Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

17
Mai 11

“A Nova Elite portuguesa hesita entre oferecer a vagina da sua filha-fêmea ou o ânus do seu filho-pródigo”

 

I. Eu, Strauss-Kahn

 

FMI assegura "funcionamento em pleno" apesar da detenção do director-geral

 

Através da imagem se compreende que a culpa é do FMI, nunca do seu Director

 

O Fundo Monetário Internacional (FMI) mantém o seu "pleno funcionamento", assegurou hoje uma responsável da instituição, depois de o seu director-geral ter sido detido e formalmente acusado de agressão sexual e tentativa de violação.

 

Através da imagem se compreende que a culpa é dos outros, nunca do Chefe

 

Strauss-Kahn é o líder do Partido Socialista francês, e deveria competir contra Sarkozy nas eleições presidenciais de 2012. Há três anos, Straus-Khan esteve envolvido num outro escândalo sexual, suspeito de manter um relacionamento extra-conjugal com uma das suas subordinadas que acabou por sair do FMI.

 

LUSA      LUSA

 

II. Eu, português

 

E se fosse eu?

 

Com ou sem Teleponto

 

Basta ser um grande orador barulhento e obsessivo e ter muita gente a trabalhar para nós – de preferência com pagamentos à cabeça, directos ou indirectos – para deste modo banalizarmos as imbecilidades, tornando-as normais e vulgares por repetição, constantes necessárias e fundamentais do nosso quotidiano normalizado, sem órgãos dos sentidos, mas responsáveis e zeladores das novas gerações, pré-fabricadas, ou seja, condenadas ao “sussexo”.

 

“Sussexo” – aquilo de quem ninguém fala, de que ninguém conhece o seu significado, mas que todos durante toda a sua vida, desejam praticar e afirmam perceber!

 

Se eu fosse hoje como eles queriam que eu fosse ontem, agora estaria ainda mais fodido do que já estou e nenhum dos meus detractores e amigos, levantaria uma mão para me ajudar, nem que fosse o único amigo, nem que fosse de apenas um deles!

 

É que nenhum animal assume a sua morte como uma fatalidade – senão nenhum lutaria pela sua sobrevivência e provavelmente já estaríamos extintos. Todos nós!

 

LUSA e EU      LUSA e EU

 

PS - Sabe-se agora que o receio quanto à aprovação do empréstimo do FMI a Portugal, era fundamentado - tal como sempre afirmou o primeiro ministro português, quando nos protegia dos seus detractores - já que o director do hotel que falou em favor da empregada, logo contra o chefe do FMI, era português. 

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:25
tags: , , ,

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO