Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

01
Mar 20

[Com um total de 15 eleições indicando mais 1.600 delegados, entre eleitos e superdelegados (não eleitos, indicados).]

 

01B  montaje .jpg

Sanders, Biden ou Bloomberg

(um deles a ser o nomeado como candidato DEM às Presidenciais de 2020

e adversário do atual presidente e candidato REP Trump)

 

Surpreendentemente e quando todos já o consideravam como MORTO (de 3º a 26 delegados, passando a 2º a apenas 6) − como o seu coveiro e sucessor BLOOMBERG, a apresentar-se  ainda antes do seu funeral (que em princípio seria ontem, nem chegando a terça-feira) – eis que BIDEN renasce (com a estrondosa vitória na Carolina do Sul), não se sabendo no entanto se ainda VIVO ou então se como ZOMBIE.

 

Iowa (Buttigieg)+New Hampshire (Sanders)

Nevada (Sanders)+Carolina do Sul (Biden)

Super Terça-Feira

 

P

C

DE

%

DNE

DE+DNE

Concluídas mais 15 eleições,  com 38% dos delegados

DE+DNE já

escolhidos

(1.793)

SN (%)

1

Sanders

60

39

38

por

distribuir

155+38

=

193

(4%

do

total)

29,6

2

Biden

54

35

18,8

3

Buttigieg

26

17

11,0

4

Warren

8

5

11,8

5

Klobuchar

7

4

4,0

6

Steyer

0

0

2,6

7

Gabbard

0

0

1,4

8

Bloomberg

-

-

16,4

(P: Posição C: Candidato DE: Delegados Eleitos

DNE: Delegados Não Eleitos SN: Sondagem Nacional)

SN: Média RCP 28.02.2020

 

Disputados os quatro primeiros momentos eleitorais (2 Caucus e 2 Primárias) e distribuídos (entre DE e DNE) um total de 193 delegados (4% do total), dos 8 candidatos à nomeação DEM e após a saída dos resultados da Carolina do Sul com um deles a anunciar já a sua desistência: Steyer, por sinal o segundo candidato a mais ter investido na campanha (com 270 milhões de dólares, ficando atrás de Bloomberg com 460 milhões e à frente de Sanders com 121 milhões) não tendo até ao final do dia de ontem (e na totalidade) eleito nenhum delegado (com Gabbard sendo a que menos investiu c/ apenas 11 milhões de dólares e não tendo igualmente eleito nenhum delegado, provavelmente a seguir o mesmo caminho, apenas esperando pelos resultados da Super Terça-Feira, 3 de março). E pelo que se perceciona desde já sobre a força de cada candidato a partir do próximo dia 3 (terça-feira), com a disputa a poder resumir-se entre os dois candidatos SANDERS e BIDEN, com BLOOMBERG (para já com um papel indefinido/incerto, dada a presença do “ainda vivo-nada morto” BIDEN) logo ali ao lado: seguindo o seu caminho mais cedo ou mais tarde o restante trio − desistindo e dando o apoio a outro candidato ainda na corrida − composto por Buttigieg, Warren e Klobuchar.

 

E de um lado (DEM) ficando o candidato oficial BIDEN, do outro o candidato rebelde SANDERS e no meio, para o que der e vier e como pneu sobresselente oficial, o candidato multimilionário BLOOMBERG, em última instância o único capaz de derrotar o milionário TRUMP (REP) − ou não fosse Bloomberg mais milionário que Trump, tendo até agora investido mais de 500 milhões de dólares da sua fortuna pessoal: no fundo investindo em si próprio mas mesmo assim e com a colaboração preciosa (paga) dos Média, montando em torno dele um ambiente de mistério e de suspense, mas que tendo dinheiro, acabando por poder convencer o povo do seu (Bloomberg) possível sucesso (se o povo se compadecer e comparecer por ele, pensando fazê-lo igualmente por si próprio) e podendo-o levar a votar (nele). Revelando-nos nas suas ações/intenções o “saco de gatos” em que se tornou o partido Democrata (oriundo da Era Clinton e pelos vistos ainda se lhe mantendo fiel).

 

(imagem: elnuevosiglo.com.co)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:38

29
Fev 20

Depois de cumprido o de 2016 (com o resultado que se viu) o maior desejo (ainda por cumprir) da antiga elite Democrata (com as pontas dos dedos, ainda no poder) para esta ano de 2020:

 

9793BF36-C58F-4384-9C7B-A5C3E5FFC1E6.jpg

R.I.P.

Bernie Sanders

 

Na continuação das Primárias Democráticas para a escolha e nomeação do seu candidato para as Eleições Presidenciais de 3 de novembro de 2020 − com 3 CAUCUS/PRIMÁRIAS já concluídas – realizam-se este sábado as primárias da CAROLINA do SUL elegendo 54 delegados (e 9 SUPERDELEGADOS num total de 63). Para já e apenas com cerca de 3% dos delegados eleitos − e c/ BERNIE SANDERS a liderar − seguindo-se a Carolina do Sul (com Biden a liderar nas sondagens) para no próximo dia 3 se realizar a SUPER TERÇA-FEIRA e aí,  cerca de 1/3 dos delegados já estarem eleitos/distribuídos. E a partir daí com as primárias DEM certamente a “evoluírem”, introduzido o novo candidato e multimilionário MICHAEL BLOOMBERG (com a bênção do DNC), conjuntamente com os restantes (candidatos sobreviventes) tentando (mais uma vez) desmontar o socialista/comunista Bernie Sanders, fazendo-lhe definitivamente a cama (replicando o sucedido em 2016 com Hillary Clinton).

 

C

Iowa+NewHampshire

+Nevada

Carolina do Sul

DEM

DE

%

DNE

S

DE

DNE

Sanders

45

44,6

29

por distribuir

24,0

54

em

votação

9

por

distribuir

Buttigieg

26

25,7

11,5

Biden

15

14,9

39,0

Warren

8

7,9

6,5

Klobuchar

7

6,9

5,5

Steyer

0

0,0

12,0

Gabbard

0

0,0

1,0

Bloomberg

-

-

-

(C: Candidatos DEM: Democratas DE: Delegados Eleitos

DNE: Delegados Não Eleitos S: Sondagens)

Sondagens: Média RCP de 28.02.2020

 

E se as primárias da Carolina do Sul poderão esclarecer um pouco mais qual a verdadeira força de cada candidato DEM − com Joe Biden bem destacado nas sondagens (algo de inovador, podendo ainda sobreviver às 15 votações de terça-feira, 2) – seja qual for o resultado sendo o mais provável a luta dirigir-se (ou ser dirigida, impulsionada) para um confronto entre o “Comunista Sanders” e o “Democrata Bloomberg”: contando com a colaboração do DNC  (e com o dedo de Hillary) e ainda suportada por TRUMP – “apoiando” a luta de Sanders e caso ele ganhe a Convenção DEM (com Trump “rezando” por isso), usando o estigma DEM afirmando tratar-se de uma luta entre o Totalitarismo (do outro) e a Democracia (a dele). Esperando-se assim e em resumo a reedição do sucedido nas primárias DEM de 2016 (em que Hillary chutou desde o início Sanders p/ fora da corrida), com todos os órgãos de comunicação social (TV, jornais, redes sociais, etc., esmagadoramente DEM) a fazerem tudo por isso.

 

(imagem: democraticunderground.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:54

12
Fev 20

[Primárias DEM e REP – Iowa e New Hampshire]

 

Antes da realização  do Caucus do NEVADA (36+12 delegados=48) e das primárias da CAROLINA do SUL (54+9 delegados=63), o ponto de situação dos candidatos DEM, cumpridos o IOWA (41+8=49 delegados) e NEW HAMPSHIRE (24+9 delegados=33) − não estando ainda distribuídos os 17 delegados não eleitos, incluídos no total de 82 (49+33). E a 3 de março tendo lugar a SUPER TERÇA-FEIRA com mais 15 estados em disputa (e mais 1.334+256=1.600 delegados a adicionar).

 

Primárias DEM

IOWA

NEW HAMPSHIRE

Delegados

Candidato

DE (41)

DNE

(8)

TD

(48)

DE

(24)

DNE

(9)

TD

(33)

Total

(65 de 82)

Pete

Ruttigieg

14

8

Delegados

Por

atribuir

14

+DNE

9

9

Delegados

Por

atribuir

9

+DNE

23

+DNE

Bernie

Sanders

12

12

+DNE

9

9

+DNE

21

+DNE

Elizabeth

Warren

8

8

+DNE

0

0

+DNE

8

+DNE

Amy

Klobuchar

1

1

+DNE

6

6

+DNE

7

+DNE

Joe

Biden

6

6

+DNE

0

0

+DNE

6

+DNE

Candidatos com delegados eleitos

(DE: Delegados Eleitos DNE: Delegados Não eleitos TD: Total de Delegados )

 

E cumpridas duas Primárias/Caucus ambas com vitórias na votação popular do candidato Bernie Sanders − mas mesmo assim perdendo em número de delegados eleitos no Iowa e empatando em New Hampshire (isto para não falar da indefinição dos delegados não eleitos, sempre em maioria esmagadora atribuídos aos candidatos ditos oficiais) – apenas com dois candidatos a estarem aparentemente na luta (Buttigieg e Sanders), com outro à espreita (Klobuchar) e ainda um outro a ver se aparece mais alguma vaga (Bloomberg). Dos restantes (Warren e Biden) com as perspetivas a serem negras, mas certamente só desistindo depois da SUPER TERÇA-FEIRA.

 

Trump_Buttigieg_Bernie.jpg

Para já os únicos verdadeiros candidatos às Presidenciais de 2020

 [Trump] pelos REP e [Ruttigieg e Sanders] pelos DEM

 

Mas mesmo que Bernie Sanders resista − sendo ele o virtual líder das sondagens e o mais votado após os dois primeiros eventos eleitorais (caucus + primária) recordando as primárias DEM de 2016, a luta Hillary/Sanders (respetivamente linha oficial do partido Vs. iinha não oficial do partido) e o papel dos SUPERDELEGADOS (esmagadoramente pró-Hillary), não indo certamente ser fácil a sua luta pela Convenção DEM – tendo em consideração que contra ele estarão a generalidade dos notáveis (os tais  SUPERDELEGADOS) do partido. Sendo que dos 4.750 delegados (à Convenção DEM) 771 não serão eleitos, mas escolhidos (ou seja, mais de 16%).

 

 

Primárias REP

Iowa + New Hampshire

Candidato

DE

(60/2442)

DNE

(00/110)

Total

(60/2552)

Donald

Trump

39+20

-

59

Bill

Weld

1+0

-

1

Joe

Walsh

0+0

-

0

 

No caso da eleição do candidato REP á nomeação presidencial e estando de facto tudo resolvido com a candidatura do atual presidente a um novo (segundo) mandato − os outros dois candidatos à nomeação sendo Weld e Walsh − com o atual presidente dos EUA Donald Trump a seguir o seu tranquilo caminho, até à sua nomeação na Convenção Republicana. E dos 60 delegados em disputa no IOWA e em NEW HAMPSHIRE com Trump elegendo 59 (98%) ficando o outro (1 delegado) para Bill Weld (2%). Seguindo-se tal como com os DEM, com a SUPER TERÇA-FEIRA REP (de 3 de março).

 

(imagem: Stephen Fowler/GPB News/gpbnews.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:18

Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15

18

24
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO