Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

09
Abr 14

Sobre o Secretário de Estado que utilizando a sua Garganta Funda em Off – e apoiando-se provavelmente nalgum artigo secreto estabelecido no Acordo Ortográfico – divulgou sem saber como nem porquê o plano do seu Governo em transformar a palavra temporário num sinónimo da palavra definitivo, revelando definitivamente para quem ainda tinha dúvidas temporárias, a afinidade crescente existente entre outras duas palavras como sinónimo e antónimo. Ou seja para este Governo o seu paradigma baseia-se duma forma extremamente rudimentar numa única frase: nada tem a ver com nada e tudo tem a ver com tudo – valendo tudo até aldrabar. Como já o fizera um outro membro do Governo com a palavra irrevogável e com o povo português.

 

Leite Martins

Em função da posição que ocupa actualmente no Governo as suas recentes declarações saíram-lhe inadvertidamente da boca por acção da força da gravidade (da situação)

 

"Sigo os romanos, que diziam:

Roma locuta, causa finita – Roma falou, a questão está decidida".

(Leite Martins – Secretário de Estado da Administração Pública)

 

Já agora e como curiosidade:

 

“O famoso dito atribuído a Santo Agostinho Roma locuta est, causa finita est é uma completa invenção. Ele nunca disse isso. A única parte da frase que ele disse é causa finita est (o caso está encerrado). Os apologistas romanos no entanto continuam a deturpar este eminente padre da Igreja atribuindo-lhe falsamente esta declaração”. (Web)

 

Para mim acho que Leite Martins está pronto e na posição ideal para dar início à sua Viagem ao Centro da Terra. Devia aproveitar.

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:07

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Roma Locuta, Causa Finita

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO