Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

18
Mai 15

Acima de tudo não deixem as chefias impunes: a culpa da derrota de um exército nunca estará nos soldados (obrigados a obedecer) mas nos seus respectivos comandantes (por ignorantes, incompetentes e como consequência prepotentes).

 

E Se Fosse Com A Vossa Família?

 

agressao_guimaraes_imagemCMTV11441e18_664x373.jpg

Esta é apenas uma das consequências das acções destes Desgovernos
(fortes com os fracos, fracos com os fortes)

 

Em vez de cumprir a função para a qual foi para ali destacado – proteger todos os cidadãos que como autoridade policial jurou defender – um oficial da polícia talvez já demasiado stressado pelo ambiente pesado que o rodeava (não sendo desculpa para nenhum dos seus actos praticados mas sinal evidente de pura incompetência para o cargo), resolveu virar-se contra aqueles que deveria defender agredindo-os selvaticamente (pela irracionalidade e desproporção).

 

E o contexto em que tudo se passou (felizmente registado pelas câmaras de uma estação televisiva, caso contrário nunca teria existido – muitas das vezes sendo este um dos privilégios do agressor) torna esta agressão impensada e gratuita num caso extremamente grave e indesculpável, não só por ser inadmissível e criminosa mas até pela perturbação social que este acto (miserável) provocou: em vez de se perseguir os criminosos agora persegue-se o que estiver mais à mão de semear.

 

Como é possível ficar-se indiferente a uma agressão a uma família que procurava protecção no exterior de um estádio, quando já mais tranquila dado ter conseguido sair finalmente e estar até sob protecção policial, acabou agredida por essas mesmas autoridades ainda por cima sob comando da chefia no local: o pai é agredido, o avô é agredido e enquanto isso e sem compreenderem o que se passa, os dois filhos menores assistem ao pai a ser atacado por uma figura, que sempre pensaram estar ali para defende-los e representar a lei.

 

Neste caso que toda a gente viu e que jamais alguém conseguirá esconder (por isso as autoridades responsáveis ainda não terem aberto a boca estando como sempre a ver o que dá) a punição do agente terá que ser exemplar, por mais motivos que apresente pensando apagar o que fez (insultou-o, cuspiu-lhe, rasgou-lhe o fato) e por maior que seja a protecção da corporação que o comanda. Que me desculpem mas por vezes as pessoas não têm vocação para o que fazem: apenas uma licença (certificada sabe-se lá como) mas não para a agressão.

 

No entanto estes casos nunca mais acabarão e até se poderão agravar muito mais (vasta ver o panorama geral do nosso país com constantes assaltos, agressões, assassinatos, desfalques e tudo o mais que resulta da destruição do sector da Educação), se continuarmos a ser dirigidos por contingentes de criminosos escondendo-se atrás das leis pelos mesmos elaborados, escondendo-se sob o manto protector dos partidos e engalanando-se com pretensos diplomas que não lhes dando o título de mestres lhes conferem o poder de mandar e subjugar.

 

(imagem – CMTV)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:19

25
Nov 12

“A VERGONHA é utilizada pelo nosso Presidente para CONTROLAR a maioria do povo português que não têm direito a expressar livremente a sua OPINIÃO, sendo nas suas mãos e na dos seus correligionários, um INSTRUMENTO poderoso de controlo político ou mesmo de AGRESSÃO, tanto no seio familiar, como até nos locais de trabalho”

 

 

Temos um PR que é uma VERGONHA!

 

A maneira como ele fala com os portugueses – ignorando a sua violação, degradação e esmagamento – é INSULTUOSA!

 

Ele tem que se convencer que nós não somos os PRETINHOS DA GUINÉ adotados por interesse e compaixão pela Primeira-Besta Sem Ideias por ele empossada – aqui obrada e protegida como um ser potencialmente LOBOTOMIZADO – apesar de considerada pelo próprio RÉGULO orientador, como um ser LAGOMORFO IGNORANTE, DESPREZÍVEL E ACÉFALO (mas muito útil para ser espremido); nem que permitiremos JAMAIS que ele nos goze na cara, enquanto passa férias com BANDIDOS DIPLOMADOS – defendidos pela GNR – na ALDEIA BPN!

 

 

Como Algarvio e natural de uma zona consecutivamente desprezada pelo poder – que ele agora tão bem encarna, como um verdadeiro CANIBAL-IMORAL – devia ter mais respeito pelos seus antepassados e ter NOJO do futuro que propõe a quem ingenuamente votou nele, pensando num delírio inultrapassável que aí se encontrava a garantia da felicidade dos seus filhos e a semente para a sua continuidade vivencial entre gerações, num mundo sem estereótipos e falsas verdades, mas com a certeza e a esperança de que a morte é apenas mais uma etapa limite e ordinária.

 

Um PRESIDENTE-TRAIDOR ainda se pode redimir dos seus atos execráveis e egoístas, demitindo-se do seu FALSO-CARGO exercido ou então reconhecendo naturalmente as suas ALARVIDADES INTELECTUAIS conscientemente aplicadas – baseadas em jogos de interesses e de palavras – em que o culpado seria sempre o pobre e ignorante eleitor-marginal (por hereditariedade) e a vítima o seu mestre erudito e incompreendido (por estatuto ou poder).

 

(imagens – Google.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:21

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO