Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

16
Abr 15

Enquanto um DRONE se passeia em MARTE outro vai espreitando CERES

 

0955MH0002610010304228E01_DXXX.jpg

Se me dissessem que era a Terra eu acreditava!
(CURIOSITY ROVER – SOL 955 – 14.04.2015)

 

Enquanto a sonda DAWN continua na sua órbita de aproximação ao planeta anão CERES (localizado na região do espaço situada entre Marte e Júpiter e conhecida como a Cintura de Asteróides), mais perto de nós um veículo a motor da NASA continua a sua visita de estudo ao nosso vizinho planeta Marte.

 

Enquanto em CERES se adensa o mistério envolvendo duas manchas luminosas vizinhas e aparecendo com o mesmo brilho à superfície do planeta (apresentando no entanto essas manchas parâmetros diferenciados), no planeta vermelho tudo decorre com normalidade agora que se abre a porta à existência de água e se proíbe a entrada de vida.

 

PIA19316_ip.jpg

Ponto brilhante superior (região 1) – mais fria
Ponto brilhante inferior (região 5) – mais brilhante
(DAWN – PIA19316 – CERES)

 

O planeta anão CERES aparece aqui como um dos potenciais depósitos de água existentes no interior do nosso Sistema Solar (possível de ser disponibilizado a médio prazo), proporcionando simultaneamente a possibilidade de aí se poder instalar uma base intermédia, ou em alternativa uma pequena colónia de extracção e de expansão. Segundo os cientistas CERES poderá ser constituído em cerca de 25% da sua massa por água (no estado sólido), estará coberto por um número de crateras superior ao previsto e ainda apresentará em certas zonas da sua superfície pontos (para já de origem desconhecida) bastante brilhantes.

 

Em Marte os objectivos da missão são um pouco diferentes. Enquanto que a Lua continua persistente e misteriosamente posta de lado (fazendo-nos recuar mais de 45 anos sobre a chegada do primeiro Homem à Lua e pondo-nos a pensar um pouco desiludidos um pouco sobressaltados sobre o vazio brutal que se seguiu), Marte tornou-se em sua substituição e apesar da sua muito maior distância (586X a distância Terra/Lua) no próximo grande objectivo do Homem: com a iniciativa privada a competir com a agência espacial governamental NASA no sentido de serem eles os pioneiros na colonização do planeta vermelho. Mantendo-se no entanto a pergunta do milhão: porquê Marte e não a Lua?

 

(imagem – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:15
tags: , ,

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO