Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

27
Nov 17

De como é possível (pelos vistos só fora da Terra) 6 indivíduos de 3 nacionalidades diferentes (e incluindo norte-americanos e russos) conviverem durante dias seguidos (podendo a estadia durar meses) em somente 388m³ (volume habitável da ISS) quando na imensidade da Terra se matam.

 

space.jpg

A 53ª tripulação da ISS

(2017 Thanksgiving dinner)

 

No passado dia 23 de Novembro e comemorando o Dia de Ação de Graças (um feriado religioso celebrado nos EUA) os seis elementos constituindo a 53ª tripulação a bordo da Estação espacial Internacional (ISS) e apesar das suas diferentes origens até de índole política (EUA, Rússia e Itália), reuniram-se ao jantar em torno da respetiva mesa instalada no interior da ISS e devidamente equipados com as suas t-shirts espaciais (como se pode ver na imagem) assinalando o dia com a realização do tradicional jantar de Ação de Graças (no Céu a cerca de 400Km da Terra).

 

Recordando aos mais de 7 biliões de habitantes espalhados por todo o nosso planeta que se não se unirem nos objetivos que lhes são comuns, aqui e na Terra (e vitais para a sua sobrevivência hoje na Terra e amanhã no Espaço Exterior) ‒ tal como se constata no condomínio fechado da ISS integrando norte-americanos e russos (e um italiano) ‒ o nosso Futuro será certamente sombrio resumindo-se ao relato de Guerras, Doenças, Mortes e no final à nossa Extinção. Como certamente pensam Bresnik, Acaba e Hei (3 norte-americanos/NASA), Misurkin e Ryazanskiy (2 russos/ROSCOSMOS) e Nespoli (1 italiano/ESA).

 

(imagem: space.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:30

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Ação de Graças na ISS

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO