer-se um novo e mais elaborado (modernizado) Grupo/Estado terrorista apenas assente no poder do dinheiro, da morte, das armas e da corrupção: o Estado Islâmico uma reencarnação no século XXI do antigo Grande Califado, mas agora apoiado nas suas pretensões de expansão pagã e imperialista não só pelos Mouros (o que é natural) mas também pela nação de cristãos mais poderosa do Mundo e dizendo-se em constante contacto com Deus – os Estados Unidos de América. Uma blasfémia que com a sua execução pratica poderá levar estes loucos da Ásia até à Península Ibérica (onde por acaso está Portugal): não se esqueçam que estes ou outros iguais (e muitos dos loucos parecem normais e ocupam lugares de poder) já passaram pela extinta Jugoslávia e que agora se encontram na Ucrânia. Não é pois de espantar (até pela banalização de actos repetitivos e sem castigo como estes) que os passemos a aceitar imediatamente, sem nenhuma perda de tempo e sem sequer perdermos tempo a pensar: quando surgem notícias de mais mortes injustificadas, destruição de património e memória de um povo, lá bem longe e entre selvagens (só assim é que se matam uns aos outros com as armas que os seus inimigos lhes dão), notícias de fuzilamentos em massa e com a presença de público passam despercebidos. Infelizmente o Povo só quer o que é bom e mesmo passado tanto tempo de mentiras, desilusões e pesadelos, ainda crê um pouco por todo o mundo com a concretização do Sonho Americano que como afirma Barack Obama é um País de Excepcionais.

 

Acreditem: ou algo muda ou estamos feitos. E até a EUROPA já vai numa das carruagens da frente (em direcção ao fim da linha, com a máquina desgovernada e perdido o maquinista), sendo o próximo apeadeiro ATENAS já este mesmo Domingo e com uma multidão à espera: nesse e nos outros apeadeiros.

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:33

Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO