Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

13
Out 19

“At New York Comic Con on Oct. 5, the show's cast and creators presented a glimpse of this broken Earth, the strange "ark" that barrels ceaselessly onward and the surviving humans who ride onboard. TNT's version of the tale unfolds seven years after the global climate catastrophe and the train's departure, when untold millions of people (not to mention all of Earth's animals and plants) were left behind to die.” (Mindy Weisberger/livescience.com)

 

Snowpiercer_poster.jpg

SNOWPIERCER

Um filme SCI-FI de 2013 dirigido pelo sul-coreano Bong Joon-ho

 

Partindo de um “Romance-Gráfico(ao contrário da banda desenhada, não periódica) francês – “LE TRANSPERCENEIGE (mais Tarde intitulada “THE ESCAPE”), uma obra de ficção-científica pós-apocalíptica − publicado em forma de livro em 1982 (por Jacques Lob e Jean-Marc Rochette) e posteriormente (31 anos mais tarde) passando pela sua recuperação (de uma forma aleatória, talvez por puro acaso) de modo a concretizar-se a sua transposição (por um realizador sul-coreano) para filme – “SNOWPIERCER(ou o “EXPRESSO DO AMANHÔ) um filme de SCI-FI tendo como realizador o sul-coreano Bong Joon-ho – eis que em 2020 (talvez pela crítica ao filme/aclamado pela mesma  e entrando no Top 10 de 2014, talvez pelo tema tratado/uma experiência de Engenharia Climática aplicada à Terra, tornando-a acidentalmente num Mundo Gelado)

 

snapshot0.jpg

 

Trailer da série SNOWPIERCER

 

snapshot10.jpg

 

E aproveitando a “Extraordinária Oportunidade” − proporcionalizada por TRUMP (e personalizada nele pelos seus adversários − não melhores do que ele, como faces da mesma moeda − tornando-o o Protagonista) voltando as costas à luta (considerada inadiável e decisiva) contra as “Alterações Climáticas – a TNT decide pegar de novo na História (em 2020 fazendo 38 anos) integrando a Terra Gelada e um grande Comboio (com os sobreviventes deste APOCALIPSE, obra do HOMEM – logo, como o poderá por ser a curto-prazo e só se tendo 12 anos, obra de TRUMP) inserido num cenário de FIM-DO-MUNDO:

 

snapshot2.jpg

Trailer da série SNOWPIERCER

(a estrear na Primavera de 2020)

 

Transformando-a numa série (de ação/aventura/ficção científica) a ser lançada no início do próximo ano.

 

E podendo com o seu lançamento no início de 2020 (falando-se da Primavera) e a poucos meses das Eleições Presidenciais Norte-Americanas − tendo possivelmente de um lado “TRUMP” e do outro o eleito do “CLÃ CLINTON” de momento BIDEN − vir a contribuir (talvez não decisivamente, mas no meio do Caos instalado, nunca se sabendo) para uma maior insistência e repercussão GLOBAL das preocupações (de mais de 7,5 biliões de almas) com o “Aquecimento Global e As Alterações Climáticas”:

 

snapshot5.jpg

 

Trailer da série SNOWPIERCER

 

snapshot4.jpg

 

Num confronto que certamente terá efeitos, não para os norte-americanos ou para o Resto do Mundo (positivos e como estes desejavam) – “já que nada se aprendeu, nem com o livro, nem com a 1ª versão em película (filme)” − mas para o futuro do CLÃ REP e do CLÃ DEM, pensando ainda eternizar-se (e ao IMPÉRIO) agarrando-se (desesperadamente) ao DÓLAR e às ARMAS.

 

“That dire scenario is especially relevant today. Unprecedented and human-driven climate change is raising sea levels; erasing glaciers and sea ice; and spawning dangerous wildfires, widespread droughts and intense heat waves. In fact, recent climate-related news fueled a sense of urgency for Graeme Manson, executive producer and showrunner of "Snowpiercer."” (Mindy Weisberger/livescience.com)

 

(imagens: wikipedia.org − Snowpiercer: Official Trailer/TNT/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:48

07
Jan 17

"Acredito que segundo a nova corrente Democrata adepta das Teorias da Conspiração (desde que perderam não o tendo entendido), faltam apenas 13 dias para a chegada do Anticristo (um Boneco ao serviço do Diabo) e 113 até à nossa completa extinção."

 

ISS_5112_01855.jpg

 

Talvez como consequência do título Inglês conquistado (no ano passado pela equipa de futebol do Leicester) seguido de imediato pelo sim Inglês a favor do abandono da UE (com a opção da maioria da sua população pelo Brexit), estudantes da Universidade da mesma cidade certamente preocupados com o seu futuro e com o possível semi-isolamento das Ilhas Britânicas (fechando-se à Europa mas por outro lado abrindo-se mais ao Resto do Mundo), tomaram em perspetival a sua atual situação (de maior abertura aos 7 biliões) e num estudo comparativo e profundo (atingindo para tal os extremos dos efeitos mais doentios) chegaram a uma conclusão (considerando o gosto dos britânicos pelos filmes de terror e no fundo proporcionando-lhes mais umas horas do mais puro prazer mental): nem sequer se restringindo à sua pequena Ilha, afirmando que se por acaso o Mundo fosse atacado por hordas de Zombies contaminados pelo seu vírus-zombie (um vírus que após a nossa morte nos transforma em mortos-vivos) em menos de 100 dias a nossa raça estaria praticamente extinta – em 7 biliões restando apenas uns míseros 273 (e sabe-se lá como).

 

Se nos lembrarmos bem e tal como o diz Stephanie Pappas a 6 de Janeiro deste ano (livescience.com) não sendo esta a primeira vez que a comunidade científica Britânica aborda este tema, não como algo de supérfluo (inútil) ou até mesmo político (associando-o ao Brexit) mas como um tema prioritário e até mesmo de saúde (ambiental):

 

“It's not the first time zombies have been used as a public health metaphor. In December 2015, for example, the British medical journal The Lancet published a tongue-in-cheek paper titled "Zombie infections: epidemiology, treatment, and prevention." And a viral blog post from the Centers for Disease Control and Prevention urged zombie-apocalypse preparations as a a metaphor for real-life disaster preparedness.”

 

zombies-598393_640.jpg

 

Um vírus de tal forma fácil de transmitir e como tal extremamente contagioso (fazendo-nos lembrar o vírus Ébola mas ainda pior), que o seu portador (podendo viver 20 dias mesmo sem o seu cérebro a funcionar) teria uma taxa de eficácia em torno de uns fantásticos 90% apenas com uma simples dentada (uns dizendo até pelo ar) deixando a sua vítima infetada. Segundo Pappas duas vezes mais contagioso e mortal se comparado com o vírus da Peste Negra que dizimou a Europa há mais de 700 asnos. Imaginando-se um Mundo pós-Apocalipse Zombie em que pouco mais de uma centena de sobreviventes teriam que lutar todos os dias do resto das suas vidas (e logo no início deste episódio final de terror) contra uns 190 milhões de zombies vagueando por aí perdidos (como as suas presas) e só pensando em comer o supremo-alimento o alimento-integral – o último de nós ainda vivo.

 

Mas sempre com a certeza de que conhecendo-se bem o Homem e a sua capacidade de resistência (e de sobrevivência) antes dos Zombies chegarem já os poderemos ter morto (sendo nós muito bons nisso matando por antecipação) – como o dizem os universitários:

 

"We have also not included the possibility for the humans to kill the zombies."

 

[Nestes tempos de Guerra e de Crise agora reforçados na composição do cenário com a chegada dos Republicanos à Presidência da Casa Branca liderados por Donald Trump (controlando também os Representantes e o Senado), não se prevendo grandes hipóteses para os Zombies com tantas armas na mão (ou não fossem os norte-americanos apologistas das armas).]

 

(dados: livescience.com – imagens: devlinblake.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:53

05
Jun 11

South Park – Imagination Land

 

É já segunda-feira – dia 6 de Junho de 2011 – que chega de novo o apocalipse a Portugal.

O líder, adorado pelo seu povo em êxtase e atirado ao ar pelos seus fanáticos aduladores, caiu desamparado e sem desculpa, esmagando-se violentamente no solo.

Os ratos fugiram para outro lado, num frenesim masturbatório e intelectual, à procura de novo dono e de nova casa – como aviso, os coelhos que se cuidem!

Os portugueses estão já em reflexão, testando uma nova e derradeira lobotomia, agora em urna e com a bênção dos fiéis empregados e empregadores do regime.

Para quando a vitória do trabalho sobre o emprego?

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:26

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO