Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Set 19

“Sejamos Carbonizados ou (falsos) Descarbonizados, sendo constantemente apontados como consumidores que somos (criadores de desperdícios, de lixo, de poluição) uns dos maiores culpados (criminosos), desculpando (por outro lado) os agora sendo Verdes e, no entanto, saindo Calcinados, apenas por serem produtores, apenas serem por milionários, apenas por serem promotores − e até por obrigação, não vontade, viajando sempre (ao contrário de nós, “obrigação exige”) com companhia e de jato privado (mesmo sendo Democratas como é o Guru Al Gore, deixando não uma Pegada de Burro mas uma de Elefante). No fundo unicamente por estarem (os Calcinados e até os Reciclados) no Topo da Cadeia alimentar (comendo-nos como nos comemos).”

 

27f58fea-6e11-45a3-9fd4-98a833af6a71.jpg

Al Gore Calls for $15T in Investment

to Decarbonize the World

(newsmax.com/2017)

 

Tendo a consciência de que pertencendo à maioria (dos 7,5 biliões de terrestres) sou um CARBONIZADO utilizando indevidamente (segundo os autoproclamados mas não verificados Descarbonizados) um número acima do meu e contribuindo como tal para o crescimento da Pegada Ecológica Mundial − não deixo de ficar extremamente indignado (por vezes quase explodindo, mas não lhes dando esse prazer, não me desintegrando) quando aqueles que afirmando perentoriamente quererem representar-nos (a maioria esmagadora dos Carbonizados), se assumem (atraiçoando-nos)  como partidários e praticantes  das teorias dos (falsos) DESCARBONIZADOS, quando eles próprios não aplicam essas mesmas ideias (e ideais) no exercício prático do seu dia-a-dia, apresentando-se não como CARBONIZADOS e muito menos como DESCARBONIZADOS mas como CALCINADOS.

 

Tendo-se de concordar que se antes a luta se poderia resumir a uma disputa muitas vezes de uma forma aparente (sem resultados práticos evidentes) entre Carbonizados e Descarbonizados (mas distinguindo-se os prós dos contras, mesmo que muitas vezes parecendo estar-se, perante os prós e a favor) – no entanto numa luta equilibrada (nesse sentido leal) mas até hoje quase que (só) se limitando a estudos-teóricos e negativamente, a poucas intervenções-praticas e com resultados (no terreno) – no presente ultrapassados os Carbonizados e os Descarbonizados, são agora os CALCINADOS (não se podendo esquecer os seus vassalos os RECICLADOS) a deterem e a mexerem (direta ou por procuração) nos cordelinhos.

 

mgdn92h.jpg

Beware of

false Prophets

(wattsupwiththat.com/2014)

 

Construindo-se no mesmo cenário um novo cenário paralelo, nem sequer nos apercebendo que nesta “nova visão (falsa, por se tratar da mesma projeção, projetando um mesmo holograma, oriundo de um mesmo mold mas implementado em parâmetros de Espaço/Tempo diferenciados), sendo literalmente a mesma, as mesmas se encontram e coincidem (bastando para tal utilizar o complemento da Realidade, a nossa Imaginação, baseada na perceção e nos sentidos e nos dados recolhidos, sejam certos ou errados, por vezes com valores lógicos verdadeiramente inesperados):

 

Como quando olhamos para os carris de um comboio dirigindo-se para o horizonte, com os mesmos aproximando-se cada vez mais até se perderem (de nós) e se encontrarem (eles, os carris, as visões) no Infinito − ou não fosse a linha mais curta entre dois pontos uma Reta, no fundo da família das Curvas (circulares mais estáticas ou em espiral mais dinâmicas) e todas se encontrando num Ponto (Comum).

 

Talvez o Lugar de Deus (Matéria e Energia), de todas estas Almas (Eletromagnetismo) e deste Universo Vivo (vendo-o do infinitamente pequeno ao infinitamente grande e numa projeção holográfica, como sendo mais uma replica de um mesmo Organismo Vivo; podendo até sido obtido, de um molde à imagem do Homem) − Integrando um Multiverso (uma célula no meio de outras).

 

(imagens: Mark Swanson/AP/newsmax.com – wattsupwiththat.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:24

10
Set 19

[Podendo ir do antigo e popular Caldo verde, ao atual e moderno Vegetariano Gourmet.]

 

WRONG KIND OF GREEN

(wrongkindofgreen.org)

Apoiando o People’s Agreement of Cochabamba

(World People's Conference on Climate Change and the Rights of Mother Earth, 24.04.2010)

 

banner-56.jpg

World People's Conference on

Climate Change and the Rights of Mother Earth

Building the People's World Movement for Mother Earth

People’s Agreement of Cochabamba

April 2010, Bolivia

 

“What’s infuriating about manipulations by Non-Profit Industrial Complex is that they harvest good will of the people, especially young people. They target those who were not given skills and knowledge to truly think for themselves by institutions which are designed to serve the ruling class. Capitalism operates systematically and structurally like a cage to raise domesticated animals. Those organizations and their projects which operate under false slogans of humanity in order to prop up the hierarchy of money and violence are fast becoming some of the most crucial elements of the invisible cage of corporatism, colonialism and militarism.” (Hiroyuki Hamada, artista − em wrongkindofgreen.org – de 17.01.2019)

 

Numa introdução ao artigo (exposição) de

WKOG

(Wrong Kind of Green)

The Manufacturing of Greta Thunberg – for Consent:

The Political Economy of the Non-Profit Industrial Complex

[ACT I]

 

Cat-3-Resized-greta-series-1-1.jpg

Bianca Passarge

1958

17-year-old Bianca Passarge of Hamburg dresses up as a cat, complete with furry tail, and dances on wine bottles. Her performance was based on a dream and she practised for eight hours every day in order to perfect her dance

 

E através dele indicando o seu objetivo de exploração (no Verde), aplicação (no Amarelo) e mais que provável destino (no Vermelho) – aproveitando a “Histeria-Verde” em redor de uma miúda sueca de 16 anos de nome Greta Thunberg “conhecida por protestar fora do prédio do parlamento sueco para divulgar as alterações climáticas” (wikipedia.org) e em 2019 sendo capa da Times, para logo de seguida iniciar a sua viagem de “Iate-Descarbonizado” ligando a Europa aos EUA: “This includes stepping through the looking glass, with an exploration of what the real “Green New Deal” under the Fourth Industrial Revolution will look like. Also forthcoming is a look at the power of celebrity – and how it has become a key tool for both capital and conformity (WKOG).

 

6f64b9afa484d108c9702f02671c7120.jpg

Greta Thunberg

2019

16-year-old climate change activist … the most prominent voice in climate action today, has just completed a … trans-Atlantic journey from Plymouth, England to New York, USA. After two weeks of sailing, she … arrived in New York. Thunberg is … to attend the UN Climate Action Summit 2019 and the COP25 in Chile

(yahoo.com/19.08.2019)

 

Numa viagem obviamente paga (financiada) por um grupo organizado de “Carbonizados (se não mesmo por Calcinados) − utilizando-se de uma criança (como eles sempre dizem, “um ingénuo menor de idade”) − convencendo-a por promovida (fazendo-lhe a vontade como contrapartida) “ter fama e ter poder” podendo assim (e sem birras, dela e/ou dos pais, entrando em conflito) ser “equiparada a um Adulto”.

 

Questionando-se, se, “Em Tudo”?

 

[E aí nos dirigindo para o estudo da diferença (talvez profunda por artificial e nem se tocando sendo só uma delas natural − é certo que daí, “aparentemente” não vindo algum mal) entre BIANCA e GRETA: qual delas para além da Voz (“the most prominent voice”) o maior exemplo para Nós.]

 

(imagens e legendas: wordpress.com − wrongkindofgreen.org − Wikimedia Commons/Yahoo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:06

Março 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO