Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

05
Mai 19

Confirmada numa imagem de 3 de Maio da NASA

(passada sexta-feira,3)

Acabada de ser editada em SOL 2396

(Mars Science Laboratory/Curiosity Rover)

 

[Se não acreditam vejam a sua imagem/sombra, numa edição com o carimbo e a certificação − sinal de aceitação e de credibilidade − USA/NASA.]

 

RLB_610189033EDR_F0751398RHAZ00341M_ c.JPG

Luna 1

Curiosity Rover

Sol 2396

 

Depois de tanto tempo à procura da minha cadelinha rafeira (mas não-vira-latas) e sem “pé-de-grilo” – a LUNA ou LULU − qual não foi o meu espanto quando ao olhar para uma foto recentemente remetida do planeta Marte (atualmente muito perto dos 60.000.000Km da distância da Terra) – por acaso andando nessa altura por lá à espreita e à procura (aproveitando o veículo motorizado aí circulando desde 2012 o Rover Curiosity) de algum tipo de vestígio da passagem do Tesla Roadster (do milionário Elon Musk) tripulado por Starman pela superfície marciana reparei (de uma forma faseada mas por certeza sensorial instantânea) primeiro como que por instinto mas depois de uma forma bem convicta (talvez porque desejasse muito que tal acontecesse), na sombra da minha amiga, cadelinha e companheira e para mim desde há muito já perdido (a Terra é imensa), LULU.

 

RLB_610189033EDR_F0751398RHAZ00341M_ a.jpg

Luna 2

Curiosity Rover

Sol 2396

 

Surpreendente por não expectável (não só pela sua dimensão mesmo assim menor que a da Terra) até pela distância em que se encontrava (Marte) e pelo mistério da sua forma de deslocação interplanetária Terra/Marte (uma viagem se possível mesmo para o Homem podendo durar meses), ao olhar para o registo de imagem SOL 2396 (2396ª dia de estadia no Planeta Vermelho) adquirido pelas câmaras do Rover Curiosity (câmara traseira) no passado dia 3 de Maio de 2019 (pelas 21:32:48 UTC), vendo-me de caras com LULU não diretamente (tendo como que recorrer a um espelho, oferecendo-nos uma Imagem da Realidade) mas pela sua projeção (para mim seu conhecedor, inquestionável) ou Sombra.

 

RLB_610189033EDR_F0751398RHAZ00341M_ b.jpg

Luna 3

Curiosity Rover

Sol 2396

 

Com a pequena LULU de nariz pontiagudo e orelhas bem esticadas, dependurada no Rover e projetando a sua típica sombra sobre a superfície marciana: certamente abduzida (na Terra), transportada numa mala (tão pequena ela é) e algures abandonada (num Mundo para ele estranho − como Marte − e transportado por extraterrestres). E assim depois de já tantos (de nós) nas suas observações minuciosas de imagens editadas (e certamente e se necessário tratadas) pela NASA (fora as que se lhes escapam), terem descoberto certas anomalias ou pormenores no mínimo estranhos (se não mesmo completamente desenquadrados, para o que nos dizem sobre este planeta nosso vizinho) nas mesmas por vezes emergindoentre essas imagens registos do que parecem ser animais (nossos conhecidos), seres de contornos humanoides (como nós) e objetos aparentemente fabricados de origem artificial (como o que parece ser a 100% o terminal de um aspirador) – agora e só para confirmar (mais esta Teoria da Conspiração) sucedendo comigo (testemunha) e envolvendo a minha cadelinha (a Protagonista).

 

From_the_Earth_to_the_Moon_Jules_Verne.jpg      'Around_the_Moon'_by_Bayard_and_Neuville_32.jpg

Da Terra à Lua e À Volta da Lua

Duas obras de Júlio Verne e (mais uma vez)

A presença de um ser vivo descrito como irracional (o cão)

 

E não gastando biliões (de dólares, de outros biliões) ultrapassando (o milionário norte-americano) Elon Musk (na minha Real-Imaginação): com LUANE a cobaia − tal como como a cadela “soviética” LAYKA, um animal racional e no entanto, sendo o 1º Ser Vivo a orbitar o planeta Terra (ultrapassando aí o Ser Racional e Dominante) – e respeitando as proporções (até pela cadelinha LULU, ser daquelas de transporte incógnito numa mala de mão), a fazer a sua Viagem, “a Ir e a Voltar”, cumprindo assim o seu desígnio (a que os portugueses quando pessimistas chamam Destino). Tal como VERNE nos explicara e o nosso Espírito Juvenil nos exigira (e em Sonhos Imaginara): “numa exigência sem tempo, de algo infinito dentro de nós”.

 

[E ao contrário do que a Bíblia sugere

  1. Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas,
  2. Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira (abiblia.org)

Com “O Cão a ser a Virtude que, não podendo fazer-se Homem, se fez Animal” (Victor-Marie Hugo em pensador.com).]

 

(imagens: mars.nasa.gov e wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:43

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO