Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

25
Mai 14

Em tempo de eleições (25 de Maio de 2014/Eleições Europeias) um pequeno momento de reflexão popular – já que (hoje) os líderes políticos portugueses estão mais preocupados em avaliar o “nível quantitativo dos seus recursos humanos” e as consequências que daí podem advir para a “manutenção da sua qualidade de vida”.

 

Ainda não perceberam que o carisma (ou seja, por definição ideológica do sistema, a competência) sendo para além do dinheiro o maior instrumento de manutenção do poder, elimina os outros (NÓS).

 

Selfie de Jesus e Lili

(Nas suas áreas respectivas considerados – por amigos e inimigos – como figuras carismáticas)

 

Dois portugueses que podem dizer que fizeram (SEGUNDO OS CRITÉRIOS EMANADOS PELO PRÓPRIO “SISTEMA”) – enquanto outros desfizeram: respeitando as regras do Sistema estes dois líderes carismáticos extraíram tudo do mesmo, enquanto os outros como mercenários apenas o saquearam.

 

A política populista caracteriza-se menos por um conteúdo determinado do que por um "modo" de exercício do poder. Sua característica básica é o contacto directo entre as massas urbanas e o líder carismático, supostamente sem a intermediação de partidos ou corporações. Para ser eleito e governar, o líder populista procura estabelecer um vínculo emocional com o "povo". Isso implica num sistema de políticas ou métodos para o aliciamento das classes sociais de menor poder aquisitivo, além da classe média urbana, como forma de angariar votos e prestígio (legitimidade para si) através da simpatia daquelas. Esse pode ser considerado o mecanismo mais representativo desse modo de governar. (Wikipedia)

 

(imagem – ojogo.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:25

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO