Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

23
Set 19

(1) Quando um novo objeto INTERESTELAR entra no nosso SISTEMA (caso do asteroide C/2019 Q4),

 

snapshot 1.jpg

C/2019 Q4

Objeto natural (cometa)

ou artificial (sonda)?

 

(2) Quando os avistamentos de OBJETOS VOADORES desconhecidos registam (nomeadamente nos EUA) um notório crescimento (como o de 19 de Agosto em Las Vegas, com a presença de um ORB e de um OBJETO DE FORMA CILÍNDRICA),

 

(3) Quando os próprios iranianos se confrontam com a presença de OBJETOS VOADORES NÃO IDENTIFICADOS circulando a velocidades incríveis e executando manobras impossíveis (como o Evento ocorrido a 7 de Setembro perto da fronteira com o Paquistão e levando os iranianos a colocar em ação as suas defesas antiaéreas),

 

(4) Quando a própria Marinha dos EUA nos informa da fuga indevida de documentos secretos envolvendo imagens de pretensos UFO’S afirmando (em termos de lamentação e dada a sensibilidade do assunto) que tal nunca deveria ter sucedido (mesmo sendo esses factos e segundo esses mesmos responsáveis reais),

 

(5) Quando até no território dos EUA (talvez não se apercebendo disso os estrangeiros, mas sendo de longe a maior potência terrestre) se encontrava marcada uma grande concentração aparentemente destinada a exigir e conseguir a imediata libertação da COMUNIDADE ALIENÍGENA aqui residente (na Terra e pelo que se diz, não utilizando pulseira eletrónica, logo, com âmbito de deslocação limitado e resumido a prisão domiciliária)

 

− Com a marcação da Grande Concentração de 20 de Setembro em torno da ÁREA 51, tendo como missão o desmascarar das experiências levadas a cabo nessa base secreta pelo governo norte-americano (sobre seres podendo ser terrestres ou extraterrestres, neste segundo caso seres semelhantes aos de Roswell) e a libertação imediata dos alienígenas aí presos (acabando tudo desmarcado e sem alienígenas)

 

fake-area-51-1.jpg

ÁREA 51

They Can’t Stop Us All

(mas no entanto sendo poucos)

 

(6) Eis que juntando-se a este contingente cada dia que passa mais numeroso em número de testemunhas (desde as que de facto viram às que simplesmente escutaram), por interesse e estratégia (não tanto cientifico/tecnológica, mas sobretudo de Mercado e Financiamento) e certamente não querendo ficar para trás (da Space X, da Virgin Galactic e da Blue Origin), a BIGELOW AEROSPACE (do bem-sucedido homem-de-negócios norte-americano Robert Thomas Bigelow) publica um Vídeo (a 20 de Setembro) no mínimo enigmático (como todos e para adensar o mistério, um pouco confuso, dada a fraca resolução):

 

Nele surgindo um ORB (uma esfera ou globo) e uma ENTIDADE (supostamente sentado a uma mesa), no interior de um habitáculo fechado (selado, nada podendo entrar ou sair).

 

(7) E nada de significativo se percebendo da contribuição da BIGELOW AEROSPACE com o seu vídeo editado no Twitter (a 20.09)

 

− Para além da suspensão deixada no ar pela confusão da afirmação

(referindo-se ao dito vídeo)

OUR SMALL CONTRIBUTION

 

Chegando-se à conclusão de se tratar de mais uma mera “Promoção”: chamando a si os Alienígenas não do México, mas do Espaço.

 

Faltando para estar completo e perfeito e de acordo com a Moda em curso (dado o cenário reinante no território norte-americano) tratar-se de preferência (não de homenzinhos, mas) de MULHERZINHAS-VERDES.

 

bigelow-orb-being video.jpg

BIGELOW AEROSPACE

Supostamente com um ORB e algo mais na imagem

(publicado no seu Twitter)

 

(8) Sentado na velha poltrona colocada estrategicamente na açoteia lá de casa (com os figos a secar) de modo a pensar (refletir, incorporando) e a usufruir deste céu límpido, noturno e estrelado do sul de Portugal

 

− Um Céu cheio de Estrelas, certamente cheio de Vida

 

Não podendo deixar de contrapor (como numa Balança à procura de Equilíbrio, não só próprio e por calibragem, ou seja artificial, mas num cenário de enquadramento ambiental, sem “borbotos”, natural) o que aqui se tem passado e se passa (na Terra), face ao que ali se passará (se passou, se passa e se passará, de modo concorrencial ou em paralelo) certamente (no Espaço Exterior) no nosso Futuro (encerrado o Ciclo terrestre e estando pronto para um novo Salto):

 

Em princípio, decorrendo tudo normalmente e tal como hoje já há muito acontece (pelos vistos tendo-se tornado um hábito, desígnio e razão de sobrevivência),

 

Com os CALCINADOS ditos descarbonizados dirigindo-se para Marte (a Elite detentora do dinheiro),

 

Com os DESCARBONIZADOS (por falta de um elemento químico fundamental da tabela periódica) nunca tendo existido já mortos e extintos (da cura errada para a doença)

 

E com os CARBONIZADOS no espaço e no tempo invariavelmente existentes (dos cerca de 7,5 biliões, os excedentes, todos nós) como sempre e por destino (“Fado, Futebol & Fátima”) a ficarem (para trás).

 

(imagens: Mystery News/youtube.com − mixmag.net – Bigelow Aerospace/twitter.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:21

21
Ago 19

“Apesar dos avisos da Força Aérea dos EUA,

Com uma multidão de fanáticos

− Dos OVNI’S e dos ALIENS

Estimada em mais de 1 milhão de pessoas.

(no mínimo)

A caminho da ÁREA 51.”

 

5d31cc90dda4c854588b456e.jpg

 

Cada vez mais próximos do Evento Norte-Americano de encerramento do Verão (deste ano de 2019), a realizar-se a 20 de Setembro (faltam 30 dias) – “STORM AREA 51, THEY CAN’T STOP ALL OF US” – e esperando-se a presença de uma multidão estimada entre 1 e 2 milhões de pessoas (nesta zona rural do estado do Nevada), aumenta cada vez mais a preocupação das autoridades locais não com a improvável comparência dos ALIENÍGENAS DO ESPAÇO (nem com a possível chegada de outro tipo de Alienígenas, os Mexicanos oriundos do sul), mas com a chegada maciça de um enorme contingente de loucos e de fanáticos (acompanhados por todos os seus fetiches e barraquinhas) não Extraterrestres, mas Terrestres.

 

5d5c47dbfc7e93f7068b45a4.jpg

 

Sendo desde já noticiado − e preparando-se para o pior (“mais vale prevenir do que remediar”) − a pré-assinatura para o caso de ser necessário de uma declaração do estado de emergência no Condado de County (um dos 16 do estado do Nevada), justificando-se os responsáveis (oficiais) por tal medida tomada não saberem na realidade o que dali esperar. Afirmando:

 

“We have no pickin' idea what we're going to face – if anything.”

 

maxresdefault.jpg

 

E confirmando-se a comparência − prevista e desejada pelos organizadores do Evento – de nada mais nada menos que 2 milhões de pessoas (4X mais o estimado – aproximadamente 500.000 − para os 4 dias do Festival de Woodstock), acrescida ainda da ameaça nada velada (aliás bem difundida) assumida pelos militares (na defesa dessa instalação da Força Aérea dos EUA, mais conhecida como ÁREA 51) – relembrando a Proibição de entrada na base e fazendo-o, arriscando-se a ser preso, ferido e até morto – podendo vir a ser preocupante (para os residentes e os de passagem) o cenário em construção. Como se constata pelos militares:

 

“The US Air Force always stands ready to protect America and its assets.”

(Laura McAndrews/US Air Force/10.07.2019/The Washington Post)

 

(imagens: RJA1988/Pixabay, Global Look Press/Dawn Fletcher-Park e RT America/youtube.com em rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:06

15
Ago 19

A meio do Verão com as máximas a 35 (°C) e sob Índice Ultravioleta UV9 (numa escala de UV1/UV11), no fundo para se estar protegido só ficando mesmo à sombra e de preferência (pela água) em casa.]

 

“Nos EUA e no mês de Setembro, provavelmente com a lotação já esgotada

− Ou então e desde logo, não passando de mais um Flop.

Que se saiba ainda sem a presença dos asteroides Trump e Hillary.”

(para já um Evento com propaganda, publicidade, luzinhas

e como não poderia deixar de ser, russos)

 

2c6238b0-baf1-11e9-bdb6-3217c164d4d6.png

 

Aproximando-se rapidamente a data da invasão da ÁREA 51 no estado do NEVADA (20 de Setembro) por uma multidão de indivíduos decididos a LIBERTAR definitivamente pretensos ALIENÍGENAS (que não Mexicanos ou afins) retidos numa base militar norte-americana (das mais secretas nas suas competências)

 

– Numa campanha propagando-se rapidamente (e de uma forma viral) na Web e incitando à adesão maciça à iniciativa

 

“STORM AREA 51, THEY CAN’T STOP ALL OF US”

 

Duas notícias sugestivas para quem neste triste e quadrado período da Silly Season (que inevitavelmente muitos de nós têm que obrigatória e anualmente percorrer, querendo ser de novo reconhecido − por exemplo através da apresentação do chamado “bronze” − e a partir daí certificado)

 

65627098_658057611273743_2898309468246769664_n.jpg

 

− Em que se tendo o sangue-a-ferver tudo se pensa poder fazer

sem que nada ou ninguém fique no nosso arquivo de memória

(nunca comprovando o nosso usufruto e a nossa existência)

 

Ainda se pretende dedicar a um tema alternativo e situado um pouco mais Além, juntando (de uma forma divertida) o Imaginário ao Real e criando como réplica uma nova Projeção, apresentando-se sob a forma de um holograma “perfeito” não só por estar de acordo com muitos dos trâmites legais (adotados pela Sociedade, como o da Defesa das Minorias) como de se complementar sem se anular com o seu oposto:

 

Tentando revolucionar os campos de experimentação (e comportamento) como por exemplo ultrapassando muros/fronteiras/limites

 

https _s3-us-west-2.amazonaws.com_the-drive-cms-co

 

− Invadindo o Território “Ocupado”

(só depois dos físicos sentindo a pele dor/prazer, os mentais)

 

De modo a revelar detalhes que de uma forma mais passiva nunca alcançaríamos, nunca compreenderíamos e integraríamos (como conhecimento).

 

Como o da existência de OVNI’S e de EXTRATERRESTRES − seja de origem externa (origem fora da Terra), se não mesmo interna (ainda subterrânea/secreta/desconhecida) – e do interesse de muitos sobre tais temas (marginais) aqui expostos em dois acontecimentos (uns os locais/norte-americanos outro os mirones/russos) bons para a promoção e engrandecimento do EVENTO:

 

Sem título.png

 

Um deles e prévio a estes últimos acontecimentos (levando à decisão da organização do Evento de “Libertação Alienígena” − não numa iniciativa anti russa, mas anti-norte-americana), o envolvimento dos Russos e da sua Força Aérea em missões de espionagem sobre esta região do Nevada onde se localiza a base militar norte-americana denominada como ÁREA 51 (com voos autorizados de observação, a passarem pelo seu espaço aéreo)

 

− Demonstrando bem o interesse (curioso e particular) despertado tanto entre nacionais como entre estrangeiros por um tema em princípio tão vago e tão pouco profundo (mais de jovens aventureiros acreditando ainda na sua Imaginação, do que na Realidade que mais tarde e forçosamente lhe será proposta) como o será a dupla UFO/ALIENS

 

O outro o aparecimento talvez como pré-aviso (aperitivo ou entrada) do que aí virá (na Invasão de Setembro) de luzinhas movimentando-se e iluminando o céu noturno e cada vez mais misterioso rodeando a mítica ÁREA 51:

 

Para muitos (os Desesperados) um prenúncio de que o Evento (certamente mais pessoal) possa mesmo ser real.

 

(imagens: stormarea51.us − Alien Stock − thedrive.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:44

30
Jul 19

Com o nosso Universo fazendo parte de um conjunto mais vasto o Multiverso

(de Universos relacionados, podem ser entre outros, os Mundos Paralelos)

 

Integrando Tempo, Espaço, Matéria, Energia, Magnetismo e Movimento

(como se o nosso Universo fosse apenas uma pequena parte, de algo muito maior)

 

hq720.jpg

 

[Num Universo comportando cerca de 10 biliões de triliões de planetas sendo naturalmente difícil de aceitar a não existência de Vida para além da existente na Terra, mantendo-se no entanto a conclusão quando num espaço próximo e limitado como o nosso (o Ecossistema Terrestre) somos postos perante múltiplos e diversificados vestígios (alegadamente paranormais e/ou alienígenas) sugerindo o contrário: com os diferentes objetos voadores não identificados sobrevoando a nossa atmosfera a serem convictamente “99% a 101%” de origem terrestre, não detido por qualquer nação mas por um poder marcante o enigmático mas sempre presente o “Estado Profundo” – conforme definição de “Deep State” do Collins English Dictionary (collinsdictionary.com) “a group of senior civil servants and military officials believed by some to exert secret control over its country's government”.]

 

No passado dia 22 e convidando (como se fosse uma manobra publicitária) à participação no Evento do dia 20 (daqui a quase 2 meses), com um novo UFO a manifestar-se (registado infelizmente e mais uma vez com fraca definição) nas proximidades da Área 51.

 

snapshot d.jpg

UFO nas proximidades da Área 51

(alongado/sem cauda/sem asas)

 

Com a estupidez humana atingindo um dos seus picos máximos aquando da passagem da “SILLY SEASON” – ou seja e segundo a Infopédia (infopedia.pt)

 

Expressão inglesa que designa o período do ano de menor intensidade informativa nos media, geralmente o período de verão. Pode ser traduzida por "estação ridícula". Nesta altura, os critérios de seleção jornalísticos tornam-se mais flexíveis, passando a considerar como relevantes assuntos que, geralmente, não constituiriam objeto de notícia.

 

giphy 2.gif

A 20 de Setembro salvando os alienígenas da Área 51

(giphy.com)

 

Talvez sendo uma opção para nos livrarmos desta asfixia intoxicante e meio imbecil de Verão (oficialmente devido às altas temperaturas, pondo-nos “o sangue a ferver”), em vez de olharmos para a superfície (ou seja para os problemas terrenos) olharmos para o que se encontra para além dele ou seja o CÉU.

 

E assim livrando-nos dos momentos repetitivos, monótonos e de miséria a nós proporcionados (não como um trabalho, mas como um emprego) durante quase um ano − dando sempre prioridade aos Objetos (constantemente renovados e produtores de mais-valia) sobre os Sujeitos (considerados de desgaste rápido e com custos de manutenção elevados) – nos poucos dias que nos restam porque não optar pela diferença (mesmo que não muito considerada, marginal, minoritária e até especulativa ou adepta da Conspiração): por exemplo pelos UFO’S.

 

snapshot a.jpg

[UFO deslocando-se da direita]

 

Ainda-por-cima numa altura em que se aproxima um Evento de Massas (nos EUA) com um grupo de terrestres a proporem a invasão da ÁREA 51 (em princípio onde se localizarão instalações secretas de organizações Governamentais norte-americanas, envolvendo UFO’S e EXTRATERRESTRES), eventualmente em mais um movimento (entre muitos outros aparentemente em curso nos EUA) de apoio às minorias, neste caso pretensa e ilegalmente aí presas, os “ALIENS (não do México mas) do ESPAÇO”.

 

Com o objetivo da prevista invasão da ÁREA 51 a ser pois a da libertação dos ALIENÍGENAS (do Espaço), aprisionados e talvez torturados (os primeiros talvez desde ROSWELL, em Julho de 1947) numas instalações secretas subterrâneas (vigiadas 24h/dia), situadas no estado do Nevada a pouco mais de uma centena de quilómetros de Las Vegas: num jogo não de CASINOS mas de busca de ALIENS (ambos envolvendo muito dinheiro – biliões/triliões de dólares − um no campo do Espetáculo outro no campo Militar).

 

snapshot b.jpg

[Passando pelo centro]

 

No próximo dia 20 de Setembro de 2019 (uma sexta-feira e último dia de Verão) e confirmando-se as previsões, com quase de 1  a 2 milhões de “Caçadores de Alienígenas” a tentarem invadir esta base militar e secreta (não se sabendo o que lá se passa) dos EUA, concentrando-se no Vale de Amargosa (Nevada) e ao mesmo tempo divertindo-se e correndo (em direção à base) ao estilo-Naruto (um sprint em princípio mais veloz, fazendo-se com o torso inclinado para a frente e os braços atirados para trás). Com os organizadores achando-se capazes e seguros (na sua ação/invasão), sem medo (das retaliações) dos militares:

 

giphy.gif

Procurando Alienígenas a 20.09 ao estilo Naruto-run

(giphy.com)

 

“We will all meet up at the Area 51 Alien Center tourist attraction and coordinate our entry. If we Naruto-run, we can move faster than their bullets. Let’s see them aliens.” (cosmopolitan.com/facebook.com/Storm Area 51, They Can't Stop All of Us)

 

Num Evento que a confirmar-se poderá ter consequências nada divertidas mas desastrosas, não para os pretensos EXTRATERRESTRES (aí aprisionados) mas para os INVASORES TERRESTRES, com os militares norte-americanos tentando defender a sua base (integrando a sua Força Aérea) a usarem todos os meios necessários e disponíveis para deter este ataque certamente Ilegal e Criminoso: podendo mesmo provocar feridos e mortos (daí os rumores de cancelamento) num cenário para já apresentado como um mero “Espetáculo & Divertimento”, próprio de um fim-da-Estação (de VERÃO) e não de um hipotético (mas real dado estarmos na América) Cenário-de-Guerra.

 

snapshot c.jpg

[Até à esquerda]

 

Mas mesmo com este risco (de Morte) mantendo-se (para já) o divertimento (pelo menos nas redes sociais como o é o Facebook):

 

“The aliens when they realize being freed from area 51 means they have to get a job.”

(Mira Gonzalez/@miragonz)

 

“My alien that I snuck out of area 51 asking for the WiFi password.”

(Whos Chaos/@WhosChaos)

 

Coincidência ou não no dia 22 de Julho de 2019 (segunda-feira anterior) com uma câmara de vídeo a registar a passagem de um objeto voador (alongado e sem cuda nem asas e em princípio não sendo um avião) não identificado (OVNI ou UFO) nas proximidades da região onde se encontra localizada a ÁREA 51, deslocando-se a grande velocidade e erguendo ainda mais alto as suspeitas do que por essas bandas se passará: podendo ser evidentemente uma manifestação Extraterrestre, como até uma cena Terrestre e como até não passando (e apenas) de mais uma ilusão (neste caso ótica podendo ser mental). Ou até existindo (podendo ser) o seu contrário.

 

(imagens: Adalberto Yero/youtube.com − FilmGuy/23.07.2019/youtube.com − giphy.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:47

01
Nov 12

Albufeira – Ficheiros Secretos

 

1.ª Situação (io78)

O CIO – Centro de Idosos Alienígenas

 

A reunião decorreu num ambiente geral de compreensão e diálogo

                              

Reuniu-se no último dia do mês de Setembro de 2012 numa escola do concelho de Albufeira, um grupo representativo do Conselho de Idosos Alienígenas – CIO – sob a presidência do futuro candidato ao pelouro dos idosos da Câmara Municipal da cidade e com um único tema agendado para debate: “A menopausa nos alienígenas”. Em certos momentos o debate esteve muito acalorado, tendo os participantes – nos intervalos programados de relaxamento – colaborado na elaboração de orgias técnicas, aplicando artes de penetração sobre mesas e cadeiras conjugando expressões corporais e eróticas, de modo a comprovar a improbabilidade sintomática da perceção de caraterísticas comportamentais humanas, em comunidades alienígenas misturadas, logo tornadas suscetíveis por contágio.

 

A reunião decorreu sob a proteção da cadela híbrida e fiel Guardiã NEILA I

 

A solução adotada pelos alienígenas para o problema da menopausa e de outros possíveis contágios de origem humana, não foi entretanto divulgada. Soube-se no final da reunião e oriundo de um participante ativo na mesma – mas que desejou manter o seu anonimato – que um dos conselheiros presentes teria proposto por solidariedade e amizade, a esterilização completa de todos os seres humanos, libertando-os de todo o processo da violência sexual física na adolescência e de traumas psíquico-sexuais degenerativos durante toda a velhice. Os restantes alienígenas presentes fartaram-se de rir com a proposta apresentada pelo seu ilustre colega, terminando o seu encontro com um pequeno beberete e com a distribuição de pequenas lembranças representativas do nosso país, tais como um boneco das caldas e um vibrador comprado na feira da ladra.

 

2.ª Situação (xp33)

Os AA – Alienígenas Anónimos

 

1. O Complexo

 

Cidade Subterrânea de Denrinkuy (Turquia) descoberta em 2007 e com origem por volta de 2000 A.C. (ou anterior). Repare-se nos diferentes níveis desta construção espantosa

                                       

Como é costume desloquei-me ao complexo situado a poucos quilómetros de Albufeira e de acordo com as funções que me foram previamente atribuídas pelos meus superiores hierárquicos, verifiquei se todas as condições exteriores de segurança estavam dentro dos parâmetros previstos. Tudo parecia estar de acordo com a estratégia delineada para a manutenção da invulnerabilidade desta área reservada e nada fazia prever que alguma falha de segurança viesse a prejudicar o objetivo da sua existência e do seu papel na intervenção importantíssima dos alienígenas nesta zona do planeta.

 

A casa situava-se num terreno com uma área de pouco mais do que um hectare, rodeado de vegetação e de algumas árvores típicas da zona como amendoeiras, figueiras e alfarrobeiras. Por vezes lá se via uma lebre a passar a correr diante de nós e lá iam o Noddy e a Tita – dois cães biónicos – numa corrida desenfreada mas responsável, perseguindo o descarado e suicida invasor. E nada fazia supor que por ali existisse algo mais, do que uma casa e alguns animais.

 

Abri a porta e entrei na habitação sempre extremamente limpa e arrumada. Introduzindo o código secreto de acesso, posicionei-me de imediato num cubículo não percetível da casa, fechado e completamente vazio – que me daria entrada à sala de comunicações – socorrendo-me então de um Transportador para chegar “ao outro lado”, artefacto capaz de deslocar objetos sólidos e de assim me colocar “do outro lado da parede”.

 

2. A Contestação

 

Cansados de toda a sucata que os terrestres lhes têm colocado à superfície do seu planeta, os Marcianos tiveram que exprimir a sua indignação e o seu ódio pelos terrestres – “Marte não será mais, uma lixeira a céu aberto” gritaram eles! Muitos dos participantes exigiram a imediata invasão e ocupação da Terra, como medida preventiva

 

Quando me sentei diante da consola que integrava os instrumentos e os respetivos terminais digitais de comunicações, reparei logo na mensagem colocada sobre a plataforma de tradução do sistema de impressão, associado a este Portal espácio-temporal e a um mini Transportador de tecnologia extraterrestre. Tratava-se de um panfleto provocatório e incendiário destinado aos terrestres como eu, no qual cidadãos independentes de todo o tipo de hierarquias constrangedoras e obsoletas existentes na galáxia – e que aí tinham decidido viver uma nova etapa da sua vida no cosmos – se insurgiam contra as investidas pseudocientíficas de invasores vindos do exterior selvagem e utilizando tecnologia retrograda e poluente, sem se importarem minimamente com os incómodos provocados sobre a população indígena e sobre a superfície já tão castigada deste nobre e antigo corpo celeste, merecedor do respeito e de admiração.

                                                                                                                                           

Era evidente que esta situação podia descambar num processo irresponsável, perigoso e sem retorno e a minha atitude foi o de comunicar de imediato as minhas preocupações face ao que se passava e de pedir instruções sobre medidas a tomar para controlar em segurança todos os possíveis cenários com que me pudesse deparar futuramente. A hostilidade dos marcianos era evidente e compreensível neste caso, mas os seus slogans tornavam-se cada vez mais duros, intrusivos e racistas: propunham a invasão e ocupação do planeta Terra e a utilização de todos os seus recursos até à sua completa exaustão, o rapto das suas populações como um direito superiormente adquirido devido ao seu elevado nível tecnológico e até a libertação dos seus presos da Antiga Guantánamo Alienígena, localizada na conhecida Área 51.

 

Numa mensagem recebida pouco tempo depois, as instruções enviadas pelos canais secretos de comunicação eram bem claras quanto à necessidade de provisoriamente se ignorar a origem desta ameaça e de nos concentrarmos na resolução doutros problemas muito mais urgentes e obrigatoriamente prioritários, como o da manutenção das tréguas ideológicas entre as diferentes raças, coexistindo neste Universo. Suspendeu-se assim e pelo menos momentaneamente, a troca unidirecional de acusações.

 

3. As Consequências

 

As últimas reuniões abertas aos AA – contando com a participação de diversos seres e raças habitando galáxias adjacentes – foram muito concorridas, atingindo por vezes momentos de grande excitação e incoerência, que poderiam ter levado a consequências perigosas para a segurança global. Ora tal não pode suceder!

 

Na cidade de Albufeira e decorrendo da implantação no terreno do inovador e revolucionário Projeto EMA, realizou-se numa destas madrugadas no subsolo do Espaço Multiusos de Albufeira, uma grande reunião de senadores e conselheiros dos Alienígenas Exteriores – associados ao grupo elitista dos Alienígenas Anónimos, os AA – que contou também com a participação de uma grande delegação de terrestres e híbridos associados. Esta reunião contou com a presença de duzentos delegados, sendo metade deles constituído por extraterrestres provenientes da Nuvem de Oort. O espaço esteve sempre bem preenchido – não só com a presença dos convidados-participantes e dos seus fiéis colaboradores, mas também com a presença de toda a segurança que a realização destes eventos requer – tendo-se por vezes atingido entre os presentes um clima de algum confronto e efervescência, mas que terminou sempre com o apaziguamento dos responsáveis pela mesa.

 

No final a mesa chegou a um compromisso entre as partes em conflito, ficando aí estabelecido que se iriam iniciar negociações secretas entre a NASA e os representantes alienígenas – com a presença dos híbridos como elementos de ligação – de modo a que as grandes potências económicas da Terra como os EUA se abstivessem durante os próximos anos de enviar mais monstruosos contentores de lixo com destino ao Planeta Vermelho.

 

             

Forças de segurança alienígena – com a colaboração de viaturas cedidas em segredo pelas forças de segurança terrestre aderentes ao movimento – tomaram em suas mãos a segurança do evento organizado por responsáveis ligados ao Projeto EMA

                                                 

A única agitação mais virulenta que atravessou todo o espaço de implantação do Projeto EMA de Albufeira e ocorrido no decurso do cumprimento da ordem de trabalhos desta reunião, registou-se quando se levantou o rumor da presença próxima de Dióspiro Silva e de Animal Cavalo no local, dois elementos preponderantes na comunidade regional e nacional na pratica de atos irresponsáveis e de legalidade duvidosa e que pretenderiam com a sua presença garantir apenas mais um contributo precioso para alcançar, um a presidência da RTA e o outro a continuidade tranquila do seu caminho como PR. ZÉZÉ Camarinha um conhecido patriota do sexo e regionalista convicto impediu com toda a força da sua ferramenta, a entrada destas duas personagens sinistras em cena e na companhia de algumas amazonas residentes em Portimão, convidou-os pedagogicamente a saírem em silêncio, o que obedientemente cumpriram firmes, hirtos e com um sorriso amarelo.

 

(imagens – Google)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:07

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO