Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

18
Nov 18

[Resultados]

 

Nas Eleições Gerais de 2018 realizadas no BRASIL – para a escolha do PRESIDENTE, para a escolha dos Membros do CONGRESSO (513 deputados e 54 Senadores) e para a escolha de GOVERNADORES (13) – mais de 147 milhões de eleitores dos mais de 208 milhões de brasileiros decidiram nas urnas o futuro do seu grande país: o 5º maior país do Mundo em Extensão, o 6º maior do Mundo em População e o 8º maior do Mundo no PIB.

 

Eleição para Presidente

(novo Presidente)

 

262340_768749653259814_7328830310507165652_n.jpg

Jair Bolsonaro

O Messias Salvador do Brasil

(presente nestas eleições)

 

Candidato

Partido

Votos

%

Jair Bolsonaro

PSL

57.797.847

55

Fernando Haddad

PT

47.040.906

45

 

Com o Brasil extremamente dividido entre ESQUERDA (para a Direita ligada à Corrupção) e DIREITA (para a Esquerda ligada ao Fascismo) e com os políticos seus representantes e tal como SALOMÃO dividindo a CRIANÇA AO MEIO (o BRASIL) – pouco se preocupando com a mesma continuar Viva ou Morta – sendo natural que um EXTREMISTA (em princípio o pior de todos) chamando a si as derradeiras Esperanças de um Povo ganhe as eleições.

 

Eleição para o Congresso

513

(nova composição)

 

Partido

Lugares

PT

56

PSL

52

PP

37

MDB

34

PSD

34

PR

33

PSB

32

PRB

30

PSDB

29

DEM

29

PDT

28

(Restantes 19 com 13 lugares ou menos)

(119)

 

Como já se poderia constatar com o resultado das Presidenciais (1ª/2ª volta) – com o Brasil praticamente dividido ao meio, com pouco mais de 50% de votos a ir para Jair Bolsonaro (o candidato do PSL) e pouco menos de 45% a ir para Frenando Haddad (o candidato do PT) isto apesar dos ainda 10 milhões de diferença entre ambos os candidatos – surgindo duas Assembleias Parlamentares (Congresso e Senado) bastante fragmentadas e onde o entendimento (político) senão for impossível pelo menos será dificílimo.

 

Eleição para o Senado

81

(nova composição)

 

img-336652-dilma-rousseff-e-luiz-inacio-lula-da-si

Lula da Silva e Dilma Rousseff

Inimigos Públicos do Brasil

(ausentes nestas eleições)

 

Partido

Lugares

MDB

12

PSDB

9

PSD

7

PT

6

DEM

6

PP

5

REDE

5

PODE

5

PSL

4

PDT

4

PTB

3

(Restantes 19 com 2 lugares ou menos)

(15)

 

E se JB ganhou nas Presidenciais (55%), o PT ganhou no Congresso (56 em 513) e o MDB ganhou no Senado (12 em 81) – para além dos Governadores do PT serem os mais numerosos (4 em 27) – tendo-se de concluir serem estas margens ridículas (para os ditos vencedores) para delas se conseguir algo (exceto no caso do Presidente senão descarrilar antes). Surgindo logo a perspetiva de que a Corrupção agora aliada à Força Bruta será a Renovada Opção, continuando o Brasil à deriva e sujeito a toda a exploração (especialmente e como sempre osmais desprotegidos).

 

20181116230737119999u.png.jpg

Senado e Câmara de Deputados

Base de Apoio a Bolsonaro

(consistente e condicionada)

 

Eleição para Governador

26+1

(situação atual)

 

Partido

Governadores

PT

4

MDB

3

PSB

3

PSDB

3

PSL

3

PSC

2

DEM

2

PSD

2

(Restantes 22 com 1 cargo ou menos)

(5)

 

Ultrapassadas as Eleições Gerais Brasileiras de 7 de Outubro de 2018 (e de 28 de Outubro dia da 2ª volta das Presidenciais) e com o Presidente Jair Bolsonaro prosseguindo ainda na escolha do seu elenco Governamental – entre eles tendo já optado por dois ministros ex-Generais, um ministro fã de Trump, um ministro líder da bancada do BOI, um ministro ex-Juiz do Lava-Jato e até um ministro ex-astronauta – pelas suas Ideias e Ações como pelo seu deliberado extremismo, prevendo-se a concretização do pior cenário como parece já estar a suceder neste caso na Educação (como o refere a publicação tradicionalista francesa Le Monde):

 

“Cruzada da extrema-direita brasileira contra o sistema educacional estimulada por Jair Bolsonaro. O objetivo do militar será atenuar as críticas à ditadura … A extrema-direita brasileira convencida de que a escola é assombrada pelo comunismo e pela apologia de comportamentos desenfreados, está apoiando um projeto de lei que visa obrigar os professores à neutralidade e ao respeito às convicções do aluno, de seus pais ou responsáveis … E Bolsonaro ainda quer que os alunos possam filmar seus professores para denunciá-los. Pretende retirar toda a legitimidade dos professores e das escolas em contradizer as famílias no tema da educação moral, sexual e religiosa.” (revistaforum.com-br)

 

(fonte: wikipedia.org e imagens: linhares.info – uol.com.br – correiobraziliense.com.br)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:12

16
Nov 18

[E o Território e a População que se Lixem.]

 

PIA22861.jpg

Minas de Carajás – Brasil

PIA 22861 – 19 Junho 2017

(Satélite: Terra – Instrumento: Astra)

 

Localizado no PARÁ (a sudeste do estado) paredes meias com os mundialmente conhecidos estados do MATO GROSSO (a sul) e do AMAZONAS (a oeste) – onde se localiza um dos poucos ecossistemas naturais tendo ainda algo a ver com o ECOSSSISTEMA ORIGINAL TERRESTRE, onde a VIDA e o HOMEM foram acolhidos e se desenvolveram – localiza-se a grande cordilheira da SERRA dos CARAJÁS, na qual se encontra implantado o Grande Projeto Mineiro do GRANDE CARAJÁS numa região considerada a nível de exploração mineral uma das mais ricas do planeta: estendendo-se por uma área representando cerca de 10% do território brasileiro – e nela se incluindo a maior reserva de FERRO do mundo (de alto teor) além da exploração de outros minérios como (entre outros) níquel, cobre e ouro – e sendo como é evidente fonte de cobiça de mineradores e de Grandes Empresas Internacionais de Mineração (como é o caso da VALE uma Multinacional Brasileira de Exploração de Minérios e uma das maiores do Mundo – operando em vários estados do Brasil como em todos os 5 Continentes).

 

Vale recebe (em 2012) o nada honroso ‘Óscar da Vergonha’ com 25 mil votos

(O Globo/27.10.2012)

 

“Mais de 88 mil pessoas participaram da votação, promovida pelo site Public Eye People's e patrocinada pelo Greenpeace, para eleger a pior empresa do ano. E os eleitores decidiram entregar o “Óscar da Vergonha” para a Vale: uma empresa “com longa trajetória caracterizada por condições de trabalho desumanas, violações de direitos humanos e destruição do meio ambiente” em diversas partes do mundo. E sendo acompanhada por empresas como a TEPCO (japonesa e responsável pela Central Nuclear de Fukushima) e como a sul-coreana SAMSUNG (produtora de componentes eletrónicos).” (globo.com)

 

Carajas_Mine.jpg

Minas da Serra de Carajás – Brasil

Imagem de Holli Riebeek – Wikipédia

(Satélite: EO-1 Instrumento: EO-1-ALI)

 

Agora (Novembro de 2018) eleito JAIR BOLSONARO como Presidente do BRASIL (o 5º maior país do mundo, o 6ª em população e o 8º no PIB) – autointitulando-se o TRUMP da AMÉRICA do SUL como contrapartida ao original da América do Norte (Donald Trump dos EUA o 4º maior do mundo, o 3º em população e o 2ª no PIB) – e sabendo-se tudo o que se sabe sobre o seu passado político e formação (vida, opiniões, ações) pessoal – entre outros pontos extremamente negativos (caraterizando-o), sendo um populista (de direita), apologista da utilização da tortura (tal com Trump), por diversas vezes tomando posições extremistas (e contrárias à generalidade da opinião pública brasileira) contra as minorias (como o movimento LGBT), além de apologista da ditadura e de atitudes/comportamentos racistas (levando-o no passado a várias condenações judiciais) – certamente com os residentes no estado de Pará e neste caso da SERRA dos CARAJÁS – ainda-por-cima tendo os paranaenses optado pelo outro candidato Fernando Haddad (Haddad/55% e Bolsonaro/45%) nas Presidenciais deste ano – a terem de recear o pior (para o seu estado) dadas as ideias transmitidas pelas afirmações de Bolsonaro: relembrando o Movimento dos Sem-Terra no estado do PARÁ (terminando em 1996 com o Massacre de cerca de uma vintena desses manifestantes) com o atual Presidente a afirmar (perentória e claramente) que ”Quem deveria estar preso era o pessoal do MST”. Como se já não estivessem Mortos.

 

Carajas Mine, Brazil

(NASA/19.11.2018)

 

“The Carajas Mine is the largest open-pit iron ore mine in the world. It is located in the state of Para, northern Brazil. The mine is estimated to contain over 7 billion tons of iron ore, plus gold, manganese, bauxite, copper and nickel. Ore is loaded into rail cars, and shipped to the Atlantic port city of Sao Luis over 250 kilometers away. The image was acquired June 19, 2017, covers an area of 18 by 27 kilometers, and is located at 6.1 degrees south, 50.2 degrees west.” (photojournal.jpl.nasa.gov)

 

(imagens: earthobservatory.nasa.gov – photojournalnasa.jpl.nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:03

28
Out 18

Presidenciais Brasil

(2ª volta – 28 Outubro – sondagem)

 

oba8.jpg

Brasil

28 Outubro 2018

 

BOLSONARO: 54%

(candidato apoiado pelo PSL)

HADDAD: 46%

(candidato apoiado pelo PT)

 

A cada hora que passa com o avanço do candidato BOLSONARO sobre o candidato HADDAD a esfumar-se rapidamente – nos últimos dias da campanha da 2ª volta das Presidenciais brasileiras com a vantagem do candidato da DIREITA a descer de 19% para 8% sobre o candidato da ESQUERDA – torna-se no entanto evidente que dada a inversão tardia da intervenção dos Políticos e dos Média (nacionais e internacionais) no seu apoio aos candidatos (deixando de uma forma negligente e imprudente Bolsonaro avançar, como se o cenário não se proporcionasse ao aparecimento de extremistas) se não acontecer um enorme Cataclismo Eleitoral ou algo de verdadeiramente Insólito dentro de poucas horas o BRASIL terá um Presidente populista, de direita, defensor da ditadura militar e apoiante da tortura: JAIR BOLSONARO nascido no estado de São Paulo há 63 anos.

 

Eleições Intermédias EUA

(Senado – Representantes - Governadores)

 

xl-2018-midterm-elections-1.jpg

EUA

6 Novembro 2018

 

Internédias

S

R

G

Republicanos

50

199

26

Democratas

44

205

24

(Indecisos)

(6)

(31)

(0)

(Total)

(100)

(435)

(50)

(Maioria)

(51)

(218)

(26)

(S: Senado R: Representantes G: Governadores)

 

Relativamente às Eleições Intermédias que irão decorrer a 6 de Novembro nos EUA – elegendo Senadores, recompondo a Câmara dos Representantes e escolhendo novos Governadores – mantendo-se a previsão de manutenção da maioria dos Republicanos no Senado, alteração da maioria na Câmara dos Representantes passando para os Democratas (mas com um nº de representantes DEM e REP muito próximos) e finalmente maioria de Governadores Republicanos (apesar de uma clara quebra REP desde as últimas eleições com os DEM quase a equilibrarem). E deste emaranhado se concluindo – sabendo-se o que se passa atualmente na sociedade norte-americana (em geral), entre os seus diversos níveis de poder (de política interna e externa) e apoiando-nos em situações semelhantes, anteriores e de sentido partidário contrário – que nada de bom aí virá senão o endurecimento da luta entre TRUMP e os seus Inimigos: ou seja em Nova Temporada a continuação do conflito (pessoal) TRUMP/CLINTON com todos os outros 300 milhões (apenas) a assistirem.

 

(imagens: thefolha.com.br – nitty-grittynews.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:40

22
Out 18

Vote count begins

After chaotic Afghan elections.

(washingtonpost.com/publicado em 22.10.2018)

 

Vamos varrer do mapa esses bandidos vermelhos.

Uma limpeza nunca vista na história desse País.

(Jair Bolsonaro/publicado em 22.10.2018)

 

Over 7K-strong, migrant caravan pushes on.

Still far from US.

(apnews.com/publicado em 22.10.2018)

 

cartoon-us.jpeg

 

Na sequência das Eleições Legislativas e Regionais no Afeganistão (último fim-de-semana) e das Presidenciais no Brasil (próximo fim-de-semana/28 Outubro), realizam-se na primeira semana de Novembro as Eleições Intermédias Norte-Americanas (dentro de aproximadamente quinze dias/6 Novembro). No caso das Eleições brasileiras tratando-se da 2ª volta das Eleições Presidenciais – com BOLSONARO (o TRUMP BRASILEIRO) e HADDAD (o Vilão representando o PT) – e no caso das Intermédias nos EUA de eleições para a Câmara dos Representantes, para o Senado e Governadores – confrontando REPUBLICANOS e DEMOCRATAS.

 

Candidato

P (%)

Jair Bolsonaro

59

Fernando Haddad

41

Sondagens/Brasil

Consultora Fitch Solutions

(P: Presidente)

 

Sobre as Eleições no Afeganistão – um país com cerca do triplo da nossa população e 7X a dimensão de Portugal – não se sabendo ainda os resultados e provavelmente pouco importando (para os afegãos e para o Mundo), com o estado de Guerra Civil há anos aí instalado envolvendo de um lado os EUA (atacando o país alegadamente albergando Bin Laden) e do outro os TALIBÃ (força tendo governado o Afeganistão de 1996/2001 antes de derrubados pelos norte-americanos). E dos 8 milhões registados (cidadãos com direito de votar) tendo votado 4.4 milhões (55%) – sábado e domingo (20/21 Outubro) apesar dos ataques terroristas (Al-Qaeda e Estado Islâmico/financiados pela coligação de interesses EUA/Arábia Saudita) provocando perto de 50 vítimas mortais (esmagadoramente civis).

 

_103729262_bbc_fake_foto01.jpg

Mais montagens:

Na quarta (26 de Setembro)

O boato mais difundido é contra a imprensa

Com capas falsas de revistas brasileiras

 

Já nas eleições Presidenciais a decorrerem no Brasil, com a certeza absoluta prestes a estar confirmada (vejam as suas poderosas Igrejas e o seu apoio incondicional), com a eleição do candidato dito da EXTREMA-DIREITA assim como da REAÇÃO – o candidato do PSL JAIR BOLSONARO; e com o outro candidato personificando Lula e dito de ESQUERDA (mas jamais sendo ele, perdido o original) apoiado pelo PT E de nome FERNANDO HADDAD a não ter a mínima hipótese – personificando em si a CORRUPÇÃO (dito o maior mal do Brasil) – ficando a grande distância e levando uma grande tareia (para já a uns 20% talvez no final a uns 30%). Não esquecendo as FAKE NEWS (maioritariamente/mas não só oriundas de Bolsonaro) como ferramenta importantíssima nas eleições no Brasil.

 

Partido

S (nº)

R (nº)

G (nº)

Republicano

50

199

23

Democrata

44

205

19

(Indecisos)

(6)

(31)

(8)

(Total)

(100)

(435)

(50)

(Maioria)

(51)

(218)

( 26)

Sondagens/EUA

RealClearPolittics

(S: Senado R: Representantes G: Governadores)

 

Finalmente com as últimas eleições a realizarem-se neste período de tempo de cerca de quinze dias – as Intermédias Norte-Americanas a serem certamente as mais importantes, levadas a cabo a meio do mandato do 45ºPresidente dos EUA (Donald Trump) e com os Republicanos a dominarem (tendo nelas a maioria) as duas câmaras (para além da Presidência): os Representantes e o Senado. Segundo as últimas previsões com Republicanos e Democratas dividindo entre si (aproximadamente) o número se Governadores, com os Democratas a obterem a maioria nos Representantes (por pouco mas sendo antes de maioria Republicana) e os Republicanos a maioria no Senado (mantendo-se aqui o estado anterior).

 

elecciones-usa-2016.jpg

2018 Midterm Elections

Elections Reloaded

Of

2016 USA Presidential Elections

 

Respeitando-se assim o cenário – confirmando-se as sondagens atuais de vitória Democrata nos Representantes e Republicana no Senado – podendo-se adivinhar a continuação de um panorama político conturbado (senão mesmo cada vez mais violento) pelo menos no interior dos EUA; exteriormente restando-nos apenas rezar ao Menino Jesus, esperando que Trump não se decida (com o poderoso Complexo Industrial Militar a ser um dos poucos que o apoia) a atacar (direta/indiretamente, económica/ou noutras áreas) a Rússia e a China: nesse dia que DEUS nos valha (mesmo na ponta da Península Ibérica).

 

(imagens: watchingamerica.com – bbc.com (e legenda) – ticbeat.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:43

10
Out 18

“No dia 28 de Outubro de 2018

O BRASIL virará convictamente à DIREITA.

Faltando saber se como todos ESPERAM (agora ainda ACREDITAM)

Se com algum tipo de SORTE (já que também acreditam no azar).”

 

Com JAIR BOLSONARO (46.03% – mais de 49 milhões de votos) e FERNANDO HADDAD (29.28% – mais de 31 milhões de votos) a decidirem no próximo dia 28 de Outubro (2ª volta das eleições presidenciais brasileiras) qual deles será o próximo Presidente do Brasil, dada a percentagem obtida (na 1ª volta), a fidelidade dos seus votantes (maioritariamente conservadores), as possíveis alianças futuras (com outros candidatos já afastados da corrida) e a sua campanha em crescendo (inclusive nos Média), o candidato dito da Extrema-Direita e apoiado pelo PSL/Partido Social Liberal JAIR BOLSONARO, é sem sombra de dúvida o grande favorito.

 

E mesmo com a aliança confirmada com outras forças de esquerda (e até do centro) tornando-se muito provavelmente numa missão impossível a remontada do candidato apoiado pelo PT/Partido dos Trabalhadores FERNANDO HADDAD, essencialmente devido à colagem do mesmo ao trio (agora para muitos diabólico) PT/Lula/Dilma (nunca esquecendo Temer) e ao grande volume do caudal de votantes (sempre em crescendo) entusiasmados com a chegada do Messias o Donald Trump Brasileiro.

 

grafico.jpg

 

Composição do Senado (81)

Composição da Câmara de Deputados (513)

(depois e antes das Eleições Brasileiras de Outubro de 2018)

 

grafico2.jpg

 

No que diz respeito às eleições para Senadores (81 lugares em disputa) e para Deputados (513 lugares em disputa),

 

No novo Senado com o MDB (partido de Temer) a manter a maioria relativa (12 senadores) – e no entanto perdendo 6 senadores (o grande derrotado) – com o PSDB (partido de Alckmin) a ser segundo (perdendo 4 senadores), com o PT (apoiando Haddad nasw presidenciais) a ser sexto (anteriormente 3ª força política, agora perdendo 3 senadores) e em contraponto (pela positiva) com o PSL (do fenómeno Bolsonaro) a estrear-se e a eleger 4 senadores. Sem dúvida que virando à direita;

 

E dirigindo agora a nossa atenção para a nova Câmara de Deputados e sua futura constituição (num total de 513 deputados) confirmando-se a viragem do eleitorado à direita mais vinda do centro (com a maior deslocação a ocorrer do centro para a direita) do que propriamente (e como seria de esperar) da esquerda: com a representação de esquerda praticamente a manter-se (nos 137/138 deputados), com o centro a perder mais de 60 deputados (passando de 137 para 75) e com a direita (inesperadamente e tal e qual um Vampiro) a apoderar-se desses lugares (passando de 238 a 301 deputados). Ou seja a maioria mesmo que relativa.

 

1536894194696.jpg

15391828455bbe10fd48897_1539182845_3x2_lg.jpg

Bolsonaro e Sanders

(segundo Sanders com Bolsonaro a integrar-se num novo eixo de poder autoritário, incluindo políticos como Trump/EUA, Putin/Rússia, Duterte/Filipinas e Erdogan/Turquia)

 

Já agora e complementarmente (já que aqui se falou do 45º Presidente norte-americano o republicano Donald Trump) deixando aqui e agora a opinião emitida ainda ontem (terça-feira dia 9 de outubro) pelo Democrata e ex-candidato (presidencial contra Hillary Clinton/nas Primárias Democratas) o nova-iorquino BERNIE SANDERS – logicamente sobre Bolsonaro (o Trump da América do sul):

 

“Bolsonaro tem um longo histórico de ataques contra emigrantes, minorias, mulheres e a população LGBT. Bolsonaro, que disse adorar Donald Trump, exaltou a ditadura militar brasileira e afirmou, entre outras coisas, que, para lidar com o crime, a polícia deveria ser utilizada a atirar em mais criminosos.”

(Júlia Zaremba/folha.uol.com.br/10.10.2018)

 

(imagens: exame.abril.com.br e José Luis Magana/AP/ folha.uol.com.br)

 

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:01

08
Out 18

E tal como já se previa apesar de todos os fazedores-de-opinião (neste caso portugueses e levando-nos a refletir sobre a sua utilidade) com o pior candidato a ganhar as eleições nesta 1ª volta (entre os residentes em Portugal) – e logo com 56% o que lhe daria a vitória logo à 1ª volta – a ser (ao contrário do que todos os portugueses pensariam) Jair Bolsonaro.

 

Bolsonaro – 46%

(49 milhões)

Haddad – 29%

(31 milhões)

 

xmontagem-haddad-bolsonaro1.jpg.pagespeed.ic.eq34n

Jair Bolsonaro Vs. Fernando Haddad

(Reencontrando-se na 2ª volta a 28 de Outubro)

Agora c/ um atacando o PT e c/ outro procurando o apoio do centro

 

Justificando mais uma vez o estado caótico

(e de evolução imprevisível – dado o populismo/no seu pior sentido já aí reinante)

 

Em que se encontra a situação económica e social no Brasil

(neste caso com intervenção aparentemente neutra dos EUA não se colocando claramente ao lado de nenhum dos lados em conflito),

 

O candidato mais extremista às Presidenciais do Brasil de Outubro de 2018

(e candidato do PSL/Partido Liberal Brasileiro de extrema-direita)

 

JAIR BOLSONARO

 

Ganhou claramente a 1ª volta atingindo os 46% dos votos

(mais de 49 milhões de votos).

 

Deixando o que agora será o seu grande adversário para a 2ª volta das Presidenciais

(e candidato do PT/Partido dos Trabalhadores pró-Lula)

 

FERNANDO HADDAD

 

Nos 29% das intenções de voto

(mais de 31 milhões de votantes).

 

Candidato

Partido

Votos

(em milhões)

Percentagem

(%)

Jair Bolsonaro

PSL

49.3

46

F. Haddad

PT

31.3

29

Ciro Gomes

PDT

13.3

13

Geraldo Alckmin

PSDB

5.1

5

João Almoêdo

NOVO

2.7

3

Cabo Daciolo

Patriota

1.3

1

H. Meireles

MDB

1.3

1

Marina Silva

Rede

1.1

1

(Candidatos com mais de 1% dos votos – 8 de 13)

 

Uma diferença de cerca de 17% (uns 18 milhões de votantes)

 

– Com vantagem de Bolsonaro sobre Haddad –

 

Nas intenções de votos entre ambos (registados nesta 1ª volta) deixando-nos prever uma 2ª volta (Presidencial) de resultados para já incertos (ainda faltando quase três semanas para a suas realização): mas certamente com Jair Bolsonaro (sempre a subir nas intenções de voto) partindo da Pole Position.

 

E com mais de 20% dos eleitores brasileiros não tendo comparecido nas urnas (uns 30 milhões de votantes) e com todas as coligações possíveis ainda suscetíveis de se concretizar (mas dado o cenário político atual podendo não ser conseguida ou até ser contra produtiva),

 

Bastando a BOLSONARO

(para Vencer)

Manter-se no rumo

(pelos vistos certo, diga o que diga)

 

1024px-Urna_eletrônica.jpeg

Máquina eletrónica de voto

(Acusada de fraude pelos apoiantes de Bolsonaro)

A favor de Haddad e não permitindo a vitória de Jair na 1ª volta

 

E a HADDAD

(não conseguindo substituir Lula)

Mudar de rumo

(coligando-se e esperando um milagre):

 

Mas para tal tendo que ter o apoio doutros anteriores (e mais influentes) candidatos (e quantos mais melhor).

 

Seja como for e tal como Paulo Portas já previa (só que desejando que tal acontecesse, logo na 1ª volta)

 

– Ontem à noite na TV e tal como se fosse uma Pitonisa

(acertando certificando o produto – paciência fica para a próxima)

 

Muito provavelmente com Jair Bolsonaro a ser o próximo Presidente.

 

Num cenário de eleições incluindo (para além do Presidente) Senadores e Deputados e onde até dois dos seus (5) filhos (de diferentes mulheres de Jair Bolsonaro) foram igualmente eleitos: num Efeito Bolsonaro (um Sinal, um Aviso) tendo outro – Donald Trump – como modelo.

 

Ficando-se a saber algo mais no fim do dia 28 de Outubro.

 

(imagens: globo.com – wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:49

07
Out 18

Hoje escolhendo-se o sucessor do trio LULA/DILMA/TEMER – num cenário de corrupção generalizada – associando perigosamente Política e Justiça (Eleitos e Nomeados): e podendo lançar definitivamente (pelo menos por muitos e muitos anos) o Brasil num Novo Abismo Antidemocrático (depois de tantos anos de Ditadura Militar).

 

xO-ex-presidente-Lula.jpg.pagespeed.ic.nJi6z1r5t6.

Lula da Silva

 

A menos de 24 horas de se saberem os resultados das Presidenciais no Brasil – com as eleições (1ª volta) a decorrerem hoje dia 7 de Outubro de 2018 – um total de 13 candidatos se perfilham no painel de potenciais Presidentes (bastando para ser eleito/nesta 1ª volta obter 50% dos votos+1 voto):

 

Candidato

Parido/Movimento

Orientação

Percentagem

Jair

Bolsonaro

PSL

Extrema- Direita

40

Fernando

Haddad

PT

Esquerda/pró-Lula

25

Ciro

Gomes

PDT

Esquerda

15

Geraldo

Alckmin

PSDB

Centro/Reformista

8

João

Almoêdo

NOVO

Direita/Liberal

3

Marina

Silva

Rede Sustentabilidade

Esquerda/Ambientalista

3

Alvaro

Dias

Podemos

Centro/Cristão

2

Henrique

Meireles

MDB

Esquerda

2

Cabo

Daciolo

Patriota

Extrema-Direita

1

Guilherme

Boulos

Psol

Esquerda

1

João

Goulart F

PPL

Esquerda

0

José Maria

Eymael

DC

Democracia Cristã

0

Vera

Lúcia

PSUT

Extrema-Esquerda

0

 

04out2018---jair-bolsonaro-concede-entrevista-a-tv

Jair Bolsonaro

 

Com todos os cidadãos brasileiros maiores de 18 anos a serem obrigados a participar neste ato eleitoral a decorrer este Domingo (exceção feita aos maiores de 16 anos/menores de 18 anos e aos maiores de 70 para os quais o voto é facultativo), com as urnas a encerrarem por volta das 21:00 (hora de Portugal), com as primeiras indicações a surgirem pelo final de Domingo (lá pela meia-noite) e com os resultados (finais) a serem divulgados durante a madrugada de segunda-feira (já dia 8 de Outubro): e pelo que todas as sondagens indicam com BOLSONARO e HADDAD a passarem à 2ª volta (confirmando-se esta previsão realizando-se a 28 de Outubro) com as alianças posteriores (à 1ª volta) a decidirem o próximo Presidente do Brasil.

 

Olhando para as derradeiras projeções para estas Presidenciais Brasileiras (deste Domingo/desta 1ª volta) com o Brasil o mais tardar no final deste mês (de Outubro) a eleger um novo Presidente, mesmo vencendo (na 1ª/2ª volta) na consulta eleitoral, tendo um número maior da população contra ele do que a seu favor (certamente mais rejeitados na consulta do que apoiados na votação): Bolsonaro (o candidato da extrema-direita) com uma taxa de rejeição entre o eleitorado de 43% (contra os 40% apoiando-o/-3%) e Haddad (o candidato apoiado por Lula) com uma taxa de rejeição de 36% (contra os 25% apoiando-o/-11%).

 

2018-10-07t113005z_1724682265_rc1812762c70_rtrmadp

Fernando Haddad

 

E para lá de toda a Corrupção generalizada (e Institucionalizada) que progressivamente vai destruindo todos os alicerces económicos e sociais do Brasil (com a colaboração de uma falsa Justiça atualmente na cama com o poder) – uma das maiores potenciais económicas mundiais – com a particular curiosidade do principal preso (político) ser LULA, não por ser o maior corruptor passivo/ativo comprovado e no poder (como o poderiam ser muito mais logicamente as grandes empresas e os grandes empresários) mas por ser (para os seus maiores apoiantes como o era então Temer) quem estava potencialmente mais à mão (livrando-se desse modo outros de serem igualmente acusados de Corrupção): acusado sem qualquer prova por um arrependido (um tubarão da construção) e assim sendo impedido de (muito certamente e segundo todas as sondagens) ser de novo eleito.

 

Provavelmente (Infelizmente) continuando tudo na mesma, exceto no crescimento do sofrimento brasileiro (e dos seus cerca de 210 milhões de cidadãos): com o grande favorito e candidato do PSL Jair Bolsonaro – o Messias do Brasil – tal como muitos outros políticos populistas de direita ou de esquerda, a recorrer às minorias sociais e económicas manipulando-as, para reforçar a sua igual minoria tornando-se por adição maioria. Apesar da sua adoração pelos militares, pela tortura e execuções (policiais/ilegais), pelo seu machismo evidente assim como pelo seu declarado racismo (num país multicultural e multirracial onde mais de 50% da população não é branca).

 

(imagens: Nelson Almeida/Afp – Record TV – Amanda Perobelli/Reuters)

 

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:15

09
Mai 18

“Passada uma semana sobre o colapso de um prédio no centro de São Paulo (afetado por um incêndio num prédio vizinho) provocando um número ainda indeterminado de vítimas mortais (para já consideradas desaparecidas) é flagrante o contraste entre o tratamento informativo dado recentemente a LULA (o Político e o Sujeito) ‒ acusado de Corrupção ‒ e a Wilton Paes de Almeida (o Prédio e o Objeto) ‒ potencial acusado de assassinato.”

 

Morte-de-Lula-Novo-acordo-de-delao-vai-acabar-com-

1

Lula da Silva

Condenado por corrupção (apenas baseada nas palavras de um corrupto-arrependido, diminuindo-se-lhe a pena se acusando Lula), não fosse o caso ser maior, alastrar a muitos outros e levar toda a classe política (e talvez Judicial) brasileira à sua frente sendo presa.

 

Enquanto no Brasil um ex-Presidente é preso por ir à frente nas sondagens (para as próximas presidenciais) e por ter eventualmente recebido um apartamento de férias em troca de um outro favor (sem nunca o ter frequentado, sem uma única prova da sua posse ou qualquer tipo de documento assinado),

 

‒ Num país onde a corrupção é um hábito generalizado, movimentando-se num ambiente decadente e degradado misturando o Sistema Judicial e o Sistema Político (numa herança paralela dos tempos da ditadura militar brasileira, sobrepondo o Poder Militar ao Poder Civil)

 

Por outro lado e como consequência de um ato aparentemente involuntário mas certamente criminoso (no fundo o prédio em questão encontrava-se ocupado), parte de um prédio incendiou-se e outro vizinho colapsou (na cidade de São Paulo) provocando vítimas mortais (a esta hora apenas 2 e incluindo uma criança), mas até ao momento sem se indicar nenhuma entidade (individual ou coletiva) responsável pelo brutal incidente:

 

incendioemsp.jpg20180501080104-132a9144.jpg

2/3

O Edifício Wilton Paes de Almeida

Localizado em São Paulo e tendo colapsado após um incêndio ocorrido num prédio vizinho ‒ originando para já 2 mortos e cerca de 50 desaparecidos, num balanço incerto dado o prédio estar sob ocupação e desconhecendo-se quem na altura (01:30) aí estaria presente (a dormir)

 

Não se sabendo bem quem verdadeiramente indicar como o único responsável pelo colapso ocorrido no edifício Wilton Paes de Almeida (agora transformado num monte de escombros) e onde os desaparecidos poderão ser mais do que muitos dizem ou preveem ‒ talvez uma meia centena (de vítimas mortais).

 

Questionando-se aqui o papel do Poder Público (por exemplo o papel das Câmaras ou Prefeituras), dos Movimentos de Ocupação (de casas), do atual dono do prédio (o Governo Federal responsável pela sua manutenção) e da Construtora (do objetivo inicial do projeto),

 

E até das questões de segurança (com todos a empurrarem responsabilidades mesmo sabendo antecipada e oficialmente que o prédio não teria as condições mínimas de segurança), pelos vistos não respeitadas e contribuindo decisivamente para a queda total da estrutura (agora dita habitacional).

 

(imagens: (1) showmetech.com.br e (2/3) globo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:00

10
Abr 18

Como num país Profanado por todos os lados por uma Corrupção Generalizada (com tradição nas suas Elites e nos seus Militares) o primeiro Preso Político é um ex-Presidente (oriundo de estratos sociais baixos ou seja dos pobres) e tudo por causa de um apartamento tríplex (de luxo, claro): e sem um único comprovativo a não ser o testemunho de um premiado (pelo Juiz interessado não pela Justiça) depois de negociado e consequentemente arrependido.

 

Triplex-de-Lula-e-mariza.jpeg

Localização do tríplex dito de luxo localizado no litoral de São Paulo

(mantendo-se ainda em nome da construtora)

Que levou um Presidente à Prisão

 

Num país declarando a sua Independência em 1822 (sendo reconhecido como tal em 1825 e proclamando-se como Republica em 1889) – vai fazer este ano 196 anos – e atualmente com uma população estimada em cerca de 208 milhões de pessoas, Luiz Inácio Lula da Silva torna-se (segundo dados do Diário do Nordeste) no 7º Presidente brasileiro a ser preso: ou seja entre os 35 Presidentes que o Brasil teve até hoje 20% deles acabaram na cadeia. Levando-nos logo a pensar como justificação (errada) a Corrupção, associando Lula como Presidente e o motivo da sua prisão. E ignorando a origem (pelos vistos Infernal) de uns e os direitos adquiridos (pelos vistos Divinos) de outros, de modo a nunca se misturar corrupção ativa (a origem deste facto) e corrupção passiva (utilizada por extrema necessidade).

 

Nessa lista se integrando (durante o século passado) Hermes da Fonseca, Washington Luís, Artur Bernardes, Café Filho, Juscelino Kubitschek e Jânio Quadros e ainda (já neste século XXI) Luis Inácio Lula da Silva: presos por circunstâncias diversas (mas essencialmente políticas e ideológicas e/ou de ordem militar) uns ainda no ativo outros não (como Presidentes) mas nunca e diretamente por motivo único e básico ligado à corrupção (fosse ela ativa ou passiva). Ainda-por-cima com Lula acusado de corrupção, julgado e preso num tempo record e afastado da sua reeleição (liderando até ser preso as sondagens para as Presidenciais de 2018): julgado e condenado (devendo ser um Marco Histórico no Brasil) por um delito comum envolvendo um Tríplex de luxo (em Guarujá no litoral de São Paulo).

 

15307424.jpeg

O empreiteiro Léo Pinheiro que por delatar o ex-Presidente Lula da Silva

(recorrendo como prova à sua agenda pessoal)

Escapou à prisão com ajuda do Juiz do processo Sérgio Moro

 

Um país grandioso reconhecido como tendo a maior concentração de floresta (a Amazónia) e de vida selvagem (desde a mais variada fauna até tribos perdidas de humanos), rico na diversidade de raças (presentes e convivendo bem entre elas) e de proveitosa matéria-prima (desde a madeira ao petróleo) e no entanto tendo ao longo da sua História sido vítima das suas elites militares como políticas – criando na sociedade brasileira uma estrutura central (esqueleto) bem distorcida (de repartição de dividendos e de poder) constituída por um grupo de miseráveis (grande), outro de sobreviventes (enorme) e uma minoria de usufrutuários (os inevitavelmente sendo “vítimas” da corrupção):

 

Juntando os dois primeiros tendo-se o grupo representativo dos pobres (esmagador), restando para o outro grupo os nossos (ditos) representantes – para a desacreditação da Política e dos mesmos, manipulando (para seu benefício paternal, exclusivo, oportunista e estratégico) a Justiça.

 

_100774337_gettyimages-943064896.jpg

Luiz Inácio Lula da Silva

(35ºPresidente do Brasil no período 2003/11)

Condenado a cerca de 12 anos p/ causa de um apartamento

 

Daí assistirmos a um processo judicial (em torno de Lula e de um apartamento Tríplex) com origem, desenvolvimento e aplicação, unicamente tendo como alvo um objetivo estritamente político (destruindo um ex-Presidente e tentando-o impedir de o voltar a ser) – misturando Política e Justiça tal como o fazem as ditaduras – e acima-de-tudo deixando-nos estupefatos pela construção sem qualquer tipo de prova factual de tal processo (uma única assinatura ou comprovativo) dirigido (como em piloto automático) desrespeitando tudo aquilo que a Justiça devia respeitar: para além dos deveres (e aí entra em última instância o tribunal) conhecer e ter a obrigação de defender os direitos de todos os cidadãos ricos ou pobres e originários da elite ou das camadas mais desprotegidas.

 

Não sendo decente querer acusar-se alguém sem qualquer tipo de prova (nem que fosse a presença de Lula de alguma forma ou feitio no Tríplex) e na falta da mesma (por mais minúscula que fosse e a que condenação pior/melhor se dirigisse), tentar arranjar-se alguém para o apontar e premiando-o condenando o arguido/acusado/condenado à prisão: com uma espécie de arrependido face a uma boa recompensa a “acusar um a pedido de outro” e satisfeito o pedido com o juiz (o impulsionador de tal ato) tornado acusador a ser também o julgador e o condenador. E sendo fantástico (em termos de total incredibilidade) como tudo isto se passa sem nada se passar como contrarreação. Corrupção generalizada e Eleições já à vista (já com um Presidente não eleito na Presidência do Brasil)!

 

(imagens: atosnoticias.com.br/uol.com.br/Getty)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:25

25
Set 17

Olhando para a Terra tal como ela seria se não estivesse (como hoje) recoberta por Atmosfera, Água e Vida (menos redondinha mas completamente careca como Marte), seria esta a sua forma (aqui apresentada) não muito parecida à dos seus semelhantes mais próximos (os Planetas Interiores): para cá da Cintura de Asteroides e excluindo os Planetas Exteriores/Gasosos (Júpiter, Saturno, Úrano e Neptuno) tomando como termo de comparação os vizinhos Mercúrio, Vénus e Marte (e já agora a Lua por apêndice ligada à Terra).

 

geoid2005_champgrace_2362.jpg

 Terra

(imagem: CHAMP, GRACE, GFZ, NASA, DLR)

 

Uma forma no entanto habitual para muitos dos objetos (se não todos) movimentando-se no interior do Sistema Solar, na sua circulação no interior desse Sistema Planetário tendo como centro o Sol, sofrendo os efeitos provocados pela sua deslocação através do mesmo, exercida por nuvens de material de pouca densidade (deslocando-se no Espaço), por partículas extremamente radioativas e penetrantes (como as solares e cósmicas), por campos eletromagnéticos espalhados um pouco por todo o lado (ligando o vazio à matéria como numa ligação elétrica) e até por previsíveis impactos de outros objetos na sua rota intersetando a Terra ‒ como efeito da Erosão (da Matéria), da passagem do Tempo (inevitável para o Homem mas não para a Matéria) e da componente associada (a Energia). Mas talvez que a Alma seja uma forma de Energia (formando o Trio Energia/Massa/Velocidade) podendo ser transformada até mesmo ao Infinito (ou não fosse E = MC²).

 

The-anomaly-in-the-Earths-magnetic-field-which-has

Anomalia Magnética do Atlântico sul

(imagem: ROSAT/SAAD/NASA)

 

Tudo isto e por associação (mental por necessariamente sugerida) por se falar agora com alguma insistência (e estranheza por há muito conhecida) numa Anomalia Magnética localizada no sul do oceano Atlântico, agora de novo elevada a notícia através de novos estudos incidindo sobre amostras de lavas da ilha de Tristão da Cunha (bem no meio da Anomalia do Atlântico Sul, entre a América do Sul e a ponta sul de África) ‒ tendo como investigadora Laura Roberts (do EGU/European Geosciences Union): tal como acontece em toda esta grande área estendendo-se de África (África do Sul) até à América (Brasil) ‒ atravessando todo o oceano Atlântico (sul) e aqui denominada como SAA (Soutn Atlantic Anomaly) ‒ com a baixa intensidade do campo magnético terrestre (e local) a refletir-se nas amostras geológicas, tanto nas de hoje (verificando-se que o fenómeno persiste) como nas do passado (sempre com baixa intensidade magnética).

 

iStock-657653834-1.jpg

 Amazónia

(imagem: ciclovivo.com.br)

 

Persistindo o fenómeno no mínimo há uns 400 anos mas podendo ser um remanescente (parcial ou ainda intacto) de um passado distando de uns 45/90 mil anos. E como todos nós sabemos dados os fenómenos semelhantes que ocorrem nos polos terrestres (Polo Norte/Ártico e Polo Sul/Antártida) com a proteção oferecida pelo campo magnético terrestre a diminuir drasticamente podendo ser mesmo nula: nos polos como extraordinariamente noutras regiões como será atualmente o caso do Brasil (e a Argentina), com o Cinturão de Van Allen a não cumprir a função (de nos proteger das radiações mortais) abrindo um buraco no céu (as portas e as janelas de casa e logo sobre a Amazónia) e expondo-nos ao exterior (e aos seus perigos já conhecidos). Deixando-nos a pensar se na continuação do fenómeno e com a mancha (da anomalia magnética) a alastrar, algo de mais preocupante (ou drástico) se passará, podendo acarretar consequências muito mais graves (para o planeta e) para nós: deixando-nos sem proteção exterior (campo magnético terrestre) e até podendo afetar o dínamo que alimenta a Terra (ameaça interior e entre outros aspetos responsável pelo seus movimentos como rotação e translação) e a (nos) faz mexer.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:16

Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO