Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

09
Abr 20

[Com ajuda de Cão.]

 

Jamais tendo passado por tal situação e talvez por esse motivo, tendo infelizmente interiorizado (talvez por uma questão de sobrevivência) nunca ir atingir um nível intelectual superior (desistindo de pensar e passando a aceitar) − e sofrendo não só fisicamente (com dores), como psiquicamente (ao verificar todos os efeitos provocados por um simples bicho microscópico) – ao olhar para a imagem aparecendo abaixo

 

file-20200408-152974-wqxnsp.jpg

Em tempos de mascarilhas e agora necessitando delas para relaxar ou dormir

 

E talvez por algum tipo de fechadura cerebral se ter por qualquer tipo de razão (por mim desconhecida) quebrado, deixando algo sair da gaveta para fora – até como já vira há muito e repetidamente  colocada na face de muitas pessoas, quando pretendiam dormir ou pelo menos relaxar – o interior da minha cabeça até aí apagada (aparentemente, talvez somente adormecida) repentinamente iluminou-se tornando-me por momentos (espero que este tempo dure) uma “Mente Brilhante”: não tendo como fonte próxima um antepassado (a sabedoria dos nossos avós) e com o meu único companheiro (ao lado, vivendo contigo e até podendo ser teu inimigo – e sendo isto o que aprendi na TV) a ser um doutor há muito ultrapassado, tendo de ser a imagem (editada) de um registo animal (Irracional e Sem Psique, utilizado por um outro pelos vistos ainda com psique) a dar-me o necessário e pelos visto eficaz CLICK, para assim me poder tranquilizar e perceber porque motivo nos últimos tempos não só não me metia debaixo dos cobertores (necessitando de mudar constantemente de posição, devido às dores), como simultaneamente pegava numa pequena manta e me enfiava debaixo dela, como se estivesse no interior de uma tenda de campismo (isolando-me ainda mais do exterior para me abstrair um pouco mais de tudo isto). Um tempo de felicidade durando apenas uns quantos segundos e violentamente concluído, quando o meu companheiro ligando a TV me forneceu involuntariamente (ou sabe-se lá e tal como eu precondicionado) a notícia de abertura dos telejornais − nestes tempos do surto pandémico Covid-19, hoje (quinta-feira 9 de abril, véspera do feriado da Sexta-Feira Santa, com filas à porta da SS e ainda mais trabalhadores colocados na rua) já tendo a nível Global ultrapassado os 1.500.000 infetados, os 90.000 mortos (taxa de mortalidade provisória de 6%) e com mais de 48.000 em estado grave/crítico e em Portugal, estando perto dos 14.000 infetados, já tendo superado os 400 mortos (taxa de mortalidade provisória de 3%) e com mais de 240 em estado grave/crítico – surpreendentemente com a Pandemia deixando de ser a “Notícia de Caixa” dos principais canais e sendo ultrapassada por uma notícia com ligações com o “Mundo do Futebol”. E aqui ficando a resposta para aqueles que ainda acreditam que o mundo (pós-Covid-19) irá mudar, estando-nos apenas a testar (alguns a avisar) para aquilo que a esmagadora maioria do mundo irá continuar a suportar (e literalmente engolir), mas certamente (até para ter efeito, tais as doses de miséria já injetadas) em doses mais elevadas.

 

(imagem: Benevolente82/Shutterstock/theconversation.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:58

30
Mar 14

“Tudo deve ser considerado possível se até achamos que devemos construir um mundo declarado real em torno duma clara abstracção: o tempo. Não será o tempo apenas um garrote mental – limitado por fronteiras filosoficamente incompreensíveis, como o são o nascimento e a morte – criado por alguém que já viu o outro lado e que por esse motivo já sabe para o que ele serve? Aqui seria um Deus do outro lado, um igual”!

 

A Entidade em movimento

(até ao seu desaparecimento)

 

Entidade científica de largo espectro técnico-filosófico e com reconhecida aptidão para a prática de simulações realistas, incluindo adicionalmente projecções conscientes. Neste preciso momento introduzindo um novo conjunto de variáveis aleatórias provenientes do menu original da aplicação (ainda em execução) e que levaria mais tarde a uma sucessão de acontecimentos que iriam alterar significativamente o status quo prevalecente entre os terrestres. O erro introduzido deliberadamente nas ordens de execução (e procedimentos a seguir) da aplicação em curso – através duma sequência ininterrupta de ordens e contra-ordens com direcções e objectivos simétricos – iria ter implicações práticas e imediatas: como no agravamento da crise na Ucrânia com o provável envolvimento duma poderosa potência militar e nuclear como a Rússia e até na crise provocada pelo desaparecimento dum Boeing 777 numa região tão sensível do globo como o sul da Ásia, com outras grandes potências como os EUA e a China a lutarem até ao milímetro pela manutenção ou conquista da sua supremacia na zona. Passado um Click todo o equipamento electrónico e informático foi colocado em stand-by, iniciando-se os procedimentos normais para um novo período de hibernação. E então a Entidade desapareceu – tal como todo o cenário envolvente.

 (imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:52

Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO