Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

25
Abr 15

“40 Anos de Eleições Livres”
(Visão)

 

E seria esta a compensação pela qual ansiávamos após 50 anos de fascismo?

 

Sheep-On-Voting-For-a-Lion-Or-a-Wolf-On-Election-D

Nem com o Espírito Santo sentado na cadeira se deixa de ver os (outros) Predadores

 

Quando vemos (diante de nós) a classe não declarada mas verdadeiramente vencedora de Abril (uma espécie de Cocktail 24/25 MIX) a levar ao cimo do seu Altar a sagrada Urna de Voto, olhamos para nós no nosso velho espelho e rapidamente constatamos que a tal urna (a nós destinada), não passa de mais uma de muitas mas do tipo funerária. Aqui sendo colectiva.

 

O 25 de Abril foi um Golpe de Estado que tirou os patrões do poder e lá colocou em sua substituição os seus piores capatazes: enganaram o patrão a 24, enganaram o trabalhador a 25 e de seguida como auto recompensa pela sua esperteza saloia mas eficaz, dominaram progressivamente a nossa cultura e até a nossa memória. E aí ficaram até hoje.

 

Esquecendo, ignorando e manipulando: ou seja demolindo-nos por implosão. O único acréscimo deste Governo a esta tragédia foi ter morto a CONSCIÊNCIA e tê-lo feito sem um pingo de VERGONHA. Mas pelos vistos nem isso nos incomoda, estando já prontos para outra (e de rabo a abanar) pois a Esperança (não consegui identificar a pessoa) será sempre a última a morrer.

 

No dia 25 de Abril de 1974 o povo saiu à rua. Durante uma semana comemorou a liberdade (há tanto tempo perdida), culminando esse acontecimento único (astronomicamente como a extraordinária passagem de um cometa) com a grande manifestação de 1 de Maio de 1974. A 2 de Maio tudo começou a mudar.

 

A deriva revolucionária foi controlada (fenómeno típico de infantilidade ou de senilidade), os dois eixos da carruagem voltaram a aproximar-se ao centro (sinal de equilíbrio), foram-se eliminando apeadeiros (gastos desnecessários), reforçaram-se as estações liderantes (sinal de progresso) e até se chegou ao topo de gama com o Alfa Pendular.

 

Viva o 25 de Abril de 1974!

 

(imagem – sadmoment.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:35
tags: , ,

25
Abr 13

25 de Abril de 1974

 

    

 

Portugal, 25 de Abril de 2013:

O povo caiu de novo na mão dos seus algozes, mas agora com o país à beira dum abismo de morte. Mas onde está a justiça libertadora, uma das principais exigências de Abril?

 

(imagens – Centro de Documentação 25 Abril)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:43
tags: ,

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO