Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

02
Abr 15

“There exists a shadowy government with its own Air Force, its own Navy, its own fundraising mechanism, and the ability to pursue its own ideas of national interest, free from all checks and balances, and free from the law itself.” (Daniel K. Inouye, US Senator)

 

130327162059-xi-jinping-vladimir-putin-614xa1.jpg

Com uma ajudinha da Alemanha
(também interessada)

 

Enquanto aguardamos com grande ansiedade notícias provenientes de agências de informação ocidentais confirmando o trágico acidente marítimo registado com o navio de pesca russo DALNY VOSTOK, não deixamos de acreditar que atrás de mais este crime horrendo e diabólico poderá estar a mão de PUTIN. Originário da península russa de KAMCHATKA e contando com 132 elementos na sua tripulação (entre eles 78 russos), o navio terá sofrido um inesperado e misterioso acidente na sua viagem de regresso a casa, contando-se neste momento mais de 50 mortos.

 

As versões para o sucedido são as mais diversas: desde um impacto do navio com um icebergue (não visto de imediato e que terá apanhado o navio desprevenido), até ao transporte de carga excessiva (nas suas câmaras frigoríficas). De qualquer dos modos o barco ter-se-á afundado em cerca de quinze minutos, não dando sequer hipótese ao lançamento imediato e pelo próprio comandante de um pedido urgente de socorro. Tudo isto não deixa de ser muito estranho depois dos anteriores e até agora ainda não esclarecidos episódios registados na Ucrânia (anexação da CRIMEIA e abate do voo MH 17), na Rússia (assassinato confirmado de BORIS NEMTSOV e não confirmada morte de PUTIN), em França (queda do avião da LUFTHANSA) e agora em águas do Pacífico mesmo ao lado da Sibéria.

 

Mas tudo isto confluiu no que deveria ser já uma grande preocupação especialmente para os europeus, tantas vezes avisados pelos seus aliados norte-americanos para os programados cenários de guerra previstos há muito para esta zona do globo e pela grande potência estrategicamente levadas a cabo unicamente na defesa dos seus interesses económicos e financeiras – o que não deixa de ser natural e que só quem não quer é que não vê!

 

Neste momento a Europa e os países Árabes tem o seu destino bem definido:
Enquanto na Europa os EUA aproveitam a desunião entre os múltiplos interesses financeiros e especulativos espalhados (e desorientados) entre lobbies e corruptos (o povo já não interessa para os políticos europeus e o que os norte-americanos tem que fazer é levar lenta e progressivamente o continente ao seu apodrecimento económico) para assim se intrometer e mais tarde controlar toda a EUROPA (com a Alemanha a trabalhar tão bem de um lado e com o Reino Unido aparentemente a puxar para o lado contrário – mas ainda com elevadíssimos investimentos chineses e russos);
Nos países Árabes a opção pela Teoria do Caos com os EUA a trabalharem intensamente nos dois lados do tabuleiro (aguardando a auto-destruição dos dois lados) levará inevitavelmente ao controlo de toda aquela zona do continente asiático (rico em PETRÓLEO) e quem sabe (o grande Sonho Americano) ao domínio de toda a ÁSIA.

 

Cenário pouco credível face à criação de uma nova moeda mundial (CHINESA) com o único objectivo de substituir a anterior moeda mundial (NORTE-AMERICANA). E com o que se vê – russos, alemães, ingleses a correrem a aderir ao NOVO BANCO/AIIB (banco bom que substituirá o banco mau/Banco Mundial) – o futuro dos norte-americanos e dos seus apoiantes parece ser cada vez mais preocupante face à fuga dos investidores. Quanto tempo durará mais a teoria das rotativas e da impressão ilimitada? O Japão que não se ponha a pau!

 

E mesmo assim voltemos a PUTIN. A acreditar nos Republicanos e nos seus experimentados teóricos da FOX, um verdadeiro exemplo de um modelo extremo de ditador psicopata e sofrendo de um caso grave de autismo, capaz de invadir e anexar países mesmo tendo que recorrer como aviso a mísseis para abater aviões civis, não se coibindo em matar opositores seus mesmo junto às muralhas do Kremlin, safando-se sempre de constantes atentados à sua vida ou doenças mortais, desde dores nas costas, colapsos cardíacos, dores por ter sido pai e até golpes de estado, para no fim como um Anjo Diabólico e Vingativo virar as costas à Europa, abrindo os seus braços à Ásia e desviando-se do caos europeu. A interrogação que se coloca agora – com as negociações EUA/Irão com boas perspectivas de acordo e concretização, enquanto por outro lado no Iémen a Arábia Saudita ataca violentamente a oposição apoiada pelos iranianos – é de como reagirá a Arábia Saudita e seus aliados, Israel um país certamente interessado (e afirmando desde já estar pronto a entrar em acção no Irão se os norte-americanos não o fizerem) e os outros norte-americanos. Fundamentalmente os Republicanos, mas também franjas Democratas (no Congresso e no Senado).

 

Enquanto isso PUTIN vai desfrutando da paisagem e do seu grandioso elenco: pensando no passo seguinte aos próximos já projectados (e em execução).

 

“Behind the ostensible government sits enthroned an invisible government, owing no allegiance and acknowledging no responsibility to the people. To destroy this invisible government, to dissolve the unholy alliance between corrupt business and corrupt politics is the first task of the statesmanship of the day.” (President Theodore Roosevelt)

 

(texto/itálico e imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:36

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO