Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

16
Nov 15

No momento em que as vítimas portuguesas deste atentado já se cifram em três (além de existirem já confirmados pelo menos outros cinco feridos): uma na zona do estádio onde se disputava o jogo de futebol França-Alemanha (atingida pela explosão de um bombista suicida) e outras duas no Bataclan onde atuava uma banda da Califórnia (mortas a tiro ou quando os terroristas se fizeram explodir).

 

2E77584700000578-3319244-image-m-25_1447595206723.

Local da Carnificina
Interior do Bataclan
(sábado, 14)

 

Pelo fim do dia 13 de Novembro de 2015 (sexta-feira) quando muitos dos parisienses já usufruíam do seu descanso merecido de fim-de-semana, o seu quotidiano pacífico de amizade e de convivência foi subitamente interrompido por um evento catastrófico e deliberadamente mortal: vários atentados e uma carnificina.

 

Os atentados foram levados a cabo por indivíduos reclamando-se representantes da Síria, sendo posteriormente suportados na sua reivindicação pela organização terrorista Estado Islâmico. Talvez com resposta por parte dos terroristas atuando na Síria (assim como no Iraque) ao recente recrudescimento dos bombardeamentos por parte da força aérea francesa.

 

2E73D32C00000578-3319244-Tension_Armed_police_prep

Frente do Bataclan

(sexta-feira, 13)

 

2E6F326500000578-3319244-From_above_The_scene_foll
Traseiras do Bataclan
(sexta-feira, 13)

 

Mas talvez mais como pretexto, agora que a estratégia de atirar os contingentes de refugiados para o interior a Europa (migração bem organizada por todos os mercenários individuais/privados e coletivos/estados ao serviço desta imensa rede terrorista bem organizada e melhor financiada) parecia ir de vento-em-popa: no meio do rebanho em fuga não se notaria presença de nada (de estranho como o lobo).

 

As últimas notícias apontam para o reforço das medidas de segurança em território francês, com o prolongamento do Estado de Emergência durante os próximos três meses (enquanto prosseguem as investigações e a perseguição a outros possíveis envolvidos no atentado) e o início do bombardeamento por parte de jatos da força aérea francesa de bases situadas em pleno território sírio e controladas pelo Estado Islâmico.

 

(imagens: Mirrorpix/EPA/EPS – dailymail.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:12

20
Fev 14

Enquanto os ucranianos se matam – governo e oposição – outros vão ajudando à carnificina, enquanto treinam o tiro ao alvo!

Ucrânia

20.02.2014

70 Mortos

 

Snipers

(neste caso governamentais)

 

A Tragédia que agora envolve a Ucrânia tem origem numa importante alteração na estratégia de intervenção estrangeira num Estado soberano, instrumentalizando e dividindo a sua população entre dois campos que apenas os pretendem usar e deles abusar: de um lado a Rússia protegendo os seus interesses geopolíticos e económicos num país que consigo faz fronteira e que já foi sua parte integrante e do outro lado a Europa suportada pelos interesses expansionistas da Alemanha e dos EUA, numa política decadente e ultrapassada que recorre de novo aos fantasmas da Guerra Fria. Não é pois de espantar que a estratégia de utilização de snipers externos seja substituída por outra estratégia muito mais directa, impactante e chocante, utilizando agora snipers internos. No entanto a questão é que a Ucrânia precisa de ambos se não quiser cometer suicídio.

 

(imagem – huffingtonpost.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:41

Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
14

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Carnificina

World Snipers

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO