Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

16
Jan 19

 

Depois de iniciarem o seu próprio projeto de construção de uma Estação Espacial (agora que a ISS caminha rapidamente para o seu fim de atividade), lançando-se agora em direção ao nosso único satélite (natural) com a intenção de lá colocar a primeira base lunar (terrestre).

 

Colocados sobre a superfície do nosso satélite natural dois módulos terrestres

 

– Um módulo de alunagem e um ROVER –

 

6780078.jpg

O Outro Lado da Lua

Visitado pela China

(e com o ROVER já circulando)

 

Tendo como remetente a CHINA e a sua agência espacial CNSA,

 

Protagonizando neste episódio como um dos fatores relevantes desta missão

 

– E relevando todo o poderio científico e tecnológico chinês na área da EXPLORAÇÃO ESPACIAL, juntando-se aos EUA e à RÚSSIA –

 

A chegada pela 1ª vez de um artefacto de origem terrestre ao OUTRO LADO DA LUA

 

– A sonda automática CHANG’E-4:

 

O lado que observado pelo HOMEM a partir da TERRA nunca está visível, já que a Lua nos apresenta sempre a mesma face virada para nós.

 

Sendo assim os chineses os pioneiros nesta exploração lunar

 

– Tocando

The Dark Side of The Moon

(lado escuro para nós, apenas porque não o vemos) –

 

Num dos lados da Lua só anteriormente explorados por módulos orbitais.

 

iStock-153687718-1024x383.jpg

Base Lunar em perspetiva

Com os chineses querendo tomar a dianteira

(e com a Chang’e-4 a abrir o caminho)

 

[Uma boa hipótese para muitos dos teóricos da Conspiração (aqui com a colaboração dos Chineses) tentarem resolver alguns dos (seus) Mistérios da Lua, como a de que a mesma seria um elemento estranho (tendo cá chegado mais tarde), seria eventualmente oca (não maciça como a Terra), podendo ainda albergar alienígenas (razão pela qual os norte-americanos lá não voltaram) – não gostando estes da nossa presença por lá.]

 

(imagens: cnsa.gov.cn e gaia.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:58

04
Jan 19

[E os Chineses já Lá Estão.]

 

Com uma sonda espacial (terrestre e não tripulada) tendo como origem a CHINA a ser a primeira (do género) a tocar a superfície do OUTRO LADO DA LUA – a sonda CHANG’E-4 alunando ontem dia 3 de Janeiro de 2019 – este grande país asiático vira-se definitivamente para o Espaço como uma das formas (as outras prioritárias sendo a Económica e a Financeira) de se impor como uma das maiores potências Mundiais:

 

CHINA 1.jpg

 

Depois dos EUA e da RÚSSIA (ainda-por-cima agora que se prepara para a construção da sua própria Estação Espacial, num momento em que a ISS rapidamente se encaminha para o seu fim de vida) com a China a entrar neste grupo restrito e de dificílimo acesso e no Meio da História da Aventura Espacial do Homem, a poder intitular-se (a partir de ontem) como um dos pioneiros;

 

CHINA 2.jpg

 

E depois de norte-americanos e russos já terem alunado/circulado na superfície da LUA (os norte-americanos tendo mesmo presencialmente por lá passeado de carro/ROVER e a pé) mas na sua face visível (dado o movimento de rotação da Terra e de translação da Lua em torno de nós serem praticamente iguais – em torno de 24 horas – com o nosso satélite natural a apresentar sempre a mesma face virada para nós), agora com os chineses superando o obstáculo da interrupção nas comunicações (sendo a Lua o obstáculo) a alunarem mas (os primeiros a concretizarem-no) do Outro Lado da Lua (ou também como se diz/não sendo muito correto do Lado Mais Afastado da Lua ou do Lado Escuro da Lua/The Dark Side of The Moon).

CHINA 3.jpg

 

Tal como afirmam os chineses (e a sua Agência Espacial a CNSA) “abrindo um Novo Caminho da Exploração da Lua pelo Homem” e desde já colocando um olho em Marte, Júpiter e ainda nos asteroides.

 

(imagens: CNSA)

 

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:14

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

24
25
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO