Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Jun 13

O Universo é sempre espectacular:

“Até os calhaus – meros objectos sem objectivos – gostam de estar acompanhados”

Inacreditável!


Asteróide 1998 QE2

 

Mais ou menos afastados do nosso planeta, milhares e milhares de corpos celestes deslocando-se na nossa galáxia – como os asteróides, os cometas e os meteoritos – atravessam todos os anos o nosso Sistema Solar, muitos deles originados na nuvem de Oort e deslocando-se numa órbita bem definida, tendo como um dos focos principais da sua órbita a nossa estrela o Sol.

 

Recentemente foi assinalada a passagem do asteróide 1998 QE2, um corpo celeste com uma dimensão já muito apreciável e próxima dos 3Km de diâmetro (um grande asteróide). Apesar de passar a uma grande distância da Terra – a sua maior aproximação situou-se nos 5.800.000 km – um aspecto suscitou desde logo a atenção e curiosidade dos astrónomos e demais cientistas que o observaram: possuí-a uma lua que completava a sua órbita em torno do asteróide em cerca de 32 horas, sempre com a mesma face voltada para o asteróide (como o caso da Lua com a Terra) e a uma distância nunca superior a pouco mais de 6 km.

 

Este enorme asteróide e sua lua – com movimento de rotação em volta do seu eixo de cerca de 5 horas – são considerados dos maiores e mais lentos conjuntos de corpos celestes até agora observados (sistema binário).

 

(informações e imagem – space.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:07

Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO