Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

16
Mar 21

Próximos do fim do Verão e prestes a entrar na estação do Outono (hemisfério sul), a região argentina da PATAGÓNIA (sul do país/interior/perto da fronteira do Chile/partilhando a Patagónia) vê-se desde 9 de março debaixo de um verdadeiro inferno-de-chamas ─ originado em FOGOS FLORESTAIS ─ assumindo ao fim de uma semana (de fogos contínuos e em várias localidades) proporções dramáticas:

 

Ewcm7c0UYAIaBiG.jpg

Patagónia-Argentina

 

Aparentemente iniciado em LAS GOLONDRINAS (Patagónia, perto da fronteira comum Argentina/Chile) com o incêndio a alastrar-se de seguida e muito rapidamente (com a ajuda dos ventos) à localidade de LAGO PUEBLO ─ beneficiando ainda das condições de terreno tão propício (seco, cheio de material combustível) à eclosão de incêndios ─ prosseguindo o seu “caminho incendiário” e atingindo outras localidades (El Bolsón, El Maitén, Epuyén, Futaleufú, and El Hoyo/watchers.news).

 

Screenshot_2021-03-15 alvaro2k no Twitter.jpg

ON FIRE

 

Num balanço ao fim de sete dias desde o início deste incêndio florestal ─ originado perto do interior comum e de fronteira entre a Argentina e o Chile, posteriormente deslocando-se e acompanhando tal linha divisória (imaginária e de fronteira) na sua movimentação ─ com 250 casas destruídas, 350 pessoas evacuadas, 15 mortos e ainda 2000ha de terra completamente queimada. Com conhecimento de causa até por viver no país (a seguir indicado), fazendo-nos recordar em Portugal o incêndio florestal de Pedrógão Grande (17.06.2017), então com mais de 60 mortos e de 200 desalojados.

 

(dados: watchers.news ─ imagens: tenmu@tenmu_1029/twitter.com

e alvaro2k@alvaroabc2/twitter.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:04

Março 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO