Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

26
Mar 14

[“SEXO (como atracção)”, “Bonecas & SEXO”,

“SEXO Hardcore”,

“SEXO Alienígena” e agora “Super SEXO (Duplo)”]

 

Elas lançavam gritos lancinantes quando estavam prestes a atingir o orgasmo – mas que no entanto eram inaudíveis para o (ouvido do) homem, pois eram emitidos a frequências imperceptíveis. E quando húmidas só queriam usufruir do momento e serem sucessiva e repetidamente penetradas – profundamente, com dor, até ao fundo: Vai e Vem sem Parar com o Mundo sempre a Rodar”.

 

Quando o Estrangeiro entrou no apartamento 77 do 10.ºandar do Edifício da Praia – localizado no verdejante e bem cuidado Resort Paraíso do SEXO – já duas belas moças o esperavam no seu interior, preparadas para desde aquele preciso momento satisfazerem plenamente todos os desejos e fetiches do seu cliente e desse modo cumprirem na integra todos os pontos estabelecidos no contrato, recebendo o respectivo pagamento e justo contributo: dez mil euros cada uma por uma noite inteira à descrição.

 

Uma era loura e a outra morena. Era quase que uma exigência violá-las simultaneamente: nem uma nem a outra merecia ser deixada para trás e enquanto uma era penetrada a outra deveria pelo menos ser lambida e bem chupada. E era a brutal erecção do seu pénis que confirmava tudo o que ele pensava sobre elas, com as duas esbeltas mulheres olhando com um sorriso lascivo e provocante para o membro que se avolumava duma forma imparável dentro das suas calças, latejando cada vez mais violentamente sob a pressão crescente da corrente sanguínea circulando no seu membro enlouquecido. A visão conjunta dos dois pares de seios foi o sinal: despiu-se num segundo e de pau feito dirigiu-se decidido para elas, pondo-se à sua disposição. Chupou logo a morena enquanto que com a mão esquerda passeou-se entre os seios quentes e firmes da loura.

 

        

Boy Toy Dolls

 

A primeira foi a morena e nem precisou de sair do lugar para logo ali o Estrangeiro a despachar: húmida como ela estava a penetração foi total, profunda e realizada à temperatura ideal, com o pénis a deslizar duma forma extraordinária ao longo de toda a vagina e a ir e vir num ritmo cadenciado e cada vez mais intenso, até atingir e fazer explodir todo o interior do órgão sexual. A violência da ejaculação foi de tal forma directa e brutal que conjugada com o orgasmo final da morena e a forte pressão exercida pelas suas pernas firmes e sedosas sobre o seu pénis ainda endurecido e em êxtase final, o Estrangeiro se desequilibrou subitamente caindo desamparado no soalho agarrado à morena e acabando por se vir num soluço final sobre os seios ainda duros e luminosos da mesma. Fez um intervalo, arranjou forma de se acelerar e atirou-se de seguida à loira. Só lhe apetecia chupar aquelas mamas até ao fim e de seguida por trás e agarrando-a firmemente pelos seios recarregar-lhe com força e à base de todos os seus músculos activos e em performance sexual perfeita e absoluta, as baterias. Os ácidos do seu esperma poriam a loira a 100% de carga.    

 

A noite acabou por ser um sucesso completo e futuramente repetível. Carregados de drogas legais e ilegais, cada um deles desempenhara eficazmente o seu papel: o cliente satisfizera os seus desejos e fantasias sexuais pelos quais fora debitado, recebendo como extra a simpatia e total empenho sexual das duas moças oferecidas, enquanto estas tinham definitivamente merecido o pagamento correspondente pelas suas capacidades fantásticas em provocarem e fazerem perdurar indefinidamente o prazer até ao momento exacto a hora marcada para o duplo orgasmo.

 

O texto anterior é mais um teste à capacidade de atracção das palavras, através do significado e da acção que transportam consigo: neste caso a palavra SEXO (sem querer influenciar o estudo, as PA esperam aumentar as audiências).

 

(imagens – boytoydolls.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:20
tags:

Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO