Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

30
Jan 16

E assim se vê como uma força de Segurança do Estado (ainda por cima republicana) objetivamente criada para defender os interesses dos Cidadãos da sua Republica (apesar de todas as tentativas de manipulação por parte das suas chefias), é capaz de produzir algo de novo, educativo e formativo (apelando à nossa memória e capacidade de aprender – e interiorizando-a no corpo por mérito de conhecimento) desde que cumpra a missão respeitando o cidadão. Sem para tal se servir de armas (apenas ideias).

 

AAEAAQAAAAAAAASBAAAAJDBjMTMzM2U5LTk4ZjktNDQ0OS05MD

Criada em 1911 (3 de Maio)
Na sequência da transformação verificada (aquando do golpe de 5 Outubro 1910)
Data da Implantação da Republica
De Guarda Municipal (antes monárquica) para Guarda Republicana
(e agora como GNR ao serviço da republica)

 

Como sempre existiu ao longo da ainda curta História do Homem investigação (sobre as mais variadas áreas temáticas) e estudos bastante interessantes correlacionados (fornecedores de cultura e de conhecimento) que no entanto e pelos mais diversos motivos nunca foram devidamente valorizados (quando muito sendo mastigados e sem usufruto de prazer imediatamente engolidos e posteriormente digeridos, esquecidos e finalmente expulsos pelo nosso Ânus Intelectual)só é de valorizar (e de aproveitar) quando algum desses estudos (nem que seja uma só parte) chegam por vezes milagrosamente até às nossas mãos (no fundo Deus também é parte interessada neste mundo e no outro), objetivamente e no fundo a parte mais interessada. Sendo este um dos exemplos dos estudos atrás referidos (e felizmente divulgados pelos nossos média) neste caso os últimos dados fornecidos pela GNR referindo-se ao número de infrações registadas por uso indevido de telemóvel durante o ano passado:

 

Uso indevido de Telemóvel

 

telemovel-conduzir.jpg

 

Top Ten 2015 dos 18 distritos do Continente
(8 restantes com menos de 1000 infrações)
Num total de 29000 infrações
(registando-se um aumento de 30% relativamente a 2014)

 

Ordem Distrito Infração
1 Porto 4826
2 Lisboa 3675
3 Aveiro 3213
4 Braga 2411
5 Faro 2099
6 Setúbal 2046
7 Viana do Castelo 1910
8 Leiria 1566
9 Santarém 1454
10 Coimbra 1390

(dados: gnr.pt)

 

O que significa que para além de todos os riscos que os automobilistas correm (condutores ou passageiros) quando se fazem à estrada – como os tradicionais rituais coletivos (jogos de sociedade) de conduzir sob o efeito do álcool, em excesso de velocidade e sem cinto de segurança – junta-se agora um outro ritual (por consagração temporal) igualmente mortal, mas muito mais atual: o uso em movimento do familiar telemóvel.

 

Como se estivesse a fazer sexo enquanto guiava o automóvel.

 

Se sob o efeito do álcool ficávamos tontos, se com o excesso de velocidade ficávamos incontroláveis e se sem o uso do cinto de segurança ficávamos praticamente desprotegidos e definitivamente entregues nas mãos do Criador (apesar de tudo podendo até ocorrer um milagre), com a intervenção deste moderno instrumento tecnológico posto à nossa disposição de modo a facilitar o nosso quotidiano diário (não tendo sido propriamente criado para facilitar a condução) só nos faltava mesmo fechar os olhos e começar a dar a carta a ceguinhos (em mais um processo exemplar e mesmo do tipo simplex).

 

E então se pensarmos no resto (como os portáteis, os tablets e outros dispositivos semelhantes) o nosso destino está mesmo traçado (e não só nas estradas tradicionais): conduzindo em estradas sem usar a visão (por distração), sem fazer movimentos (já com um braço ocupado) e com o cérebro de lado (a pensar noutras coisas).

 

(informação: LUSA – imagens: WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:33

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO