Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os EUA e o Próximo Chefe da Polícia Mundial

Sábado, 16.01.16

Eles todos (e mais alguns) querem ser
Presidente dos EUA

 

HRC_in_Iowa_APR_2015.jpgBernie_Sanders_September_2015_cropped.jpgGovernor_O'Malley_Portrait_(cropped).jpg

Donald_August_19_(cropped)b.jpgTed_Cruz,_official_portrait,_113th_Congress_(cropp800px-Marco_Rubio,_Official_Portrait,_112th_Congre

Democratas (HC, BS, O’M) e Republicanos (DT, TC, MR)

 

Com as eleições presidenciais nos EUA a pouco menos de dez meses de distância, mantem-se bastante acesa a luta tanto no Partido Democrata como no Partido Republicano, para a nomeação do seu candidato a Presidente na convenção do seu respetivo partido. Como se pode constatar pelas últimas sondagens RCP, em que tanto Hillary Clinton não se consegue livrar do seu único e verdadeiro adversário Bernie Sanders (entre todos os candidatos DEM e REP talvez o melhor), como Donald Trump e numa perspetiva diferente por original continua a esmagar toda a restante concorrência contra o desejo generalizado destes (e do partido).

 

Partido Democrático
Candidato à nomeação para Presidente EUA nas eleições de 8 de Novembro de 2016
(sondagem RCP de 14 de Janeiro – média de sondagens)

 

Candidato %
Hillary Clinton 46.8
Bernie Sanders 42.8
Martin O’Malley 5.2

 (três principais candidatos)

 

Partido Republicano
Candidato à nomeação para Presidente EUA nas eleições de 8 de Novembro de 2016
(sondagem RCP de 14 de Janeiro – média de sondagens)

 

Candidato %
Donald Trump 34.5
Ted Cruz 19.3
Marco Rubio 11.8
Ben Carson 9.0
Jeb Bush 4.8
Chris Christie 3.5

 (seis principais candidatos)

 

Numa primeira e rápida análise facilmente se constata que os dois mais fortes candidatos para a maioria dos eleitores norte-americanos (pelo menos nesta altura) são sem dúvida Hillary Clinton (com 47%) pelos DEM e Donald Trump (35%) pelos REP. Só que muitas vezes as coisas não são bem aquilo que parecem (como no futebol e na política o que é hoje verdade amanhã poderá ser mentira) e outros poderes ocultos acabam invariavelmente e sem sabermos bem como por se impor (pelo menos para a generalidade dos eleitores). E se por um lado a vitória na convenção Democrática da conservadora HC sobre o progressista BS é a hipótese mais que provável (mas com BS a não largar as pernas de HC – e até à convenção muita água ainda pode correr), já no campo Republicano o cenário aponta cada vez mais para uma vitória de DT no número de delegados eleitos para a sua convenção, mas com uma imagem a fortalecer-se cada vez mais sobre o próximo Caucus Republicano, com todos os outros delegados a unirem-se e a substituírem DT. O que poderá lançar Donald Trump como independente na corrida eleitoral (e atirar definitivamente os Republicanos para o abismo) e Hillary Clinton para próximo Presidente dos EUA. Isto se DT nada fizer e BS estiver quietinho. No fundo tudo ainda em aberto.

 

(dados de sondagens: RCP/realclearpolitics.com – imagens: wikipedia.org)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:02

O Senhor Presidente

Sábado, 16.01.16

Com a esquerda a obter nas recentes eleições parlamentares de 2015 quase 51% dos votos (PS/BE/CDU) contra apenas 39% da direita (PSD/CDS), só mesmo um erro político (e sobretudo estratégico – mais um!) poderia pôr em causa a vitória da esquerda (nas presidenciais de 2016).

 

presidenciais2016-cor-web_jpg_pequeno.jpg

 

E o PS soube fazê-lo ao não apresentar candidato, deixando os seus à pancada (SN e MB) e escancarando a porta a outro (MRS).

 

Claro que este logo agradeceu (MRS) e disso alguém se aproveitou (PSD/CDS).

 

Candidato
PR
Eurosondagem
(13–18 Nov)
Eurosondagem
(16–21 Dez)
Aximage
(28 Nov-2 Dez)
Aximage
(2-5 Jan)
MRS 48.0 52.5 4.5 54.6 52.9 1.7
SN 18.9 18.1 0.8 13.4 16.9 3.5
MB 16.7 16.9 0.2 13.2 11.8 1.4
HN 2.2 1.3 0.9 0.4 1.0 0.6
ES 5.2 4.7 0.5 1.9 2.9 1.0
MM 6.9 4.8 2.1 2.4 2.8 0.4
PM 1.1 1.7 0.6 1.1 2.9 1.8
(Amostra) (1510) (1515) (+5) (605) (602) (-2)

 (os outros três candidatos são CF, JS e VS)

 

Como se pode constatar mais uma vez Marcelo Rebelo de Sousa concorrendo pela coligação PSD/CDS continua bem à frente de todos os outros candidatos (com quase 53%) – como é o caso dos dois candidatos da área do PS Sampaio da Nóvoa e Maria de Belém.

 

O que nos leva a concluir (outra vez?) que Marcelo Rebelo de Sousa ganhará provavelmente as eleições logo à primeira volta, se entretanto os outros candidatos não se fizerem à estrada e todos em conjunto atrapalharem o predestinado.

 

Isto se quiserem ganhar à segunda (volta) prevista para um outro domingo (com Sampaio da Nóvoa ou Maria Belém).

 

Ficamos a aguardar novidades e do dia 24.

 

(convém no entanto realçar que a última sondagem neste caso realizada pela Aximage se refere a um período que vai de 2 a 5 de Janeiro/que a campanha oficial só começou uns dias depois/e que nem sequer a meio da campanha vamos)

 

MRS: Marcelo Rebelo Sousa SN: Sampaio da Nóvoa MB: Maria de Belém HN: Henrique Neto ES: Edgar Silva MM: Marisa Matias PM: Paulo Morais CF: Cândido Ferreira JS: Jorge Sequeira VS: Vitorino Silva

 

(dados das sondagens: wikipedia.org – imagem: portaldoeleitor.pt)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:52