Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

24
Nov 12

Portugal bate no fundo, agora debaixo de água:

“Submarinos Pagam Hotel de Luxo”

(CM)

 

Onde estão os corrompidos portugueses, aqueles seres misteriosos e difíceis de descobrir, que mesmo no Verão sonham em usar LUVAS como vantagem e proteção?

 

A empresa alemã ligada à venda dos submarinos Arpão e Tridente ao governo português – a FERROSTAAL – prepara-se agora para sair impune deste caso do foro criminal, envolvendo corruptores e corrompidos num negócio escuro de contrapartidas e de luvas, envolvendo individualidades luso-alemãs ligadas a este negócio – mas no caso português apenas envolvendo os corruptores (dez irão em princípio a julgamento), sem se identificar os corrompidos. O que se pretende é arquivar todo este processo – em que o estado como nosso representante (e corresponsável por tudo o que se passou) devia ser o mais interessado – e ao mesmo tempo safar os possíveis corrompidos (portugueses), os possíveis corruptores (alemães) e todos os outros intermediários neste negócio, suspeito de estar inundado de ilícitos criminais (encobertos ou disfarçados).

 

A Marinha Portuguesa irá propor aos investidores alemães do novo RESORT ALFAMAR a construção de uma doca para receber os submarinos, de modo a dirigi-los na época alta do turismo, para a sua exploração em cruzeiros submarinos a realizar na costa algarvia

 

E o que é que aceitou o Ministro do FACEBOOK, de modo a proteger a FERROSTAAL e a defender a credibilidade dos nossos aliados da Alemanha (tendo Ângela Merkel como referência)? Trocar as contrapartidas iniciais devidas pelos alemães pela compra dos submarinos Arpão e Tridente, através do investimento da FERROSTAAL no hotel ALFAMAR de Albufeira – que nunca chegou a ser concluído por dificuldades de financiamento – transformando-o num novo RESORT DE LUXO (cerca de 150 milhões de Euros de investimento direto na unidade hoteleira – visível – e 450 milhões de Euros de negócios gerados pelo projeto – visível ou invisível?). E ainda por cima perdendo-se uma parte apreciável das contrapartidas acordadas e entregando-se de mão beijada esses 600 milhões de Euros ao grupo que detém o ALFAMAR, que por acaso até é controlado maioritariamente por acionistas ALEMÃES!

 

Muita gente não tem medo da lei ou da justiça, porque tem conhecimento da existência de muitas PORTAS, por onde se pode fugir

 

Dinheiro, nunca o chegaremos a ver ou a cheirar e quanto aos corruptores e corrompidos, lá continuarão a sua vidinha sossegada – com dinheiro e luvas para se protegerem das alterações climáticas – e sem nada os atrasar ou incomodar. Num país como o nosso – de bico calado, de brandos costumes e sem corrupção – parece já nada haver a fazer face a uma população completamente alienada pelas suas cada vez mais degradadas condições de vida (começa a fazer lembrar o tempo de SALAZAR) e obliterada por constantes derrocadas propositadamente provocadas por um governo, adepto fervoroso do “Estado Refundado” (ou não será da “TERRA QUEIMADA”?).  

 

(imagens)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:33

Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Nem dá para acreditar!

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO