Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

22
Mai 16

Não só para verem melhor durante o período noturno, como para detetarem com maior facilidade e precisão o movimento próximo das suas possíveis vítimas – preparando a armadilha a que nós chamamos TEIA (no caso do Homem com múltiplas interpretações e aplicações) para estes Insetos não passando de um simples Restaurante (numa área natural e fundamental à sua sobrevivência).

 

net-spiders-8.JPG

 

Vivendo num MUNDO cada vez mais controlado e dominado pelo PODER SUPREMO DO OBJETO e tendo com a sua INTELIGÊNCIA e como contraponto digerido e interiorizado essa alteração FUNDAMENTAL promovida pelo HOMEM e logicamente refletida no MEIO AMBIENTE, essa espécie (INSECTOS) que certamente perdurará mesmo após o nosso desaparecimento da TERRA e da mais que provável e definitiva extinção dessa espécie então considerada dominante (HOMEM), começou desde há tempos e como medida preventiva METAMORFOSEAR-SE de modo a adaptar-se às novas contingências que este NOVO MUNDO lhes irá criar.

 

Ao contrário do HOMEM que vê no OUTRO HOMEM um perigo à sua EXISTÊNCIA=DOMINAÇÃO propondo em diferentes níveis progressivos uma espécie de lobotomia de aplicação subliminar e exterior (como se a sua própria espécie fosse o seu principal inimigo, obrigando-o a proteger-se do seu próprio grupo, atrás do incomensurável poder do objeto), este INSECTO utilizando outra estratégia completamente oposta por dirigida, intencional e coletiva (muito simplesmente por demonstrar inteligência e organização) decidiu adaptar-se, abrir de vez os seus olhos e em conjunto com a sua espécie (em grande expansão e cada vez mais poderosa) sobrevalorizar e desenvolver os seus órgãos de perceção, melhorando notoriamente a qualidade da sua perceção e desse modo protegendo-se contra a ação de outros, especialmente da intrusão de OBJETOS imprevistos e outros potenciais inimigos.

 

net-spiders-6.JPG

 

E assim enquanto vemos constantemente à nossa volta espécies a serem extintas e outras a eclodirem (como se só existisse como única referência o tempo da nossa morte e do nosso nascimento, nada existindo para lá destas referências nem mesmo a nossa espécie incluindo ascendentes, descendentes e já agora porque não nós próprios) esquecemo-nos daquilo que aprendemos cedo na escola e que (acho eu) ainda hoje é verdade (comprovados pelos fatos reais ou projetados):

 

“Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.”

(Antoine Lavoisier)

 

Pela sua extraordinária estrutura e capacidade de resistência, talvez a única espécie com grande percentagem de sobrevivência ao próximo salto evolucional terrestre (entre todas as espécies existentes no planeta e incluindo a espécie dita dominante, o próprio Homem).

 

E se os Repteis também sobreviverem (muito plausível), provavelmente num futuro próximo um verdadeiro PARAÍSO destes – não sendo talvez por acaso que recordando Histórias/Aventuras de Infância, muitos de nós ainda crianças acreditem em sonhos, que os Repteis já vêm aí a caminho e muito perto: com os desesperados e perdidos adeptos da Conspiração (já que a realidade terrestre é monótona e doentia por estática) imaginando o Planeta X comandado por Reptilianos já dispostos e preparados para em breve nos Invadir.

 

Não para nos comer (SONHO de HOMEM) mas para se reabastecerem de comida (IPESADELO de INSECTO).

 

(imagens: livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:48

13
Dez 11

Pequenas e Inteligentes?

 

Segundo investigadores americanos, o cérebro das aranhas pequeninas é tão grande, que preenche todas as cavidades do seu corpo, espalhando-se mesmo até às suas pernas. A outra constatação a que se chegou foi que, quanto menor forem as aranhas, maior será o tamanho do seu cérebro.

 

(notícia – earthsky)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:13

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO