Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

19
Fev 20

[E eis que do meio do nevoeiro cerrado onde se encontram perdidos os Democratas, surge milagrosamente a imagem do Salvador, não o seu antigo amigo o SANTO REP TRUMP, mas o  agora seu inimigo o SANTO DEM BLOOMBERG: na sua Igreja agora fundada com uma caixa de esmolas muito maior, se comparada à dos seus colegas DEM (igual à de todos os outros candidatos à nomeação DEM, juntos).]

 

200211-michael-bloomberg-donald-trump-cs-147p_4012

Bloomberg e Trump

Uma Aventura no Golfe

Em 2007 já como multimilionários e ainda como grandes amigos

(Trump National Golf Course/Briarcliff Manor/N.Y.)

 

A poucos dias do Caucus do NEVADA de 22.02 (36D+8SD) e das Primárias da CAROLINA DO SUL de 29.02 (54D+9 SD) − e antecedendo a SUPER TERÇA-FEIRA de 03.03 (1.344D+256SD) – um panorama da atual situação dos diversos candidatos à nomeação DEMOCRATA (DEM), ultrapassadas as duas primeiras votações (Caucus do IOWA e Primárias de NEW HAMPSHIRE).

 

Ainda sem a participação de Michael Bloomberg, mas com o mesmo a participar já no próximo debate DEM.

 

P

CANDIDATOS

DELEGADOS

(eleitos)

SUPERDELEGADOS

(já atribuídos de um total de 771)

FINANCIAMENTO

(milhões)

%

%

$

Tom

Steyer

0

0

2

0,3

206

Michael Bloomberg

0

0

20

2,6

200

Bernie

Sanders

21

33

22

2,9

109

Elizabeth Warren

8

13

21

2,7

82

Pete

Buttigieg

22

34

13

1,7

77

Joe

Biden

6

9

69

9,0

61

Andrew

Yang

0

0

0

0,0

32

Amy

Klobuchar

7

11

9

1,2

29

Tulsi

Gabbard

0

0

1

0,1

13

10º

Michael

Bennet

0

0

4

0,5

7

(P: Posição/Financiamento)

 

E perante o cenário atual com dois dos candidatos a destacarem-se claramente face aos restantes − BUTTIGIEG e SANDERS − e por outro lado com os dois candidatos oficiais aparentemente a afundarem-se − BIDEN e WARREN (e c/ KLOBUCHAR à espreita) – com o partido Democrata perante (o cada vez mais preocupante) crescimento constante de TRUMP nas sondagens presidenciais (vencendo seja qual for o candidato DEM escolhido) a adotar uma nova estratégia e a aceitar a entrada na corrida de um novo candidato:

 

Multimilionário como TRUMP e para além dos 200 milhões já metidos na campanha DEM, tendo segundo se diz investido mais uns 200 milhões na mesma, mas agora claramente em seu benefício pessoal − e com os outros candidatos DEM nada podendo fazer − face à mudanças de regras do DNC (Comitê Nacional Democrata) − a limitarem-se a ficarem a ver!

 

E tal como diz Lee Camp (Redacted Tonight) transformando as Eleições Presidenciais de 2020 nos EUA − a maior Democracia do Mundo − numa mera luta entre OLIGARCAS, tal como acontece (por exemplo) na Ucrânia (com a generalização da corrupção) e com os resultados que todos conhecemos (resultantes da luta EUA/RÚSSIA, em que este país é apenas mais um dos tabuleiros, na guerra entre ambos − e com a China pelo meio − pela garantia da supremacia global).

 

[Mas já a 3 de março – SUPER TERÇA-FEIRA com 1.600 delegados em disputa −se sabendo quais os resistentes – DEMOCRATAS (uns 4 a 6) − enfrentando o Oligarca (aqui, Tubarão) MICHAEL BLOOMBERG. E ainda os desistentes (incluir-se-á Bloomberg?) e quem apoiarão de seguida.]

 

(imagem: Clint Spaulding/Patrick McMullan/Getty Images/nbcnews.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:22

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO