Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

26
Jun 14

Portugal – 2 Gana – 1

(Alemanha e EUA qualificados)

 

Como Chapa 4 nos confidenciara nos últimos dias do mês de Maio Portugal seria logo eliminado na fase de grupos do Campeonato do Mundo de Futebol FIFA 2014. Quando lhe perguntamos em que é que ele se baseava para tão convictamente efectuar essa afirmação Chapa 4 apontou para o céu e pronunciou apenas três letras: ISS. Como não compreendemos a sua resposta foi-lhe solicitada uma aclaração. Prontamente ele esclareceu:

 

O Poder Que Os Outros Têm

(ou o símbolo da nossa derrota na mediocridade das nossas chefias)

 

No passado dia 28 de Maio a Rússia lançou para o espaço a partir do seu cosmódromo de Baikonour (no Cazaquistão) um foguete da categoria Soyuz: o objectivo dessa missão era o envio de uma nova tripulação para a Estação Espacial Internacional/ISS. A nacionalidade dos três astronautas era a seguinte: Alexander Gerst (alemão), Reid Wiseman (norte-americano) e Maxim Surayev (russo).

 

A partir desse momento ficou muito claro para Chapa 4 qual era a o conteúdo da mensagem (derivada da sua premonição): a Alemanha e os Estados Unidos seriam apurados para a segunda fase da competição à custa da selecção de Portugal (daí a ausência estratégica de Pedro Passos Coelho no jogo de resultado pré-estabelecido entre Portugal e a Alemanha) e como contrapartida pela sua solidariedade e apoio (tácito) também a Rússia se qualificaria (à custa da Argélia).

 

Certo?

 

Última Hora:

(Guerra Fria: Rússia eliminada)

 

Recurso:

Rússia apresenta queixa factual à FIFA – um raio enviado da ISS terá atingido a equipa de futebol russa – a qual desqualificará da fase seguinte e de imediato (caso seja aceite) as selecções da Alemanha e dos Estados Unidos – qualificando em sua substituição Portugal (1.º) e o Gana (2.º).

 

Resposta:

FIFA ignora queixa e justifica-se: “O campeonato interplanetário de Joseph Blatter não passa ainda dum sonho”.

 

Apêndice:

“Chapa 4 pede desculpa por esta interrupção – o programa segue dentro de momentos”.

 

(Culpa: responsabilidade dada ao sujeito por um acto que provocou objectivamente prejuízo)

 

(imagem – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:08

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

24
25
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO