Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

10
Nov 19

Registos de um peixe (segundo pescadores, supondo-se ser uma carpa, um peixe vivendo em ambientes com menor salinidade como rios e lagos) com “cara humana” obtida na passada terça-feira (5 de novembro) num lago situado na capital da província de YUNNAN (localizada no sudoeste da CHINA) – KUNMING – da autoria de um turista no momento e acidentalmente passando por lá e reparando no caso estranho, estampado na face do peixe na altura dirigindo-se para a margem do referido lago (conforme notícia ufosightingshotspot.blogspot.com a partir do canal Viral Strong e publicado a 8 de novembro em youtube.com) – o "Peixe com Cara de Homem":

 

snapshot1.jpg

 

Chinese tourist spots fish with 'human face' in lake

 

A fish with a "human-like face" was spotted swimming in a lake

by a tourist in southwestern China's Kunming on November 5.

(Viral Strong/youtube.com/08.11.2019)

 

snapshot2.jpg

 

A woman says:

 

"See the fish has become a fairy, it has a human-like face."

 

The markings on the fish resemble that of a human's eyes, nose and mouth.

According to fish farmers, the fish is actually a kind of carp.

(Viral Strong/youtube.com/08.11.2019)

 

snapshot3.jpg

 

E tal como o artigo afirma não se tratando de nenhum Alienígena do Espaço nem (pelo menos que se saiba, no nosso disponibilizado e projetado “Mundo Real”) de nenhum derivado Terrestre – como o serão os “Aliens from Mexico” ou como o poderiam ser os “Aliens from China”, conforme o enquadramento legal e de momento feito pelos “Representantes de Deus na Terra (assim se afirmando e definindo) sendo nativos dos EUA – mas simplesmente de mais um peixe entre outros (peixes e respetivas funções, como serem comidos/fisicamente ou comerem-nos/mentalmente) servindo de espelho (apenas utilizado hoje não para nos “revelarmos”, mas para reforçar a nossa “máscara”) para a nossa própria face.

 

snapshot4.jpg

 

No canal Viral Strong” (youtube.com) com a notícia contando ainda com a contribuição (como em todas as Redes Sociais, esmagadoramente “sob ocupação”) dos seus utilizadores (maioritariamente e por absorção crónica, dos mesmos) com os habituais e sociais disparates (pondo de lado a ciência/cultura e memória e optando pelo entretenimento/espetáculo):

 

Someone must flush there sperm and female gold fish down the toilet at the same time again nasty mf.(Judah LionHeart/youtube.com)

 

That's a cursed fish, and this is a cursed video. Everything in China is cursed.(mutabore7/youtube.com)

 

I ‘m sorry I saw this its horrible must be fake news.(Listen Truth/youtube.com)

 

(notícia e imagens: Viral Strong/youtube.com e ufosightingshotspot.blogspot.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:58

02
Nov 19

Confirmando o seu título de Campeão do Mundo (para além de Líder do Ranking Mundial/RM) com o inglês JUDD TRUMP a poder ser esta época o primeiro jogador a ganhar 2 provas de RM. Podendo-o contrariar (se o conseguir e se o seu adversário deixar) o tailandês Thepchaiya Un-Nooh.

 

Necessitando-se de duas “negras” nas Meias-Finais do OPEN MUNDIAL (a disputar-se na China, na sua 37ª edição e contando para o Ranking Mundial) para se apurarem os dois finalistas desta prova, dadas as prestações dos 4 jogadores envolvidos (nas MF) e podendo qualquer um deles ter atingido a Final, tendo-se aleatoriamente escolhido os dois finalistas e tendo o acaso selecionado uma preferência para tal (obtenção de privilégio): tendo para tal ter vencido, uma prova já esta época – tal se verificando apenas com JUDD TRUMP e THEPCHAIYA UN-NOOH.

 

2019 World Open

(Meia-Final)

 

MF

J

N

F

J

Foto

N

Thepchaiya Un-Nooh

TAI

0-1; 0-2; 0-3; 1-3; 1-4; 2-4; 3-4; 3-5; 4-5; 5-5

Kyren

Wilson

 

Dafabet+World+Snooker+Championship+GC6c0qdUGCZl.jp

 

 

ING

6-5

Judd

Trump

ING

1-0; 1-1; 1-2; 2-2; 3-2; 4-2; 5-2; 5-3; 5-4; 5-5

John

Higgins

 

John-Higgins-1.jpg

 

 

ESC

6-5

(MF: Meia-Final J: Jogador N: Nacionalidade F: Frames)

 

Na 1ª MF com o inglês Kyren Wilson começando muito bem chegando rapidamente aos 3-0, com o tailandês Thepchaiya Un-Nooh respondendo no 4ª frame e reduzindo para 1-3, mas deixando-se bater de novo no 5ª frame e fixando aí o resultado em 1-4. Para de seguida o tailandês “começar a arrancar” reduzindo para 3-4, “engasgando-se” no 8º frame, perdendo e parecendo condenado (resultado em 3-5), para surpreendentemente “arrancar definitivamente” vencer três partidas consecutivas e virar o resultado em seu favor para 6-5.

 

Na 2º MF com o percurso a ser um pouco diferente, mas tendo a mesma conclusão (definido na “negra”) com o encontro a ser repartido nos 4 primeiros frames (2-2) para de seguida o inglês Judd Trump vencer 3 frames consecutivos e colocar o resultado em 5-2. E com a partida praticamente decidida (afinal de contas apenas “aparentemente”) com o escocês John Higgins a “despertar” e a responder igualmente com 3 frames ganhos (consecutivos) − colocando o resultado em 5-5 – para no 11º frame a vitória cair finalmente para o inglês Judd Trump (6-5).

 

2019 World Open

(Final)

 

Foto

 

_106575812_rexfeatures_10216666ay.jpg

 

Jogador

JUDD

TRUMP

THEPCHAIYA

UN-NOOH

Nacionalidade

ING

TAI

Ranking Mundial

22º

(Ranking da Época)

(1º)

(4º)

Provas de RM

(esta época)

1 Vitória

(International Championship)

-

Provas p/ Convite (esta época)

1 Presença nos QF

(Shangai Masters)

1 Vitória

(Haining Open)

Frente-a-Frente

3 Vitórias

(4-3; 4-0; 10-9)

1 Derrota

(3-6)

1 Vitória

(6-3)

3 Derrotas

(3-4; 0-4; 9-10)

Provas RM

(total de vitórias)

12

1

Provas p/ Convite

(total de vitórias)

10

1

Campeão do Mundo

1X (2019)

-

 

Vença um ou vença o outro (ambos s/ vitórias no WO) com qualquer um dos 2 jogadores a poder vir a ser (o Vencedor e para já) o primeiro a ganhar esta época duas provas do Circuito Mundial de Snooker (com vantagem, caso vença, para o inglês vencendo 2 provas de RN), c/ Judd Trump (1ºrme) mantendo a liderança do RM (saindo vitorioso ou derrotado da Final) e c/ Thepchaiya Un-Nooh (3º/4ºrme) de momento 22ºRM caso vença (a Final) passando a 14ºRM, ou seja, passando pela 1ª vez na sua carreira como profissional a integrar o TOP 16 do RM.

 

[rme: ranking mundial da época − WO: World Open]

 

(imagens: zimbio.com − championofchampionssnooker.co.uk − REX FEATURES/ thetricolour.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:24

31
Out 19

[Transmissão Eurosport]

 

Concluída a 3ª Ronda do 2019 WORLD OPEN (a desenrolar-se em Yushan na China) com 8 jogadores ainda em prova (de perto de 130 iniciais), com as notas de maior destaque a irem para as eliminações de Mark Selby/ING e de Mark Allen/IRLN e para o apuramento apenas na negra de John Higgins/ESC e de Judd Trump/ING. E dos 8 finalistas 6 (75%) sendo oriundos do Reino Unido (5ING+1ESC) e 2 (25%) – Zhou Yuelong e Thepchaiya Un-Nooh da Ásia (1CHI+1TAI). Mas com o favorito a continuar a ser (como Campeão de Mundo e Líder do RM) Judd Trump.

 

WORLD OPEN

(QF)

01.10.2019

 

Judd_Trump_at_Snooker_German_Masters_(Martin_RulscMichael_Holt_at_Snooker_German_Masters_(Martin_Rul

Judd Trump e Michael Holt

(1ºRM e 37ºRM)

 

QF

J

N

RM

J

N

RM

1

 

Judd

Trump

ING

Michael

Holt

ING

37º

2

Stuart

Bingham

ING

12º

John

Higgins

ESC

3

Thepchaiya Un-Nooh

TAI

29º

David

Gilbert

ING

10º

4

 

Kyren

Wilson

ING

Zhou

Yuelong

CHI

32º

(QF: Quartos-Final J: Jogador N: Nacionalidade RM: ranking Mundial)

RM provisório a 31.10.2019 − Final da 3ª Ronda

 

Amanhã dia 1 de Novembro disputando-se os 4 jogos dos QF ainda à melhor de 9 FRAMES e com os vencedores além de passarem às Meias-Finais (MF), a garantirem desde logo um prémio de 32.500£ (transferidos de imediato para o RM). Contando ainda com a presença de 3 Campeões do Mundo – John Higgins (4X), Stuart Bingham (1X) e Judd Trump (1X, sendo o atual) – e do detentor do maior número de WORLD OPEN’S (4), o escocês John Higgins. No próximo domingo (03.11) realizando-se a Final (em duas sessões/melhor de 19 frames) com o Vencedor a arrecadar 150.000£.

 

(imagens: celebheights.com – wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:08

30
Out 19

[36ª Edição do WORLD OPEN – c/ JOHN HIGGINS (ESC) sendo o único jogador que tendo ganho já 4 X, ainda podendo alcançar (caso atinja a Final e a ganhe) a sua 5ª Vitória, distanciando-se ainda mais dos seus restantes colegas (entre os Vencedores do World Open).]

 

0_2019-Betfred-Snooker-World-Championship-Day-Sixt

Judd Trump

O “mais cotado” ainda em prova

Campeão do Mundo e Líder do RM

(do TOP 4 o único ainda em prova)

 

Cumpridas 3 (RQ+1ªR+2ªR) das 7 rondas do OPEN MUNDIAL de 2019 − as rondas a vencer para se tornar o novo detentor do Troféu (ainda nas mãos do galês MARK WILLIAMS) – são já 6 (restando 10) as baixas no TOP 16 do RM: Mark Williams/GAL (não inscrito na prova), Ronnie O’Sullivan/ING (eliminado na RQ), Neil Robertson/AUS (falta de comparência por atraso para a RQ), Shaun Murphy/ING (eliminado na 2ªR), Barry Hawkins/ING (eliminado na 2ªR) e Stephen Maguire/ESC (desistindo da 2ªR por problemas físicos). Tendo como primeira conclusão a tirar deste panorama geral (à entrada da 3ªR) – aconteça o que acontecer nesta 3ª Ronda (sendo o jogador apurado ou eliminado) – o reforço do atual Campeão do Mundo JUDD TRUMP/ING na Liderança do RM.

 

Indicando-se no quadro seguinte os 8 jogos integrando a 1ª ronda do OPEN MUNDIAL, sendo disputados (amanhã, dia 31 de Outubro) em YUSHAN (China) à melhor de 9 FRAMES (e sendo desde logo atribuído aos jogadores apurados para a 4ª ronda o prémio de 20.000£, a acrescentar aos pontos do RM):

 

WORLD OPEN

(3ª Ronda)

 

3c72216d1d3e.jpg

Akani Songsermsawad

O “menos cotado” ainda em prova

Tailandês, 24 anos, 50º RM

(melhor prestação QF do 2018 SHOOT-OUT prova de RM)

 

Jogo

J

N

RM

J

N

RM

1

Judd

Trump

ING

Joe

Perry

ING

15º

2

Michael

Holt

ING

39º

Ding

Junhui

CHI

16º

3

Mark

Selby

ING

Stuart

Bingham

ING

13º

4

Graeme

Dott

ESC

20º

John

Higgins

ESC

5

Thepchaiya Un-Nooh

TAI

30º

Akani Songsermsawad

TAI

50º

6

David

Gilbert

ING

11º

Mark

Allen

IRLN

7

Kyren

Wilson

ING

Jack

Lisowski

ING

12º

8

Allister

Carter

ING

17º

Zhou

Yuelong

CHI

34º

(J: Jogo N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial)

RM provisório − 30.10.2019 − Finalizada a 2ªRonda

 

Como se verifica e para os 16 jogadores sobreviventes, com o jogador de maior RM presente (na 3ªR) a ser o inglês JUDD TRUMP (1ºRM) e com o de menor RM a ser o tailandês AKANI SONGSERMSAWAD (50ºRM). E desses 16 jogadores com três deles já tendo ganho (anteriormente) a prova − Ding Junhui/CHI (1X), Mark Allen/IRLN (2X) e John Higgins/ESC (4X) – e ainda com outros 5 (1 deles repetido do caso anterior) a já terem sido Campeões do Mundo – John Higgins/ESC (4X), Mark Selby/ING (3X), Graeme Dott/ESC, Start Bingham/ING e Judd Trump/ING (todos 1X).

 

E com os QF a apresentarem os seguintes encontros (4) a disputarem-se a 1 de Novembro (ainda à melhor de 9 FRAMES): 1-2, 3-4, 5-6 e 7-8 (numa prova com transmissão EUROSPORT).

 

(imagens: PA/mirror.co.uk − elitesnooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:42

18
Out 19

[Tal como o “Outro Lado da Lua (ou o “Lado Oculto da Lua”) EXISTINDO, apesar de não se ver (diretamente).]

 

How Asia transformed from the poorest continent in the world

into a global economic powerhouse

 

file-20191011-96262-1xa9u6c.jpg

 

By the late 1960s, Asia was the poorest continent in the world …

(e meio século depois)

 

By 2016, as my analysis of UN data shows, it accounted for 30% of world income, 40% of world manufacturing, and over one-third of world trade, while its income per capita converged towards the world average …

 

[E com o Hemisfério Norte Ocidental, em decadência por arrastado pela Queda do Antigo Império (Americano, sediado nos EUA) e em estado de choque (parecendo não estar à espera, pelo menos tão cedo) pelo erguer do seu sucessor – agora localizado no Hemisfério Norte Oriental, o Império Asiático (sediado na CHINA) – a ver o Eixo do Mundo a mudar com a evidente mudança para o “OUTRO LADO”.]

 

(texto/inglês e imagem: heconversation.com/how-asia-transformed-from-the-poorest-continent-in-the-world-into-a-global-economic-powerhouse-123729 e sladkozaponi/Shutterstock)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:02

16
Out 19

RT's Keiser Report finds out

(15 Oct 2019)

 

5da5c9e885f54031dd750af9.jpg

 

China has become one of the world's biggest buyers of gold, adding more than 100 tons of bullion to its coffers this year amid the trade war with the United States.

 

According to Alasdair Macleod of Goldmoney.com, China already pretty much controls the world’s physical gold market. He suggests that much of those holdings are not declared as monetary reserves.

 

Macleod says if America continues its attack, China could declare the proper level of its reserves which could stand at “as much as 20,000 tons.”

 

maxresdefault.jpg

 

"If they announce just part of that I think that the dollar would be toast.”

 

Beijing would rather take the financial nuclear option in the trade war, Macleod says, noting that “US is backing it into the corner on that.”

 

China’s exports to the US “become less and less as Beijing realizes that the only hold that America has really got on her is China’s export market in America.”

 

(texto e imagens: RT/rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:31

A economia mundial está a abrandar de forma sincronizada e vai crescer apenas 3% este ano, o ritmo de crescimento mais baixo desde a crise financeira de há uma década.

(eco.sapo.pt)

 

Uma Crise, tal como a de há uma década?

 

Global_economy_cartoon_12.16.2014.png

Everything Good?

"Nowhere to run to, baby ... Nowhere to hide."

(llustração Martha and the Vandellas/hedgeye.com)

 

Com todo o Cenário Económico-Financeiro a apontar − cada vez mais suportado por uma contínua descida da Taxa de Crescimento anual do PIB e por todos os sinais (ainda por cima num mesmo espaço/tempo sendo contraditórios) vindos dos Estados Unidos América (os donos da moeda de referência − o DÓLAR − e de longe, a Maior Potência Militar Terrestre − com os seus mísseis apontados e cercando, por vezes mesmo junto às suas fronteiras, o território dos seus principais adversários, a CHINA e a RÚSSIA) − para um Novo Período de Recessão Internacional (Global), sendo interessante de verificar como o FMI interpreta (à sua maneira, de duas maneiras, conforme o destinatário) todo este Quadro emergente (certamente por alguém ou algo, agora montado), apresentando-o (ao público em geral) numa versão (virtual) SOFT, em vez de nos presentear com uma Realidade significativamente mais HARD: de uma forma mais suave afirmando que a “Economia mundial vai crescer ao ritmo mais fraco desde a crise financeira da última década (alerta o FMI) (eco.sapo.pt) − a portuguesa incluída em vez de (como o deveria fazer, para nos proteger) de uma forma mais dura nos preparar para um novo Ciclo Económico Negativo, no caso de Portugal, possivelmente em tudo idêntico (com este Governo para 2019/23, podendo os efeitos serem mais suavizados ou não, dependendo da evolução da crise internacional) ao tempo (de maior miséria) passado por todos nós durante o período de Governo de Passos Coelho (2011/2015).

 

Uma taxa de crescimento, descendo 50%!

 

Sem título.png

Economia Mundial

Taxa de Crescimento Anual (em %) − PIB 2009/19

(dados FMI/eco.sapo.pt)

 

Tudo estando dependente do que se passará nos EUA até às Eleições Presidenciais Norte-Americanas a realizar-se daqui a pouco mais de um ano (em 3 de novembro de 2020) – e a partir daí continuando o Mundo sob a batuta do Republicano TRUMP ou (única alternativa fornecida pela outra face da mesma moeda, o Dólar, dominando um Estado Bipolar) de um outro qualquer Democrata (tal a confusão aí instalada), o “Diabo (que não Putin) que escolha – apesar do período de incessante trabalho já imposto às impressoras (“Made In The USA”) espalhando pela Economia (não só norte-americana, como Mundial) Biliões e Biliões de Dólares, podendo a Nova Crise rebentar a médio (depois das Presidenciais dos EUA) ou mesmo a muito curto-prazo (antes das mesmas): talvez dependendo do IMPEACHEMENT, talvez do agravar da Crise Económica, talvez de uma nova Guerra Regional ou Mundial … ou muito simplesmente tratando-se dos primeiros sinais (mais visíveis) de claustrofobia e implosão do grande Império Norte-Americano, posto face à crescente asfixia provocada pelo erguer dos marcos (de referência) do Novo Bloco Político a Oriente (China e Rússia) – tendo matematicamente fortes probabilidades de se impor a médio-prazo como o Novo Império do Oriente, traduzindo o IMPÉRIO CHINÊS. Talvez ainda com a EUROPA a ver (e como tal Portugal) e sem saber bem o que fazer.

 

No primeiro grande evento de Kristalina Georgieva como diretora-geral,

o FMI deixou um dos alertas mais sérios da última década aos líderes mundiais:

não há margem de erro e os países têm de tomar medidas urgentemente

para estimular o crescimento.

(eco.sapo.pt)

 

Não confiando no mercado económico-financeiro (atual) (1º) mau sinal − com os Investidores aguardando (cheios de dinheiro) por um maior crescimento … e, entretanto (2º) péssimo sinal evoluindo do (1º) − não investindo?

 

Trump-trade-war-GDP.jpg

EUA vs. CHINA − Guerra Económica entre Blocos

Encaminhando-se para uma trégua na guerra das tarifas

(imagem: pymnts.com)

 

E entre alguns dos dados fornecidos pelo FMI, olhando apenas para o gráfico (da taxa de crescimento mundial e anual do PIB) e para a tabela de projeções (mundiais para 2020) − inseridas no artigo de Nuno André Martins (15.10.2019/eco.sapo.pt) – constatando-se e relevando-se entre eles o contínuo decrescer da taxa (mundial) de crescimento do PIB (de 5,4%/em 2010 para 3,6%/em 2018 e ainda/no decurso de 2019, continuando em descida, prevista no final do ano ser de 3%) − numa descida nas previsões para 2019, tendo que ser modificada “ainda mais para baixo” pela 5ª vez este ano – para além do agravamento mais acentuado das previsões Económicas (de crescimento) para o futuro próximo e global (relativamente à média geral para o resto do ano de 2019 e ano de 2020) − com a taxa de crescimento variando (2018/2020) de 3,6%/3,0%/3,4% – nos EUA fixando-se pelos 2,9%/2,4%/2,1% e na Europa (ainda mais baixa) pelos 1,9%/1,2%/1,4%. Se comparadas com as taxas de crescimento da Índia ou da China (e de outras nações asiáticas) nada tendo mesmo a ver (andando pelos 7%/6% respetivamente). E nem se falando aqui, das guerras e sansões (como Arma) declaradas − numa Guerra Económica em curso (total e entre dois Blocos) e sem fim claro à vista (enquanto Trump o quiser) … e “com a Europa à espera para ver”.

 

Aguardando-se para já o resultado

do “TRUMP vs. XI, MANO a MANO”

(washingtonexaminer.com)

 

0ce80b8823bd9977222c36bf54c935bb.jpg

“Which of the two sovereigns is imbued with the Moral law?

Which of the two generals has most ability?” – The Art of War

(imagem/legenda: Tyler Grant/10.10.2019/washingtonexaminer.com)

 

“A year out from the U.S. presidential elections, escalation isn’t clearly preferable for either party. But as U.S. elections near, the Chinese bargaining position grows stronger — with a short-term position across the table from a desperate Trump or a long position against a new president saddled with a weak U.S. economy, negotiating against and apologizing for the trade war of his or her predecessor.” (Trump vs. Xi, mano a mano/Tyler Grant/October 10, 2019/washingtonexaminer.com)

 

E se quisermos associar o Ciclo do SOL (com cerca de 10/11 anos) com o Ciclo do PIB − ou não estivesse tudo correlacionado − se nesta última década a atividade do SOL se encontra num MÍNIMO − encaminhando-se de seguida para um novo MÁXIMO − ainda no mesmo período de tempo e quando a evolução do PIB se aproxima do seu respetivo MÍNIMO, encaminhando-se de seguida e como esperado (sabendo-se ler os “sinais”) o PIB e a CRISE, para um MÁXIMO. Sendo mais fácil de acreditar nesta teoria (associando e utilizando a experiência, SOL e PIB) do que na outra afirmando, estar maioritariamente nas mãos do Homem (sinal de um Mundo Homocêntrico de ilusões de grandeza do Homem, sentindo-se/desejando-se igualmente personificar o “Criador”) a preservação (tal e qual como ele é Hoje e como se tal fosse possível, num conjunto baseado na Energia e na Dinâmico) do nosso PLANETA.

 

[Em caso de desespero e não se sabendo o que fazer, devendo-se recorrer aos leigos bem-vividos e com EXPERIÊNCIA: como o será o caso dos nunca reconhecidos EMIGRANTES, em tempo de férias já antigos (e tal e qual os PIONEIROS) recorrendo ao OURIVES nas suas aplicações financeiras – investindo tal como as Grandes Potências (“a necessidade aguça o engenho” − e até a engenhoca, denominada “Geringonça”) em METAIS PRECIOSOS.]

 

Mind Matters!

 

(imagens: as indicadas)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:20

29
Set 19

“Disputadas 3 provas de RM com o inglês Shaun Murphy (8ºRM) a assumir − sendo inicialmente o melhor a liderança do Ranking Mundial da Época 2019/20.”

 

Final

2019 Evergrande China Championship

 

shaun_murphy_snooker-376648.jpg

SHAUN MURPHY

 

Shaun Murphy (ING/8ºRM) – 10 Mark Williams (GAL/3ºRM) – 9

 

E à 3ª foi mesmo de vez: depois de duas finais perdidas (já nesta época de 2019/20) − uma frente a Judd Trump (International Championship perdendo por 10-3) e outra frente a Ronnie O’Sullivan (Shangai Masters perdendo por 11-9) – finalmente a vitória tão perseguida por Shaun Murphy (última vitória em 12 de Novembro de 2017 vencendo a extinta Champion of Champions, batendo na final Ronnie O’Sullivan por 10-8), na negra e frente a Mark Williams (por 10-9): e com esta vitória subindo a 8º do Ranking Mundial (RM) e dada a sua boa prestação esta época (em 3 provas de RM realizadas, estando na Final numa e Vencendo outra) assumindo a liderança do RM desta época.

 

Final

J1

J2

2 Sessões

(melhor de 19 frames)

Shaun Murphy

(ING)

Mark Williams

(GAL)

Frames

1-0; 2-0; 2-1; 2-2; 2-3; 3-3;

3-4; 4-4; 5-4; 5-5; 6-5;7-5;

8-5; 9-5; 9-6; 9-7; 9-8; 9-9;

10-9

(J: Jogador)

 

Tendo-se disputado desde o início da época 2019/20 6 provas integrando o Circuito Mundial (3 contando p/RM e 3 não contando p/RM) com 6 vencedores diferentes – YAN BINGTAO (Riga Masters, prova de RM), JUDD TRUMP (International Championship, prova de RM), BARRY HAWKINS (Paul Hunter Classic), STEPHEN MAGUIRE (SangSom 6 Red World Championship), RONNIE O’SULLIVAN (Shangai Masters) e SHAUN MURPHY (Evergrande China Championship, prova de RM); e seguindo-se durante o próximo mês de Outubro as Qualificações para o WORLD OPEN, o início (com a fase de grupos) da CHAMPIONSHIP LEAGUE, o ENGLISH OPEN (prova de RM) e para finalizar (arrastando-se pelo início de Novembro) o WORLD OPEN (depois das qualificações, a sua fase final e sendo prova de RM).

 

[Quanto às transmissões televisivas (no canal Eurosport) em princípio (não existindo alterações) retomando-se as mesmas a 14 de outubro com o OPEN de INGLATERRA (14/20 outubro, prova de RM e com o detentor do troféu a ser Stuart Bingham) seguindo-se a 28 de outubro o OPEN MUNDIAL (28 outubro/3 novembro, prova de RM e com o detentor do troféu a ser Mark Williams).]

 

(imagem: GETTY)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:58

28
Set 19

Desde logo com a grande surpresa a ser a eliminação (nos QF) do inglês Joe Perry − o grande favorito depois de ter eliminado na 3ª Ronda o seu compatriota Judd Trump, apenas o atual Campeão do Mundo e Líder do RM − às mãos do iraniano Hossein Vafaei.

 

sddefault.jpg

Agora na Final

Mark Williams Vs. Shaun Murphy

Finalistas do 2019 Evergrande China Championship

(ambos podendo ganhar a sua 1ª prova de RM da época 2019/20)

E com Shaun Murphy vencendo assumindo a liderança do RM da época

 

À entrada das Meias-Finais do “Campeonato da China” e dos 4 jogadores apurados contando-se com a presença de 3 britânicos – o galês MARK WILLIAMS e os ingleses MARK SELBY e SHAUN MURPHY − e ainda de 1 “infiltrado– o iraniano HOSSEIN VAFAEI – tendo-se tornado bastante interessante o espetáculo proporcionado pelas duas meias-finais realizadas:

 

China Championship

Meias-Finais

 

MF

J

N

RM

F

J

N

RM

1

Mark

Williams

GAL

6-5

Hossein

Vafaei

IRA

31º

2

Shaun

Murphy

ING

6-3

Mark

Selby

ING

(MF: Meia-Final J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial provisório F: Frames)

 

E se na 2ª MF Shaun Murphy demonstrou sempre uma ligeira superioridade sobre Mark Selby (chegando a estar a ganhar por 3-0) com maior ou menor dificuldade acabando no final por vencer naturalmente por 6-3, já na 1ª MF com o iraniano a estar por duas vezes a perder por uma diferença de três frames (0-3 e 2-5), recuperando em ambas (até 5-5) e obrigando à disputa da “negra– perdendo aí (como poderia ter ganho) para o galês Mark Williams (por 6-5).

 

d773983b27fe8f57cbc07887b99d6289.jpg

Lutando “contra os vistos” (de autorização de permanência) com o Pequeno-Herói da prova a ser o iraniano Hossein Vafaei (deixando pelo caminho os britânicos Jimmy White, Tom Ford, Kyren Wilson, Anthony McGill e Joe Perry), apenas sendo afastado nas MF depois de grande recuperação (de 2-5 para 5-5) e na negra

 

China Championship

Final

 

J

Currículo

Dados

Mark Williams

GAL

(44 anos)

Welsh Potting Machine

Profissional desde

1992

Melhor RM

RM atual

Breaks Centenários

472

Vitórias provas RM

22

Vitórias noutras provas

8

Campeão do Mundo

3x (2000-2003-2018)

Shaun Murphy

ING

(37 anos)

The Magician

Profissional desde

1998

Melhor RM

RM atual

Breaks Centenários

497

Vitórias provas RM

7

Vitórias noutras provas

15

Campeão do Mundo

1X (2005)

 

Para esta domingo (29 setembro) estando marcada a disputa da Final (transmitida no canal Eurosport) a realizar em duas sessões (07:30 e 12:30 horas de Portugal), à melhor de 19 frames (ganhando o primeiro a alcançar 10) e atribuindo ao vencedor um prémio (convertido em pontos para o RM) de quase 170.000 (e para o vencido metade). Tendo sido já eliminado não indo ser o detentor do troféu (Mark Selby), podendo ser um Galês (Mark Williams) ou então um Inglês (Shaun Murphy) − e como curiosidade da 6º prova desta época (a de 2019/20) – com 3 contando p/RM e com 3 não contando − saindo um 6º vencedor diferente.

 

(imagens: Players Championship 2018/Snooker Fan/youtube.com – Getty/yahoo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:55

26
Set 19

Terminadas as 4 primeiras rondas do China Championship (detentor do troféu, Mark Selby) e restando para os Quartos-Final (QF) 8 jogadores sobreviventes (dos 130 jogadores iniciais), com 6 desses jogadores (75%) integrando ainda o quadro da prova (a ser disputada em Guangzhou) a estarem incluídos no Top 16 do Ranking Mundial (RM) provisório.

 

sddefault.jpg

Joe Perry

(ING)

 

No decorrer das 4 rondas entretanto realizadas destacando-se pela negativa as eliminações de (a tal dezena, desaparecida do Top 16) Allister Carter/ING, Stuart Bingham/ING na ronda de qualificação (RQ), de Ding Junhui/CHI na 1ª Ronda, de Mark Allen, Kyren Wilson, Jack Lisowski e Stephen Maguire na 2ª Ronda e de John Higgins, Luca Brecel e Judd Trump na 3ª Ronda.

 

Pela positiva destacando-se os jogadores Kurt Muflin/NOR, Hossein Vafaei/IRA e Joe Perry/ING (os dois primeiros não integrando, o Top 16 RM provisório) não só por terem atingido os QF da prova (contando para o RM) como por terem eliminado respetivamente (na ronda anterior) John Higgins/ESC, Anthony McGill/ESC e Judd Trump/ING.

 

China Championship

Quartos-Final

(27.09.2019)

 

QF

J

N

RM

J

N

RM

1

(07:30)

Mark

Williams

GAL

David

Gilbert

ING

11º

2

(07:30)

Hossein

Vafaei

IRA

36º

Joe

Perry

ING

16º

3

(12:30)

Mark

Selby

ING

Barry

Hawkins

ING

4

(12:30)

Kurt

Muflin

NOR

37º

Shaun

Murphy

ING

13º

À melhor de 9 Frames

(QF: Quartos-Final J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial)

 

Se tivéssemos de nomear desde já um favorito (para vencer esta prova), face à sua performance na última ronda (3ª R) e sabendo-se do adversário pelo mesmo derrotado (e claramente eliminado) – o atual Campeão do Mundo e Líder do RM o inglês Judd Trump – com o inglês JOE PERRY a ser o indicado (e ficando-se a aguardar, pelo que faz Mark Selby).

 

1cd64a9a-4c30-4fe7-85fc-470ceac77f32.jpg

Kurt Muflin

(NOR)

 

Com os frequentadores menos habituais nestas andanças mais avançadas (Quartos-Final/QF para acesso às Meias-Finais/MF) a serem sem dúvida o iraniano Hossein Vafaei e o norueguês Kurt Muflin, ambos a defrontarem (nos QF) dois ossos bem duros de roer: respetivamente a (até aqui) Surpresa da Prova (Perry) e um Ex-Campeão do Mundo (Murphy).

 

Sábado e Domingo (28/29 setembro) disputando-se as Meias-Finais (à melhor de 11 frames) e a Final (à melhor de 19 frames) do Evergrande China Championship, atribuindo ao finalista vencido um prémio de 75.000£ e ao vencedor um prémio de 150.000£ (convertidos em pontos para a elaboração da lista do Top do RM).

 

[De 2/5 de outubro desenrolando-se a Ronda de Qualificação para o WORL OPEN/OPEN MUNDIAL (c/ The Rocket), seguindo-se (7/10 outubro) o início da Liga dos Campeões (Fase de Grupos/grupos 1 e 2) para finalmente a 14 de outubro regressar uma prova de RM o ENGLISH OPEN/OPEN de INGLATERRA (14/20 outubro) – já com transmissão EUROSPORT.]

 

(imagens: Eurosport/youtube.com – vg.no/Gretty Images)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:28

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO