Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

29
Dez 19

Recordando tempos antigos (quando os velhos já no fim de vida eram largados à sua sorte) e outros muito mais recentes (quando vendo o barco a afundar governos tentaram virar avós contra pais e pais conta netos), numa tentativa de dividir com o fim de dominar (Reinar), virando diferentes gerações (a Plebe) umas contra as outras.

 

MY GRANDMA IS OLD ENVIRONMENTAL PIG!

 

5e07a9b92030271d333db667.jpg

Depois de “Os Cavalos Também se Abatem

(de Horace McCoy),

Os Velhos Também se Abatem

(dos fanáticos de Greta Thunberg)

 

A German public broadcaster has decided to make a choir of young girls

sing a ‘very modern’ eco-friendly grandma-bashing song

with a clear Greta Thunberg twist.

What could possibly go wrong?

The German regional broadcaster WDR proudly presented a new video

featuring the channel’s all-girl children’s choir.

“They can sing and they can be naughty”

read the announcement published

on the WDR 2 Facebook page on Friday evening.

(rt.com/28.12.2019)

 

The song has a refrain calling the unfortunate grandma “AN OLD ENVIRONMENTAL” and features such unchildish lines as “MY GRANDMA DROVE A RANGE ROVER TO A DOCTOR AND RUN OVER TWO GRANDPAS WITH A ROLLATOR.”

 

An apparently disgruntled member of the WDR staff took to social media to tell all those dissatisfied with the children’s performance that their real grandparents were not “ENVIRONMENTAL PIGS” but “NAZI PIGS” instead.

 

GRAND PARENTS SOON WON´T BE AROUMD.

WHY DO THEY TALK TO US?”

 

maxresdefault.jpg

Ainda-por-cima servindo-se do cheque em branco passado por uma criança (a partir de um cheque-careca oferecido por adultos)

− ou seja servindo-se das mesmas (à sua disposição, como uma presa)

p/ poderem alcançar (e utilizar impunemente como predadores) outras crianças

 

Eco-activists coming to support the environmentalist cause and happily stating that their family members are indeed “ENVIRONMENTAL PIGS.”

 

The group also jumped on the bandwagon of the generation-bashing spree and said in a tweet that grandparents do not have much to say to their descendants simply because “THEY WON’T BE AROUND MUCH LONGER.”

 

Passado o tempo de contemplação, do Pai Natal Vermelho

(disclaimer para proteção/nunca se sabe)

Como diria qualquer entidade bipolar (baseada nas duas faces da mesma moeda o dólar) – ou seja e para o caso em questão, um verdadeiro trumpista (norte-americano) ou o seu subsidiário democrata (europeu e ocidental) – notícias apoiadas na vermelhidão totalitária do canal do ditador diabólico (com perturbações de desenvolvimento sendo portador da síndrome de Asperger) Vladimir Putin.

 

(texto em inglês/imagens: RT/rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:32

18
Dez 13

“Será a falta de vergonha revogável ou irrevogável?

Ou dependerá de quem o diz, do novo dicionário de sinónimos ou da não aplicação do Acordo Ortográfico”?

 

Só falta mesmo aplicar o tratamento, ainda na barriga da Mãe – depois, só recorrendo à prática da lobotomia

(Crato vai pensar nisso)

 

A total hipocrisia dum conjunto de funcionários de topo do Governo altamente desqualificados e incompetentes – especialmente o radical, revolucionário e anti-exames Nuno Crato, transformado como um zombie num verdadeiro vómito político e moral – que tudo pretendem vender ao desbarato, denegrindo o produto enquanto público, para amanhã poderem ter a certeza dum emprego assegurado e bem remunerado, depois de tudo comprarem com o dinheiro tirado impunemente do bolso dos portugueses e serem logicamente castigados e expulsos do poder – tal como aconteceu com os demagogos que os antecederam – elogiando mesmo assim e descaradamente como se fossemos todos uns idiotas, o mesmo produto agora tornado privado e de excelência, nem que para tal tenham que trair o seu próprio país e todos os restantes portugueses.

 

Mais uma vez se ataca uma classe profissional para a destruir – despedindo-os ou diminuindo-lhes o salário – ainda por cima virando velhos contra novos.

 

Humilhar e Dividir para Reinar – Mas o que será necessário para julgar um político? Mortos e Feridos?

(Crato já faz isso)

 

Deviam ser julgados pelo prejuízo e traição cometida contra todo um povo constantemente delapidado na sua integridade e dignidade e pela criação do abismo onde colocaram como se fossem monstros o futuro das novas gerações – que tal como os seus antepassados do tempo do Estado Novo tiveram que fugir do país antes que este os obliterasse. Ou será que a Educação de tão mal que está, já se resignou ao seu assassínio mercantil definitivo, dispensando a nossa Memória e a nossa Cultura colectiva?

 

E o que dizer de um sindicato (?) profissional como a FNE/UGT, que face a toda esta hipocrisia e prepotência de Um mais forte contra todos os Outros mais fracos – reflectida numa Prova que só pode ser produzida por imbecis ou como diria Alberto Pimenta por verdadeiros Filhos da Puta – decide-se pôr do outro lado da barricada, virando as costas aos seus representados, condenando desta forma grotesca à morte 15.000 indivíduos e deixando os outros 22.000 ao “Deus Dará, Crato Tirará”, provavelmente para os sujeitar mais tarde à respectiva Prova de Vida.

 

Se alguém na estrutura de chefia do ME (juntando ainda uns quantos rastejantes) tivesse um pingo de vergonha que fosse, já lá não estaria de certeza: o problema é que estes indivíduos nunca se vêm ao espelho sem máscara ou maquilhagem, com medo de ao olharem para ele, só vislumbrarem algo de morto e de putrefacto.

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:13

Janeiro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13

21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO