Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

15
Jul 15

Agora que o HOMEM parece ter desistido da (sua) CONQUISTA (pessoal) do ESPAÇO enviando DRONES teleguiados a partir de construções edificadas em TERRA – o que seria da nossa HISTÓRIA se o HOMEM tivesse abandonado a sua SAGA dos DESCOBRIMENTOS e apenas tivesse largado barquinhos no mar para se entreter – só nos restam as imagens de TV: e é pena não podermos TOCAR e SENTIR, pondo todos os nossos órgãos dos sentidos em plena actividade (fazendo-nos sentir de novo vivos e em movimento contínuo).

 

nh-071315_falsecolorcomposite.jpg

PLUTÃO o planeta e CHARON uma das 5 luas
Aquilo que parece um sistema duplo de corpos celestes
(muito semelhantes e com aspecto familiar)

 

Em vez de nos oferecer imagens da chegada da sua sonda NEW HORIZONS ao ponto de maior proximidade ao longínquo planeta PLUTÃO (já lá vão mais de 25 horas), a NASA continua a apresentar-nos uma imagem referente a 13 de Julho (anterior ao encontro de 14 de Julho): só que em vez de ser apresentada com uma cor mais natural mas um pouco esbatida e com pouca definição, aparecendo agora mais bonita socorrendo-se da adição de cores falsas.

 

O que mais uma vez nos entristece a todos (sejamos leigos ou eruditos) pois esta actuação por parte da NASA já se tornou comum e banal e sempre com as mesmas explicações – sempre direccionadas de iluminado para ignorante e com total desrespeito pelos segundos: uma demora sempre justificada por algum tipo de execução técnica ainda por cumprir ou com uma outra justificação aparentemente mais respeitosa para com a inteligência dos seus (muitos deles há muito fieis) seguidores.

 

Mas convenhamos que apesar de assim proceder na esmagadora maioria de casos ocorridos (e semelhantes), por vezes a NASA no decorrer da concretização de cada um desses diferentes percursos nos vai dando algumas boas pistas e sinais: que finalmente e na hora prevista ao tornarem-se efectivos, até que acabam por ser divertidos (e que já agora confessando nos fazem ficar sempre à espera). Deste modo aceitamos a para já desalentadora definição das imagens oriundas das vizinhanças de Plutão (quando as câmaras a bordo da New Horizons são segundo os técnicos da missão das melhores até agora enviadas equipando sondas espaciais) e a demora da chegada das primeiras imagens após o histórico encontro NEW HORIZONS/PLUTÃO (talvez para a NASA as embelezar). Pelo menos confesso que estive à espera e em verdadeira suspensão pela chegada a zero da contagem indicando a chegada da sonda ao planeta; depois olhando com expectativa a contagem decrescente até que o ET a bordo da sonda telefonasse; neste momento vendo o tempo a passar após o ET ter telefonado esperando ansiosamente que este envie imagens por FAX; sabendo que talvez a única coisa que me espera será continuar a olhar para o relógio indicando o tempo total da missão (hoje no seu 3463.º dia). Sejamos pacientes, confiemos na NASA e saibamos esperar (três verdadeiras missões).

 

Perto das 15:00 continuamos à espera.

 

(imagem – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:06

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO