Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

02
Fev 16

Um dia debaixo dos nossos pés a terra tremerá.
E como isso será para todos convém mesmo estar convencido.

 

A nível de manifestações sismológicas de algum relevo (por exemplo tendo registado sismos de magnitude superior a 5) as zonas rodeando a região do Indico/Pacífico têm continuado com a sua habitual e intensa atividade. Não sendo por acaso que por aí se situa o Círculo de Fogo e os seus múltiplos e incansáveis vulcões (acompanhando em conjunto todo o movimento das placas tectónicas e a evolução permanente das suas fraturas). Mas nos últimos dias com maior intensidade e repetidamente é a zona do Mediterrâneo que tem mostrado estar mais ativa: cinco sismos consecutivos de magnitude 5.0/6.3 em pouco menos que duas horas.

 

TWORLD.24hours.jpg

Mundo – últimas 24 horas

 

Registo dos últimos dez sismos de magnitude˃5.0
(Global)

 

Região Localização
(Norte/Sul)
Data Profundidade
(km)
Magnitude
ILHAS KERMADEC N
Nova Zelândia
01.02 382 6.2
ILHAS BALLENY S
Nova Zelândia
31.01 10 6.0
PENÍNSULA KAMCHATKA S
Rússia
30.01 159 7.2
NOVA IRLANDA N
Papua Nova Guine
26.01 44 6.0
ESTREITO GIBRALTAR N
Marrocos
25.01 10 5.0
ESTREITO GIBRALTAR N
Marrocos
25.01 15 5.2
ESTREITO GIBRALTAR N
Marrocos
25.01 10 5.3
ESTREITO GIBRALTAR N
Marrocos
25.01 10 5.0
ESTREITO GIBRALTAR N
Marrocos
25.01 10 6.3
SUL ALASKA N
Estados Unidos
24.01 128 7.1

 

Como se pode facilmente constatar esses dez sismos concentraram-se sobretudo na região do Mar Mediterrânico compreendida entre o norte de Marrocos e o sul de Espanha (metade deles), enquanto os restantes (a outra metade) se concentraram na região do Índico/Pacífico (com exceção do registado no Sul do Alasca). No caso dos fortes sismos registados no Estreito de Gibraltar uma situação que deve preocupar as populações vivendo à sua volta como é o caso da Península Ibérica: ou seja Espanha e Portugal. Que o digam os marroquinos habitando na costa mediterrânica (como foi o caso das cidades de AL-Hoceima e Melilla) a serem os mais atingidos, felizmente só com danos materiais.

 

TEUROMED.2weeks.jpg

Euro-Mediterrâneo – últimas 24 horas

 

Registo dos últimos cinco sismos de magnitude˃2.0
(Portugal)

 

Região Localização
(Norte/Sul)
Data Profundidade
(km)
Magnitude
Cabo S. Vicente S 01.02 30 2.1
Porto Santo (Madeira) N 30.01 5 2.0
Faro S 25.01 15 2.5
Cabo S. Vicente S 25.01 11 2.8
Cabo S. Vicente S 23.01 31 3.9

 


Para já sem grandes motivos de alarme para Portugal. Mas nunca deixando de estar atentos a qualquer alteração visível (especialmente próxima) no comportamento geológico registado à superfície do território onde vivemos e que possamos considerar um forte aviso de que algo estará aí a surgir (pelo menos estando minimamente preparados): no caso de Portugal por proximidade ao Estreito de Gibraltar e a toda a zona do mar Mediterrâneo que se lhe segue, como a zonas marítima em constante atividade sísmica de Alboran (entalada entre a costa sul de Espanha e a norte de Marrocos). E tendo também em atenção toda a atividade sísmica para lá do Cabo de S. Vicente (com o penúltimo registo a atingir quase magnitude 4).

 

Entretanto já se registaram os seguintes sismos:

 

Região Localização
(Norte/Sul)
Data Profundidade
(km)
Magnitude Global (G)
Portugal (P)
NORTH ISLAND
(costa leste)
N
N. Zelândia
01.02 191 5.7 G
HONSHU
(costa leste)
N
Japão
02.02 20 5.6 G
TAIWAN (nordeste) N
Taiwan
02.02 6 5.2 G

 

Com a certeza absoluta de que outros sismos se seguirão – o que poderá significar que está tudo normal (sismos registados até às 20:00 de Lisboa).

 

(dados: emsc-csem.org e ipma.pt – imagens: emsc-csem.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:50

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

14
15
16




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO