Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

22
Ago 15

“Un homme a ouvert le feu, vendredi 21 août, dans un train Thalys entre Amsterdam et Paris, avant d’être maîtrisé par des passagers.”
(lemonade.fr)

 

4733061_6_396c_un-membre-de-la-police-scientifique

Tiroteio no comboio Amesterdão/Bruxelas/Paris

 

Agora que estamos no Verão e muita gente se desloca de comboio (seja para fazer férias ou para ir trabalhar), muitas são as alternativas de destino ou os objetivos de viagem: desde a simples deslocação ferroviária para as praias do Algarve até à utilização do interrail para viajarmos pela Europa. Nos dois casos apresentados com cenários condizentes: fosse com um companheiro de viagem partilhando experiências (por exemplo sexuais com alguém do sexo oposto) ou com um companheiro de vida sempre suprindo insuficiências (como eu vi um emigrante a fazer na viagem para a terra, apalpando todo o tempo a sua saudosa mulher).

 

Só que agora vivemos noutros espaços e noutros tempos e uma simples viagem de comboio de uma localidade para a outra, pode-se transformar de um momento para o outro e sem que nunca descubramos por que razão nem porquê, num verdadeiro e dramático acontecimento não só social como político. Tal e qual como terá acontecido na ligação ferroviária entre Amesterdão e Paris (com a estação de Bruxelas lá pelo meio), com um jovem marroquino utilizando várias armas (incluindo uma kalachnikov) a abrir fogo no interior das carruagens, acabando por ferir duas pessoas antes de ser imobilizado e finalmente detido.

 

Nos tempos em que hoje vivemos se já era impossível sair de casa sem que tivéssemos dinheiro para obrigatoriamente o poder gastar (dinheiro sem o qual nunca teríamos o respetivo e necessário cartão de acesso e de garantia de sobrevivência), todo o panorama se agrava se no nosso regresso a casa constatarmos que já não nos encontramos vivos: sair de casa sem dinheiro e ainda por cima levar um tiro, é só mais um convite à indiferença e à prática intensiva da abstinência. E tudo isto apenas porque um certo indivíduo resolveu pôr-se a disparar (como os grandes líderes nos propunham antigamente, oferecendo-nos uma licença de porte de arma), em vez de utilizando uma forma mais educada e civilizada de diálogo limitar-se unicamente a falar (como os grandes líderes nos propõem atualmente, oferecendo-nos uma licenciatura e um canudo).

 

(imagem – Philippe Huguen/AFP)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:45

16
Mai 15

EUA: Atentado de Marginais ou uma Questão de Seguros?
(terça-feira, 12 de Maio)

 

Nos Estados Unidos da América (em Filadélfia) um comboio foi vítima de um atentado mortal: indivíduos habituados a fazer esperas a comboios, terão provocado o descarrilamento da máquina e das respectivas carruagens.

 

aerial-4-photo-a.jpg

 

O comboio da empresa AMTRAK que transportava pouco mais de 240 passageiros terá descarrilado após ter sido atingido por um projéctil: o resultado deste incidente fixou-se em duas centenas de feridos e quase uma dezena de mortos. Esta é a versão aparentemente produzida pelas autoridades competentes norte-americanas como explicação para mais este registo mortal (em geral o objecto deste tipo de notícias incide maioritariamente sobre incidentes mortais registados com a sua população de raça negra), apesar do mesmo comboio circular na altura do acidente e na aproximação a uma curva, a cerca do dobro da velocidade máxima permitida: evidentemente que ao chegar à curva seguiu em frente.

 

aerial-2.jpg

 

Não deixando no entanto de ser estranho que nos 50 segundos antes do acidente, o comboio tenha acelerado dos 110km/h para os 160km/h. A resposta estará provavelmente nas conclusões tiradas pelas companhias de seguros, movimentando-se entre a culpa atribuída à AMTRAK (e associados) e a culpa atribuída a incertos. Não é por ser do contra (o sistema) ou por acreditar em milagres (na estrutura) mas à primeira vista parece ser encomenda (no sentido da poupança): e nestes casos quem sofre sempre é a vítima (esteja ferida, esteja morta).

 

aerial-wide.jpg

 

Interessa no entanto salientar que aquela linha já tem sido vítima de outros pequenos atentados, com projécteis lançados a atingirem e estilhaçarem vidros, até a do maquinista. Mas até fazer descarrilar um comboio já por si em trajecto eminente de despiste (mais uma vez, ia apenas ao dobro da velocidade permitida e em curva), vai uma grande distância.

 

(imagens – washingtonpost.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:29

09
Set 12

Ficheiros Secretos de Verão

(FSAA12)

 

Símbolo do Espaço ET

(instalação hoteleira de Liberto Medalhas)

 

Numa manifestação de solidariedade para com todas as associações ou grupos que têm colaborado ativamente nas iniciativas tomadas pela Aliança, organização criada há já vários anos por terrestres e extraterrestres – e agora que o processo parece ter sido suspenso de vez – empresários e outras individualidades de peso ligadas ao turismo de Albufeira, decidiram montar um espetáculo privado de desagravo, utilizando meios tecnológicos e humanos impressionantes, oferecidos para serem utilizados sem qualquer tipo de contrapartidas ou perigo de reclamações e acessível apenas através de convite VIP. A maioria das pessoas comuns não se apercebeu do sucedido – até porque existem muitos modos de encobrir o que está á vista – apenas se notando uma maior afluência de público nos locais noturnos mais conhecidos, como é o caso da zona da Oura e arredores, com todos os seus bares, restaurantes e outras estruturas turísticas associadas, completamente submersas pelos vapores do álcool, da droga e do sexo desprotegido. Sabe-se que CR77 não tendo sido convidado para o evento, se ficou por outra estrutura turística local a comer um bitoque com um ovo a cavalo. A seguir fez a digestão, dando uma volta na Abelha mecânica aí estacionada.

 

Foi com esta receção que foram recebidos os convidados numa praia de Albufeira, sendo evidente pelo menos para nós – os homens que comandam o mundo – o significado desta mensagem poderosa, real e no entanto subliminar

 

Nesse espetáculo organizado pelas forças vivas da terra – empresários e autarquia – esteve presente um grupo musical vindo diretamente do planeta Marte e que pôs desde o início da sua atuação, toda a assistência extasiada e em delírio. Liberto Medalhas e Diospiro Silva, dois dos VIP presentes neste evento certamente irrepetível nos próximos tempos, não resistiram ao que tinham diante de si e tiveram que subir rapidamente ao palco e apalpar as anteninhas provocadoras e sensuais destas estrelas interplanetárias. Além da música universal e estonteante proporcionada por este Trio Alienígena, as próprias antenas das artistas emitiam sons, odores e movimentos maravilhosos para os sentidos do público presente, criando alucinações individuais ou coletivas, que nos transportavam para outros mundos até aqui inimagináveis. Tudo terminou no dia seguinte com tranquilidade e sem comentários colaterais, tendo os participantes no evento da noite anterior sido convidados a realizarem uma visita a outras infraestruturas turísticas, o que a maioria recusou, por já não ter dinheiro para pagar o comboio turístico que percorre todos os dias a cidade de Albufeira. O Trio Alienígena pernoitou a convite de Liberto Medalhas, numa das suas casas situada perto da Orada.

 

A presença do Trio Alienígena no Verão Secreto de Albufeira poderá não resolver o problema surgido com a suspensão (talvez definitiva) da aliança, mas serviu para provar que a interpretação correta do mundo, talvez seja mais simples de fazer do que pensamos

 

Agosto terminou, Setembro já começou e o fim do Verão está aí a chegar. O que virá por aí agora que a crise aperta, os horizontes escurecem e até os extraterrestres nos abandonam? Nada de bom com certeza, se os nossos limites inconscientemente assumidos persistirem e nós os aceitarmos, como um destino já programado por entidades superioras a nós, os nossos tutores. Ou Invasores?

 

(imagens – WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:17

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO