Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

29
Abr 19

[Não se tendo conhecimento de qualquer tipo/forma de resposta − passiva ou ativa − por parte de possíveis “rigulianos”.]

 

Hayabusa2 Fires an Anti-Tank Warhead at Asteroid Ryugu

(universetoday.com)

 

Passados 23 dias sobre o bombardeamento de um “Mundo Alienígena” orbitando tal e qual como a TERRA a mesma estrela de referência o SOL – ou seja com ambos os Corpos Celestes a integrarem o mesmo Sistema Planetário, o SISTEMA SOLAR (o nosso planeta a cerca de 150.000.000Km do Sol e o “Mundo Alienígena” variando entre 144.500.000Km/Periélio e 178.500.000Km/Afélio de distância do mesmo) − chegam-nos agora as primeiras imagens dessa primeira investida dos Terrestres num ataque pré-planeado contra “Um Outro Mundo” (que não e como é hábito entre nós a Terra).

 

Touchdown1_after.jpg

Aterragem em RIGU

(ilustração)

 

Com a “Bomba” a ser enviada pelos JAPONESES e a ser entregue pela sonda HAYABUSA 2, fazendo-a impactar contra o asteroide 162173 RIGU (um asteroide APOLLO com a sua órbita próxima da órbita da Terra) − um objeto de quase 1Km de dimensão − explodindo ao atingir o solo e aí criando uma (nova) cratera: uma carga explosiva denominada SCI (Small Carry-on Impactor) aí aplicada tendo como principal objetivo descobrir (o fim de quem Explora/Investiga e pretende alcançar “Algo”) alguns dos principais segredos deste Mundo Alienígena.

 

No passado dia 21 de Abril (e já com alguns registos fotográficos do Acontecimento) com os japoneses através da sua Agência Espacial JAXA a libertarem finalmente a primeira sequência de imagens (em registo vídeo), mostrando-nos não só a descida do “pacote explosivo” (o SCI) como a cratera como consequência (do impacto/explosão) aí criada: pondo a “NÚ” o interior do asteroide RIGU (revelando a existência interior de material/solo mais escuro) e dessa forma fornecendo aos investigadores mais pistas (e indicações) sobre o passado de mais este Objeto Solar.

 

D3YevMhUcAAkXaA.jpg

Enviando uma ogiva antitanque

(contra o asteroide RIGU)

 

Uma operação levada a cabo utilizando um explosivo disponibilizado pelos Militares (por eles usado na Terra como Arma/Munição de Guerra), aqui tendo como intenção fundamental uma análise científica e evolutiva (que não militar) de RIGU e sendo assumida com o único propósito de determinar a composição do asteroide de modo a por associação/comparação/replicação tentar descobrir o que se terá passado no início da formação do nosso SISTEMA SOLAR. Mas apenas se revelando os segredos (geológicos) escondidos logo para lá (interior) da sua superfície, nada mais havendo a assinalar nem a possível presença de Habitantes de Rigu: bombardeados não se manifestando, por medo ou simples ausência (certamente sendo o último o caso).

 

Mas não se ficando por aqui a Missão de HAYABUSA 2 no asteroide RIGU, estando desde já planeada uma descida até à superfície do referido asteroide, aí recolhendo amostras e posteriormente abandonando a superfície e dirigindo-se para a TERRA: depois das missões Apollo tendo como destino a LUA e recolhendo amostras posteriormente enviadas para a Terra, agora sucedendo o mesmo mas com um visitante periódico (visitando-nos de 474 em 474 dias) o asteroide RIGU. Tentando-se assim descobrir (em Rigu) a presença de ÁGUA e até de VIDA (material ORGÂNICO) talvez aí existente (resistente) desde há alguns biliões de anos: talvez uns 4 biliões tomando como referência o “Último Grande Bombardeamento” −” Period between about 4.0 and 3.8 billion years ago when the Moon and other objects in the Solar System were pounded most heavily by wayward asteroids.” (daviddarling.info)

 

(imagens: JAXA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:20

04
Jan 18

Porque será que tudo o que no Presente (e pelos vistos no Passado e no Futuro) nos vai sendo proposto como uma nova Descoberta (na realidade concluídas aquando da derrocada do outro lado, deixando de existir oponente como no tempo USA Vs. URSS), não passa apenas de mais uma Constatação já Experienciada e Vivida (por muitos, esmagadoramente leigos)? E no entanto sendo apenas divulgada em publicações (ditas) científicas, confirmando o que já há muito (tempo) todos nós já sentíamos (pelos tais denominados eruditos)!

 

A1.jpg

Satellite data enables scientists to map the seafloor, which is sinking under the weight of rising seas

(this map shows gravity anomalies in the western Indian Ocean)

 

“In recent decades, melting ice sheets and glaciers driven by climate change are swelling Earth's oceans. And along with all that water comes an unexpected consequence — the weight of the additional liquid is pressing down on the seafloor, causing it to sink.”

(livescience.com)

 

Com dois artigos recentemente publicados pelo site LiveScience (livescience.com) abordando dois fenómenos Naturais (mas certamente com contribuição Artificial) podendo influir (já no Presente) na Evolução do nosso Ecossistema Terrestre ‒ o Afundamento do Leito Oceânico e os Ciclones Bomba ‒ verificamos que no Meio Ambiente onde hoje vivemos (estendendo-se do infinitamente pequeno ao infinitamente grande, em réplicas sucessivas tendo como base o mesmo molde) e que nos proporciona todas as condições necessárias e suficientes para sermos resilientes e persistirmos (evitando assim a Extinção), todos os parâmetros não são demais para definirem o funcionamento de uma sua Estrutura (e de assim compreendermos todo o seu Mecanismo de Reprodução, nesta fase de Replicação): por vezes por esquecimento, incompreensão ou desprezo (uma Mega Distração) não conseguindo ver à sua frente aquilo que se ia tornando Evidente (como se usássemos uma pala indicando-nos o caminho a seguir) e no fundo apenas o fazendo (a esmagadora maioria dos 7,5 X 10↑12) por uma simples questão de ignorância e de pretensa sobrevivência (tornando-se um facto inquestionável face aos nossos Órgãos dos Sentidos, tendo o seu Processador central ativo e desde que não irremediavelmente infetado) ‒ como será o caso do crescimento dos Oceanos (obviamente com o seu nível a aumentar → devido ao degelo nos polos alimentando o seu volume) e do afundamento dos seus leitos (aumentando a pressão oceânica sendo a crosta terrestre elástica tendendo a afundar-se) e dos Ciclones Extremos e surpreendentemente Repentinos (para a grande maioria de nós, que nunca os viu ou sentiu imaginando-o apenas em filmes) capazes de reproduzir num instante e de uma forma radical (para muitos de nós apanhados desprevenidos podendo ser para Além do Limite) condições Meteorológicas originando ventos fortíssimos girando em direção ao centro de baixas pressões e entre outras consequências a descida (para nós) abrupta das temperaturas.

 

A2.jpg

Water vapor across the globe

(on Jan. 3, 2018)

 

“How does a system reach bomb-cyclone status? Its atmospheric pressure must drop so rapidly that it explodes in strength. This can happen when a cold air mass collides with a warm air mass, such as air over warm ocean waters. The formation of this rapidly strengthening weather system is a process called bombogenesis, which creates what is known as a bomb cyclone.”

(livescience.com)

 

Analisando de uma forma aberta todas as variantes (conhecidas e entendidas ou então no mínimo e por experiência previsíveis por expetáveis) envolvendo estes dois cenários (Oceanos e Atmosfera) fazendo parte de um Panorama mais geral (o Ecossistema da Terra), sendo lógicas as conclusões tiradas pelos cientistas (levando ao Afundamento e à Bomba) apenas não se compreendendo só agora sendo levadas em conta (pelos mesmos e por outros) para a reexposição do problema e para a sua solução. Desde logo aconselhando a leitura (dos dois artigos eruditos) para uma mais completa informação e um melhor entendimento (doutros eruditos e dos leigos): The Bottom of the Ocean is Sinking (Mindy Weisberger) e Bomb Cyclone Forecast to hit East Coast (Jeanna Bryner). Do lado cientifico-tecnológico e constando-se (o facto fundamental para a confirmação) cada vez mais o nosso retrocesso Civilizacional (onde está a vitória sobre o Tempo, onde está a ultrapassagem dos limites, onde estão as novas descobertas, onde estão os novos empreendimentos, onde está a conquista do Espaço, onde está o nosso desígnio, onde está a dita Utopia) ‒ bastando para tal (e apenas) olhar diretamente a Elite, perceber o seu papel na estrutura, conhecimentos, ambições e hierarquia e sentir no corpo o seu peso (sob a forma de objetos/casa, carro, frigorifico, TV, arma, etc. ou infiltrando o sujeito/de uma forma intrusiva impondo a guerra e a doença), daí nada saindo ‒ correndo-se o sério risco de um dia sermos ultrapassados pela NATUREZA envolvente (violada incessantemente e por todos em nome do lucro e do progresso, ditado por Auto Iluminados provavelmente em sobrecarga e a um passo de fundir), somente por ignorarmos que somos todos (nós) uma parte de um todo preenchido e insuflado (por Matéria e Energia) que um dia soube partir e nunca mais quis parar (o tal Movimento que caracteriza a Vida). Num Mundo que após o Colapso de um dos Grandes Blocos Políticos Globais (a URSS) perdendo o seu oponente (deixando como filho pródigo e único os USA) deixou-se então ficar ‒ doente, apodrecendo, decompondo-se e talvez abrindo caminho ao surgimento de uma Nova Espécie Dominante e Inteligente (e talvez Extraterrestre).

 

(legendas: livescience.com ‒ imagens: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:28

16
Out 17

Não seria a melhor Solução?

 

A verdadeira realidade é que no dia 8 de Novembro de 2016 o Sistema entregou a cautela premiada ao Patrão (o MILIONÁRIO), naquele momento pondo em causa a necessidade da existência do Administrador (o POLÍTICO). Pelo que pensei que ainda pudesse (o Milionário) ser assassinado (pelo Político). Já Kennedy tentou assumir o poder e foi morto pelo Complexo.

 

O Coveiro dos Democratas

 

453CB1A500000578-4970742-image-m-30_1507745872709.

Democrats Are Becoming All They Claim to Hate

The Democratic Party's strategic incoherence is a risky gamble

(Noah Rothman / Apr. 4, 2017 / commentarymagazine.com)

 

À medida que se aproximava o fim do 2º mandato do 34º Presidente dos EUA o Democrata BARACK OBAMA (em 20 de Janeiro de 2017) ‒ tendo sempre como seu Vice-Presidente ao longo desses 8 anos o seu colega de partido JOE BIDEN ‒ certamente que o eleitor norte-americano especialmente com mais afinidades aos Democratas e ainda a sectores Independentes, acreditou até ao último instante (momento em que foram oficializadas todas as candidaturas) que o seu representante às próximas eleições Presidenciais seria provavelmente alguém apontado pelo Presidente ainda ocupando a Casa Branca: através de práticas anteriores (de muitos Presidentes e de ambos os lados do espectro político sugerindo o seu Vice para seu sucessor) e até pela aparente concordância em muitos pontos de vista (o que declaradamente não aconteceu com Hillary Clinton, como Secretaria de Estado abandonando o Presidente ‒ com discordâncias ‒ ao fim do seu 1º mandato e posteriormente autoapresentando-se como a melhor candidata para suceder a Obama: e assim retirando-lhe a prorrogativa de nomear o seu sucessor) sendo verdadeiramente surpreendente (senão hipócrita por interessada) a não opção por JOE BIDEN ou por outro candidato Democrata que não a já desgastada (pelo marido/tentativa de Impeachment e por práticas próprias anteriores e negativas/como em Bengasi) HILLARY CLINTON. Demitindo-se mais uma vez das suas capacidades e responsabilidades de como ainda Presidente (consciente e pensando no Futuro do seu Povo) poder influenciar positivamente a campanha e o bom rumo da mesma ‒ e dada a sua grande popularidade traindo ainda mais as expetativas dos seus apoiantes, não podendo votar de novo nele, podendo votar em alguém da sua confiança, mas desde que indicado ‒ nunca mencionando Joe Biden (ou outro qualquer Democrata), mantendo-se em prolongando silêncio (deixando à vontade Hillary Clinton e como que ignorando Bernie Sanders) para no momento oportuno talvez proporcionando uma troca (e a pedido da senhora) apontar HILARY CLINTON como sua sucessora.

 

Obama e o seu Legado

 

trump-obama.jpg

Brick by brick, the demolition job has begun: since taking office less than a year ago, Donald Trump has launched an all-out assault on the legacy of Barack Obama.

(Channels Television / October 15, 2017 / AFP)

 

E com toda a trapalhada política envolvendo a sua inevitável Nomeação ‒ num Sistema de votação bem pior do que o aplicado pelos Republicanos, na sua essência tentando manter os do Costume evitando Intrusões (ou seja Democracia a mais abrindo a porta à expressão/votação dos Independentes) ‒ com o Partido Democrata atropelando as Primárias (pouco se falando de outros possíveis candidatos), desrespeitando os eleitores (a sua opinião expressa pelo voto face à presença conjunta dos Super Poderosos Delegados não eleitos mas escolhidos) e desprezando o outro candidato (não lhe dando a mesma cobertura mediática para não falar financeira com apoios privados de cerca de 1 bilião de dólares para o seu/do Partido candidato) para no fim de todo este enredo talvez nunca antes Imaginado (quem pensaria num duelo HILLARY/TRUMP com o milionário a ganhar) apanhar uma Estrondosa Derrota apesar da maioria de votos: no dia 8 de Novembro de 2016 (data da Eleição Presidencial) e apesar da maioria dos norte-americanos terem votado contra a política Republicana (sem alternativa aos Democratas senão opor-se às suas decisões) ‒ 48% para os Democratas e 46% para os Republicanos numa diferença de quase 3 milhões de votos ‒ ser inesperadamente derrotada no número de delegados eleitos para o Colégio Eleitoral (já o mesmo tendo sucedido em 2000 na derrota de AL GORE) elegendo 227 contra os 394 de DONALD TRUMP (a 20 de Janeiro de 2017 sendo empossado como o 35º Presidente dos EUA, já lá indo quase 9 meses e com a criança prestes a nascer ‒ e com o seu destino a poder ser a Coreia/do Norte e a futura Geração Nuclear/numa extensão Global).

 

E finalmente A Bomba como alternativa ao Tweet

 

01chappatte-master768.jpg

Trump’s Weapons of Mass Destruction

A President Trump considers the options for attacking his foes.

(Patrick Chappatte / JULY 1, 2016 / nytimes.com)

 

Neste contexto Global (incluindo toda a Terra) e tendo como referência o país que se autointitula como o Império Terrestre mais poderoso do Mundo (tanto a nível Militar, como Cientifico-Tecnológico e Económico-Financeiro) ‒ sendo esse facto bem explícito no poderio da moeda/Dólar e do sector industrial/Militar ‒ mesmo não sendo bem assim dada a omnipresença (atual e crescente) dos chineses, não se compreendendo como uma sociedade tão ativa e resiliente como a norte-americana (até pela necessidade de sobreviver à violência crescente do seu quotidiano ‒ agora dupla ‒ no passado maioritariamente externa agora igualmente interna) se deixou arrastar para o interior da luta (não sua) POLÍTICOS/MILIONÁRIOS (tendo-se Trump declarado ainda em campanha como o candidato Antissistema ‒ só se percebendo agora/para alguns o que ele queria dizer e claramente pondo em causa toda a Estrutura) ‒ “Cada um Deles querendo dispensar o Outro” ‒ assumindo para si os Derrotados e com isso abrindo a porta para estes e para a Obliterando dos Vencedores (pondo-se ao lado dos patrões/milionários ou de quem os lhes paga/políticos). Com a sociedade norte-americana a encontrar-se de momento completamente dividida (tendo de um lado os Vencedores e do outro os Derrotados), à falta de outros instrumentos (de expressão) servindo-se cada vez mais de atos de extrema violência (maioritariamente contra os vencedores e continuadamente promovidos pelos órgãos de informação aderentes) ‒ é só ver os atentados e a quem teriam sido dirigidos ‒ e com os culpados a não serem só os Republicanos (e claro o ET Donald Trump) mas sobretudo (até pelo seu dito respeito pela Paz, Diálogo e Tolerância) os DEMOCRATAS: não retirando as conclusões devidas ao Evento ocorrido há já quase 1 ano (11 meses), não refletindo o inevitável fim de linha para os até responsáveis pela estratégia Democrata (com derrotas em todas as frentes, Presidência, Senado e Câmara) e finalmente não querendo interiorizar o fim do reinado CLINTON e a necessidade de (para além de se libertar dessa Família e de alguns dos seus sinistros Padrinhos) criar um novo rumo, suportado por um novo desígnio e talvez por um novo clã. Relembrando Que A Verdade Anda Por Aí e que de momento (que se saiba) os Republicanos controlam tudo ‒ e dessa forma estando criadas todas as condições (necessárias e suficientes) para a qualquer momento e certamente antes do fim do mandato (do 1º podendo suceder-se o 2º) ‒ ainda-por-cima agora com o Presidente e os Militares estão tão próximos ‒ se iniciar uma Nova Guerra (tal como o sucedido com Presidentes anteriores dando a supremacia interna ao Poder Militar).

 

Bastando dar-lhe a pasta e entregar-lhe o botão (Nuclear) para então e finalmente se dar a Implosão (deste já tão velho hotel).

 

(imagens: dailymail.co.uk - channelstv.com - Patrick Chappatte/nytimes.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:40

15
Abr 17

Na sua contínua prospeção das verdadeiras intenções e capacidades da Confederação Russa em reagir eficazmente aos Jogos de Guerra levados a cabo pelos Norte-Americanos, os seus especialistas militares acompanhados pelos seus colegas e peritos em geoestratégia e manutenção da supremacia global, prosseguem de momento e tranquilamente e sem qualquer tipo de hesitação ou de percalço, no seu trajeto já há muito traçado e apenas durante uns anos adormecido pela opção de Barack Obama de não ter tropas no terreno: optando pelos drones, desafiando Hillary Clinton e levando-a ao abandono (no 2ºmandato de BO).

 

39B591EA00000578-0-image-a-7_1477416679588.jpg

Míssil nuclear russo Satan 2

 

No seu subconsciente com a certeza absoluta e só ao alcance de seres Excecionais de que, apesar de todo o seu arsenal bélico e poderio militar e de toda a propaganda inundando ininterruptamente o mundo ocidental (elevando-os a um nível de Excelência e a uma subserviência total dos seus discípulos e restante hierarquia inferior), a Confederação Russa mesmo com as suas armas e com a sua poderosa e equivalente capacidade de resposta (nos dois casos catastrófica e podendo ser comparada a um Evento ao nível da Extinção), jamais se atreveria a tomar a iniciativa e a escrever com a sua própria mão a data da sua morte. Mesmo com os russos a terem no seu arsenal a mais poderosa bomba não nuclear ‒ a FOAB mais poderosa que a MOAB ‒ e também de serem possuidores de uma das mais poderosas armas nucleares capaz de fazer desaparecer do mapa numa questão de segundos o Reino Unido, Portugal ou então o estado do Texas: o míssil Satan 2.

 

explosion foab 02.jpg

FOAB testado pelos russos há já quase 10 anos

 

Agora e para variar (como se estivéssemos num Casino e para não se criar habituação, selecionando clientes para não prejudicar o negócio) introduzindo Variedades e até predestinação, deixando de lado os russos (antes indiretamente atacados por Trump na Síria enquanto recebia o Presidente da China) e virando-se logo para os chineses (ameaçando poder ser a Coreia do Norte o seu próximo alvo a atacar) enquanto recebidos em Moscovo. E numa sequência de cartas como se um jogo se tratasse, indicando o alvo 1 (tendo como pretexto a base do regime sírio) como um aviso para o 2 (para todos os opositores mesmo com ligações comuns) e de seguida o alvo 2 (naturalmente por ser a peça intermédia de toda esta operação) como um aviso para o 3 (pensando bem, talvez numa estratégia de dominó) ‒ podendo-se tornar num alvo mais, a juntar à Operação Trump em curso (tendo a DPRK como alvo, Kim Jong-un como centro e a China a olhar ao lado).

 

North-Korea-appears-to-be-ignoring-warnings-from-t

O líder norte-coreana Kim Jong-un e a sua coleção de mísseis

 

No caso dos chineses e dada a sua grande paciência (e tendo negociado antes e com grande sabedoria com os seus aliados russos) agora e pacificamente dispondo de outros instrumentos, podendo intervir interferindo mas com um nível brutal e verdadeiramente demolidor: eles que já começam a controlar o comércio e a economia mundial, conjuntamente com os russos detentores de reservas em petróleo, gaz e até ouro, detentores do seu próprio Banco Mundial (AIB) como resposta ao dos norte-americanos e nos seus bolsos tendo dólares norte-americanos suficientes para rebentar com a economia dos EUA e com a sua dívida astronómica já ultrapassando os 18 biliões numa dívida mundial de mais de 69 biliões (como seus principais credores e aí se juntando os russos e certamente muitos mais).

 

480x_345548.jpg

Uma tentação e um gesto tornado comum

 

Assim se a manicura de Donald Trump cumprir efetivamente a missão que lhe foi confiada e simultaneamente se alguém der ao Comandante Supremo o pretexto decisivo para mexer o Dedo da sua mão (por exemplo apresentando-lhe uma fatia de bolo de chocolate), nas próximas horas ou no mais tardar nos próximos dias a Coreia do Norte sentirá na pele o 3º ataque do novo líder dos EUA: amanhã e se o Evento se confirmar com os militares norte-americanos a terem a porta aberta para darem uma resposta imediata ao ditador norte-coreano ‒ iniciando-se a contagem a 16 (dois dias depois da sinalização do pretexto como na Síria e coincidindo neste caso com a visita do Secretário de Estado Norte-Americano à Ásia) e terminando a mesma a 26 (fim da visita do mesmo).

 

(imagens: bidexmedia.blogspot.pt/businessinsider.sg/express.co.uk/joosee.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:12

19
Jul 16

Com Dedo para a Bomba

 

Num mundo cada vez mais cheio de psicopatas não identificados

– e porventura clonados!

Como dirão de Theresa May possuída por Margaret Thatcher.

 

“Theresa May confirms she is prepared to kill 100,000 men, women and children in a nuclear strike.”

 

Trident-Questions-parliament.jpg

Primeiro-Ministro da Grã-Bretanha

Theresa May

Partido Conservador

 

Pergunta de George Kereva

(Membro Parlamento – Partido Nacional Escocês):

Is she prepared to authorise a nuclear strike

that would kill hundreds of thousands of men, women and children?”

 

Resposta de Theresa May

(Primeiro-Ministro da Grã-Bretanha):

Yes.”

 

Com a vitória do NÃO à EUROPA (para já e de ambos os lados) o sentimento geral Europeu é como se nunca tivesse existido (e muito recentemente) um referendo na Grã-Bretanha. Apenas saiu David Cameron e entrou Theresa May (mas sempre com o mesmo o partido). De resto tudo continuará a rolar, como sempre se verificou até agora. A única diferença residirá no facto de, se antes e ao afundar-se o Continente poderia levar a Ilha atrás de si (afogando-se com ele), agora com a sua autodeterminação e cortado definitivamente o cordão umbilical, para sempre estará protegida das hordas europeias invasoras. Com mísseis na Escócia e a companhia do Tio Sam: que até poderá ser um tal de Donald Trump.

 

(texto/inglês e imagem: mirror.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:29

06
Ago 15

O Dia da Bomba Atómica

 

Uma mensagem sangrenta (por entreposto país) dos EUA à URSS

 

Little_boy.jpg

Réplica da bomba atómica Little Boy largada em Hiroshima pelo bombardeiro Enola Gay
(tendo explodido às 08:00 horas locais a cerca de 600 metros de altitude e provocado no mínimo 70.000 mortos imediatos)

 

No dia 6 de Agosto de 1945 e já com o Japão rendido à esmagadora supremacia militar norte-americana, os Estados Unidos da América lançam sobre um alvo civil a sua mais poderosa arma militar: a bomba atómica. Um lançamento perfeito realizado a partir de um bombardeiro B-29, acertando bem em cheio na cidade-alvo e em segundos pondo sem julgamento milhares de almas a arder.

 

O alvo escolhido foi a cidade japonesa de Hiroshima, transformando toda esta zona num verdadeiro inferno de fogo e de morte, provocando a total destruição de tudo o que antes estivera de pé e espalhando por centenas de metros ou até mesmo de quilómetros, cadáveres irreconhecíveis e calcinados ou corpos em fogo e moribundos.

 

1280px-Atomic_cloud_over_Hiroshima_(from_Matsuyama

Imagem da nuvem que se levantou sobre a cidade japonesa de Hiroshima
(aproximadamente meia hora depois da detonação da primeira bomba de destruição maciça lançada sobre população civil, neste caso a bomba atómica de fabrico norte-americano Little Boy)

 

Um ato inexplicável e de pura carnificina, antecedido por outros podendo igualmente ser considerados como crimes de guerra (bombardeamentos de Tóquio) e seguido por um outro (por idêntico) considerado justificado pelo anterior e como tal aplicado sem remorso (com a segunda bomba atómica de Nagasaqui).

 

Um pretexto para, demonstrando todo o poder e supremacia dos EUA sobre todos os outros estados do mundo (aquando do final da II Guerra Mundial), enviar uma mensagem clara e precisa a Estaline e aos soviéticos, de quem ainda mandava no mundo. Afinal de contas fora com a entrada da América na guerra que todo o cenário mudara.

 

(imagens – wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:34

16
Abr 13

 

Atentado Em Solo Norte-Americano

15.04.2013

 

As autoridades norte-americanas suspeitam que se tratou de um atentado terrorista provavelmente devido às características do mesmo. Testemunhas chegaram a afirmar terem sido previamente avisadas de que se fossem à maratona iriam morrer.

 

 

 

As duas bombas teriam sido colocadas a poucas centenas de metros uma da outra, explodindo com um intervalo de alguns segundos. À qual se seguiu uma terceira bomba que teria explodido noutro local da cidade.

 

 

 

O balanço provisório é neste momento de dois mortos e mais de uma centenas de feridos, com mais de uma dezena de feridos graves em perigo de vida.

 

 

 

Existem versões de pessoas presentes no local, de que um camião pesado teria tentado entrar anteriormente no perímetro de protecção, tendo sido impedido e posteriormente desaparecido do local.

 

 

 

Estas duas explosões ocorridas no centro da cidade de Boston, foram acompanhadas por uma terceira explosão numa biblioteca da mesma cidade. O que parece querer significar haver algo de comum entre estes três acontecimentos e até mesmo elevar a suspeita a níveis mais elevados e potencialmente mais perigosos, se associarmos a presença do camião pesado mencionado anteriormente.

 

 

 

Mais uma vez os tempos de convívio e de usufruto de uma população que apenas deseja inocentemente conhecer e partilhar o mundo de todos e feito por todos, é posta em causa por um acto de violência aparentemente desenquadrada, que tem como única justificação esquizofrénica e fanática, a vingança pelos actos causados por entrepostas pessoas que por acaso e coincidência também moram para os nossos lados.

 

Actualização:

- 3 Mortos;

- Mais de 130 feridos, alguns em estado grave.

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:42

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO