Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Jan 14

No dia 14 de Dezembro de 2013 a China tornou-se na terceira nação à face da Terra a atingir a superfície da Lua. Nesse dia a sonda chinesa Chang’e concretizou com sucesso a sua alunagem na região de Sinus Iridium (Baía do Arco-Íris), trinta e sete anos depois da última alunagem levada a cabo pela extinta URSS com o Luna 24.

O Homem já não pisa a Lua desde Dezembro de 1972, último ano da missão espacial norte-americana Apollo.

 

A Terra vista da Lua – 25.12.2013

 

Superfície da Lua – 15.12.2013

 

Módulo de alunagem – 15.12.2013

 

A China transforma-se assim na terceira potência espacial a atingir o satélite natural da Terra, após os norte-americanos e os russos já o terem conseguido. Juntamente a sonda chinesa transportou um rover lunar o Yutu (Coelho de Jade), com o objectivo de durante alguns meses efectuar o estudo da superfície da Lua.

Esta não foi a primeira missão levada a cabo pela China tendo como objectivo a Lua: já em 2007 e 2010 os chineses tinham enviado outras duas sondas que orbitaram o satélite da Terra e que tinham como missão principal fotografar a Lua e estudar a sua superfície – até para escolherem possíveis locais de futuras alunagens.

 

(imagens – earthsky.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 03:24

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Chang’e

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO